Em cada um reside a fonte da partilha, e seja ela um dom ou não, deixa-me semear no teu ser o prazer da Música. Ela tem inspirado o Homem no revelar o seu pensamento, o interpretar e sentir o Universo ao longo de milénios. Bem vindo!
03 de Dezembro de 2022

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

Árvore de Natal.JPG

 

O NATAL

 

WBBM Channel 2 - "Bugs Bunny's Looney Christmas Tales" (Opening Excerpt, 1982)

 

A origem e como surgiu a tradição do Natal, o que se comemora nesta data tão especial, seu simbolismo.

 

A origem do natal deve ser compreendida para vivenciarmos essa festa em toda sua plenitude. O Natal é a solenidade cristã que celebra o nascimento de Jesus Cristo. A data para sua celebração é o dia 25 de Dezembro, pela Igreja Católica Romana e, o dia 7 de Janeiro, pela Igreja Ortodoxa.

 

Silent Night

 

White Christmas

 

Frank Sinatra - Santa Claus Is Coming to Town 1

 

Rosemary Cloony - Little Drumme

 

Arranjo de Natal com vela.JPG

 

Onde surgiu o natal?

 

Após a celebração anual da Páscoa, a comemoração mais venerável para a Igreja é o Natal do Senhor e suas primeiras manifestações. Ainda sendo uma festa cristã, é encarado universalmente por pessoas dos diversos credos como o dia consagrado à reunião da família, à paz, à fraternidade e à solidariedade entre os homens.

 

Louis Armstrong - Christmas In New Orleans

 

 

Frank Sinatra & Bing Crosby – Jingle Bell

 

Rosemary Cloony - Rudolph the Red Nosed Reindeer

 

Rosemary Cloony - Have Yourself a Merry Litle Christmas

 

Louis Armstrong - Zat You Santa Claus

 

 

Também no Facebook.
 
publicado por Musikes às 07:22 link do post
02 de Dezembro de 2022

Bloger Musikes azul (11).PNG

jukebox-vector-set.jpg
 
 
no Facebook sugestões culturais e mais!
publicado por Musikes às 17:11 link do post
27 de Novembro de 2022

Primavera na ilha de de La Grande Jatte - Claude Monet (1878).JPG

 

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Niccolò Paganini em sua juventude. (1).JPG

Niccolò Paganini

(1782-1840)

 

“(…) Certamente, a maior importância de Paganini como compositor repousa com suas peças brilhantes para o violino no qual ele desenvolveu os recursos prodigiosos desse instrumento e afetando profundamente toda a escrita para o violino que veio a seguir. Talvez, dos seus trabalhos para o violino, os mais famosos são os vinte e quatro caprichos que, na opinião de  Florizel von Reuter, é “O trabalho mais importante de Paganini... e revela uma tal riqueza de conhecimento pedagógico, acoplado com uma fantasia inesgotável e romance poético que eles podem ser considerados como prova convincente de valor de Paganini como músico e compositor.

Franz Liszt e Robert Schumann transcreveram os vinte e quatro caprichos para piano. Johannes Brahms compôs uma série de variações de piano no 24º capricho, como fez Sergei Rachmaninov. (…)” (http://violinovirtuose.blogspot.com/2011/12/biografia-de-niccolo-paganini.html)

 

Johannes Brahms: Variations on a Theme of Paganini, Op. 35 - 24 Caprices, Op. 1: No. 24 in A Minor

 

Robert Schumann: Six Études after Paganini Caprices, Op. 3

 

Franz Liszt: Etude No. 6 in A Minor - Grandes études de Paganini, S. 141 "Theme and Variations”

 

Niccolò Paganini auditorium  (4).JPG

 

Niccolò Paganini: String Quartets, Op. 1a: No. 3 in A Minor: 1. Largo – Allegro; 2. Minuetto: Andantino; 3. Andante con variazioni; 4. Finale: Presto

 

Niccolò Paganini: Trios for Strings and Guitar - Terzetto Concertante for viola, cello, and guitar in D Major, Op. 68: 1. Allegro; 2. Minuetto; 3. Adagio cantabile; 4. Waltz a rondo: (Allegretto con energia

 

Niccolò Paganini: Miscellaneous works - Sonata per la Grand Viola in C minor, Op. 35

 

violino (3).jpg

 

Niccolò Paganini: Arranged works - Maestoso sonata sentimentale (Variations on the Austrian National Anthem)

 

Niccolò Arranged works - Paganini: Variations on God Save the King, Op. 9

 

Niccolò Paganini: 18 Centone di Sonate, for violin and guitar, Op. 64, No. 18 in C Major

 

Niccolò Paganini: 24 Caprices, Op. 1: No. 22 in F Major. Marcato

 

Niccolò Paganini: 24 Caprices, Op. 1: No. 21 in A Major. Amoroso – Presto

 

