Em cada um reside a fonte da partilha, e seja ela um dom ou não, deixa-me semear no teu ser o prazer da Música. Ela tem inspirado o Homem no revelar o seu pensamento, o interpretar e sentir o Universo ao longo de milénios. Bem vindo!
29 de Dezembro de 2016

 

“A curiosidade é como a sede…

Com o passar do tempo… ela continua a crescer. – Musikes”

 

Aqui mais uma partilha do vosso e sempre “Musikes”, pois, a cultura não ocupa espaço.

 

Agora, um artigo da Euronews. Apesar de o Natal já ter passado, nunca é demais conhecer algumas das suas curiosidades .

Um passeio pela nossa Europa, e então descobrir como esta época festiva é celebrada de formas tão diversas quanto as suas nações.

 

* Quem traz os presentes?

* O que se come tradicionalmente no dia de Natal?

* Que outras tradições há à volta do Natal?

Boas leituras!

 

*****

 

COMO MUDAM AS CELEBRAÇÕES DO NATAL NA EUROPA E MAIS ALÉM?

(Euronews - 27/12/2016)

 

“Quem traz os presentes?

 

Inglaterra Pai Natal.

França Pai Natal (São Nicolau no nordeste francês).

Alemanha Menino Jesus.

Grécia São Basílio / Άγιος Βασίλης, a 1 de Janeiro.

Hungria Menino Jesus (Jézuska), Avô Inverno (Télapó) antes de 1990.

Itália Pai Natal a 25 de dezembro, os Reis Magos a 6 de Janeiro.

Polónia São Nicolau, mas pode mudar dependendo da região

Portugal Menino Jesus, tradicionalmente. Mais recentemente, o Pai Natal.

Rússia Avô Gelo, que deixa as prendas na árvore a 31 de dezembro.

Espanha Reis Magos – Belchior, Gaspar e Baltazar – trazem prendas a 6 de janeiro.

Turquia Pai Natal.

Ucrânia São Nicolau ou Avô Gelo, a 19 de dezembro.

Father Christmas across Europe and beyond

Share

 

 

O que se come tradicionalmente no dia de Natal?

 

Inglaterra Peru assado é o mais comum, servido com batatas assadas; vegetais, incluindo o ódio de estimação, as couves de Bruxelas; molho de arando ou de pão com molho de carne; pequenas salsichas finas embrulhadas em bacon, coloquialmente conhecidas como “porcos em cobertores”. A sobremesa pode ser pudim de Natal (um bolo de frutos secos por vezes flamejado em brandy, tartes de carne com natas ou molho doce; bolo de Natal (bolo de frutos secos com cobertura de açúcar) ou tronco de chocolate.

França Paté de fígado, salmão fumado, vieiras e ostras são algumas das entradas favoritas durante as refeições de Natal. O prato principal é quase sempre carne, seja peru assado, capão ou ganso; rosbife, peças de caça e presunto também podem estar na ementa. Não é tarefa fácil ser vegetariano no dia de Natal em França. A sobremesa é geralmente um tronco de chocolate coberto de chocolate fino, manteiga ou natas batidas.

Alemanha Muitos alemães preferem uma refeição simples a 24 de dezembro para evitar trabalho extra nesse dia. Optam por Würstchen mit Kartoffelsalat, salsichas com salada de batata. Nos dias 25 e 26, quando visitam as famílias, as refeições são mais elaboradas, incluindo pato assado, ganso ou bife.

Grécia Tradicionalmente, o prato principal do jantar de Natal é porco assado, com uma variedade de acepipes a acompanhar. O perú de Natal tornou-se popular nos últimos anos.

Melomakarona e kourabiedes são as duas variedades de bolos gregos de Natal e de Ano Novo. A primeira são bolachas de sêmola, canela e cravo-da-índia mergulhadas em mel enquanto a segunda são bolachas de água de rosas e manteiga fresca salpicadas com açúcar em pó e que se servem geralmente no ano novo.

Christopsomo é o pão que é feito na véspera de Natal, que leva uma cruz desenhada no topo antes de ser cozido.

Vassilopita é o famoso bolo de Natal grego. é feito em honra de São Basílio.

Hungria Sopa de peixe ou carne de caça é o prato principal. Sobremesas tradicionais: tortas de sementes de papoila ou de nozes. De acordo com as crenças locais, as escamas de peixe representam dinheiro, as sementes de papoila trazem sorte e felicidade e as nozes são símbolo de riqueza.

Itália Ementa de 24 de dezembro: salada de polvo, vermicelli a vongole (um tipo de massa, usado para condimentar o peixe, com amêijoas), spigola all’acqua pazza (caldeirada de peixe), bacalhau frito, enguia frita, salada com couve-flor, azeitonas, anchovas e picles. As sobremesas incluem panettone e pandoro no norte de Itália, pastiera, struffoli e cassata no sul de Itália.

Ementa do dia de Natal: massa feita no forno, peru recheado, costeletas, salada de couve-flor, anchovas, azeitonas e picles e uma mistura de frutos do mar fritos.

Polónia O jantar de 24 de dezembro é a refeição mais importante, onde os pratos incluem carpa, borscht (sopa) com uszka (pequenos ravioli recheados) e couve e cogumelos. É uma refeição sem carne.

Portugal Come-se uma simples refeição de bacalhau cozido, legumes vários como couve, cenouras e batatas na véspera de Natal. No dia de Natal, a maior parte das famílias come cabrito com batatas assadas, mas há quem opte por