Niccolò Paganini: 24 Caprices, Op. 1: No. 24 in A Minor. Tema con Variazioni (Quasi Presto)

 

 

Fale comigo.
no Facebook sugestões culturais e mais!
publicado por Musikes às 07:45 link do post
21 de Novembro de 2022

Paissagem marítima - Pierre-Auguste Renoir (1879).JPG

 

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Niccolò Paganini

(1782-1840)

 

“(…) Alguns dias antes de sua morte, o Bispo de Nice foi chamado ao lado de sua cama, mas Paganini recusou a vê-lo, insistindo que ele não estava agonizante. Então, ele morreu sem os sacramentos finais, e a igreja recusou lhe conceder um enterro em campo santo. Por um longo período, o caixão dele permaneceu no hospital em Nice, depois foi removido a Vila-Franca. Só depois de cinco anos da morte de Paganini seu filho, apelando diretamente ao Papa, teve permissão para enterrar o corpo do grande violinista na igreja da aldeia perto de Vila Gaiona. (…)” (http://violinovirtuose.blogspot.com/2011/12/biografia-de-niccolo-paganini.html)

 

Niccolò Paganini, por Georg Friedrich Kersting, 1830 (1).JPG

 

Niccolò Paganini: 24 Caprices, Op. 1: No. 9 in E Major. Allegretto "La chasse"

 

Niccolò Paganini: 24 Caprices, Op. 1: No. 17 in E-Flat Major. Sostenuto – Andante

 

Niccolò Paganinii: 12 Quartetos para Violino, Guitarra, Viola e Violoncelo, Op. 4: No. 15 in A minor: 1. Maestoso; 2. Minuetto e Canone: Andantino; 3. Recitativo: Andante sostenuto con sentimento; 4. Adagio Cantabile; 5. Rondo: Allegretto

 

Niccolò Paganinii: Concerto for violin No. 6, in E minor (1815?)

 

Niccolò Paganini auditorium  (3).JPG

 

Niccolò Paganini: DANCE OF THE WITCHES, OP. 8 - Le Streghe (Witches Dance

 

Niccolò Paganini: Moto Perpetuo in C major, Op. 11: Allegro vivace

 

Niccolò Paganini: 60 Variations on Barucaba for violin and guitar, Op. 14 (1 - 20)Niccolò Paganini: 60 Variations on Barucaba for violin and guitar, Op. 14 (41 - 60)

 

Niccolò Paganini: 18 Centone di Sonate, for violin and guitar, Op. 64, No. 1 in A major: 1. Introduzione - Allegro maestoso - 2. Rondoncino: Allegro

 

Niccolò Paganini: 18 Centone di Sonate, for violin and guitar, Op. 64, No. 6 in A Major: 2. Rondo: Allegro assai

 

Niccolò Paganini: 18 Centone di Sonate, for violin and guitar, Op. 64, No. 9 in A Major: 2. Tema: Andante placido

 

 

Fale comigo.
no Facebook sugestões culturais e mais!
publicado por Musikes às 07:36 link do post
15 de Novembro de 2022

Onda feminina - Katsushika Hokusai (1845) .JPG

 

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Niccolò Paganini de Ingres em 1819 (3).JPG

Niccolò Paganini

(1782-1840)

 

“(…) Apesar de sua saúde delicada, Paganini continuou fazer concertos extensivamente, e teve sucesso acumulando uma fortuna considerável. Em 1836, porém, ele entrou em uma aventura especulativa — o estabelecimento de um “Cassino Paganini” em Paris, uma moda da época onde concertos eram apresentados — que foi um fracasso e no qual ele perdeu uma boa parte de sua fortuna. A sua infelicidade com a perda da riqueza  agravou a sua doença. Ele se foi para Marselha e Nice para descanso e recuperação. Mas Paganini estava condenado. Sua doença ficou pior, ele tossia incessantemente, e finalmente ele perdeu a voz completamente. Ele morreu em Nice no dia 27 de maio de 1840. (…)” (http://violinovirtuose.blogspot.com/2011/12/biografia-de-niccolo-paganini.html)

 

Niccolò Paganinii: 18 Centone di Sonate, for violin and guitar, Op. 64, No. 13 in E Major

 

Niccolò Paganinii: Concerto for violin No. 5, in A minor (1830)

 

Niccolò Paganinii: 18 Centone di Sonate, for violin and guitar, Op. 64, No. 6 in A Major: 2. Rondo: Allegro assai

 

Niccolò Paganini: String Quartets, Op. 1a: No. 3 in A Minor: 1. Largo – Allegro

 

Niccolò Paganinii: String Quartets, Op. 1a: No. 3 in A Minor: 2. Minuetto: Andantino

 

Niccolò Paganini: String Quartets, Op. 1a: No. 3 in A Minor: 3. Andante con variazioni

 

Niccolò Paganini: String Quartets, Op. 1a: No. 3 in A Minor: 4. Finale: Presto

 

Niccolò Paganini: 24 Caprices, Op. 1: No. 8 in E-Flat Major. Maestoso

 

Niccolò Paganini: 24 Caprices, Op. 1: No. 16 in G Minor. Presto

 

 

Fale comigo.
no Facebook sugestões culturais e mais!
publicado por Musikes às 07:12 link do post
09 de Novembro de 2022

O cena em Châtou - Pierre-Auguste Renoir (1864).JPG

 

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Niccolò Paganini

(1782-1840)

 

“(…) Doenças tornaram impossível para Paganini dar concertos fora de Itália. Em 1827, contraiu uma infecção na laringe. Desprezando a doença, continuou suas viagens. Mas não estava bem. Finalmente, em 1828 - depois de um repouso bastante curativo na Sicília com a força renovada, Paganini foi para Viena onde se tornou uma sensação. Roupas, comidas, bijuterias receberam seu nome; sua figura foi caracterizada em bengalas e caixas de charutos etc. Em 1831, Paganini ultrapassou este triunfo de Viena até mesmo em Paris. Franz Liszt expressou a maravilha do público francês quando ele exclamou: “Isso que é um homem! Isso que é um violino! Isso que é artista! Céus! Que sofrimentos, que miséria, que tortura nessas quatro cordas!”. O mestre do violino começou a apresentar sinais de esclerose em 1833, ao se preocupar em demasia com a saúde, perfeita, de seu filho, que levava para todos os lugares aonde ia. (…)” (http://violinovirtuose.blogspot.com/2011/12/biografia-de-niccolo-paganini.html)

 

Niccolò Paganini auditorium  (2).JPG

 

Niccolò Paganini: 24 Caprices, Op. 1: No. 15 in E Minor. Posato

 

Niccolò Paganini: 24 Caprices, Op. 1: No. 7 in A Minor. Posato

 

Niccolò Paganini: 18 Centone di Sonate, for violin and guitar, Op. 64, No. 10 in C Major: 1. Allegro risoluto

 

Niccolò Paganini: 18 Centone di Sonate, for violin and guitar, Op. 64, No. 10 in C Major: 2. Rondo: Andantino vivace, tempo

 

Niccolò Paganini: 18 Centone di Sonate, for violin and guitar, Op. 64, No. 11 in A Minor: 2. Tema: Allegro moderato

 

Niccolò Paganini: Concerto for violin No. 4, in D minor (1830)

 

Niccolò Paganini: 18 Centone di Sonate, for violin and guitar, Op. 64, No. 12 in D Major: 1. Andante cantabile

 

Niccolò Paganini: 18 Centone di Sonate, for violin and guitar, Op. 64, No. 12 in D Major: 2. Rondo: Allegretto

 

 

Fale comigo.
no Facebook sugestões culturais e mais!
publicado por Musikes às 07:06 link do post
03 de Novembro de 2022

O Poder da Música- William Sidney Mount (1847).JPG

 

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

O Romantismo do Século XIX

(1810 - 1910, Vol. VII, Capítulo IV Parte 10)

 

Niccolò Paganini (1).JPG

Niccolò Paganini

(1782-1840)

 

“(…) Passou a viver com Antonia Bianchi. Adoeceu, em 1821, por um longo período. Retomou suas apresentações pela Europa em 1824. Seu único filho, Achille Ciro Alessandro, chamado carinhosamente de Achillino Paganini, nasceu a 25 de julho de 1825.

Durante os próximos anos ele executaria concertos extensivamente na Itália e não deixou nenhuma dúvida de sua supremacia sobre todos os violinistas de sua época. (…)” (http://violinovirtuose.blogspot.com/2011/12/biografia-de-niccolo-paganini.html)

 

Niccolò Paganini: 18 Centone di Sonate, for violin and guitar, Op. 64, No. 8 in G Major: 2. Rondo: Allegretto

 

Niccolò Paganini: Concerto for violin No. 3, in E major (1830)

 

Niccolò Paganini: 24 Caprices, Op. 1: No. 4 in C Minor. Maestoso

 

Niccolò Paganini: 24 Caprices, Op. 1: No. 10 in G Minor. Vivace

 

Niccolò PaganinI: 24 Caprices, Op. 1: o. 11 in C Major. Andante – Presto – Andante

 

Niccolò Paganinii: 24 Caprices, Op. 1: No. 12 in A-Flat Major. Allegro

 

 

Fale comigo.
no Facebook sugestões culturais e mais!
publicado por Musikes às 07:13 link do post
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Identifico-me totalmente com o argumento deste pos...
Obrigado pelas suas palavras.Viverá para sempre na...
Para mim, a canção mais bonita cantada em lingua p...
Ola! ☺️Saudações Musikes! 🤗Claro que me lembro! Co...
Olá Pedro,Como estás? Eu sou a Alda, a colega que ...
blogs SAPO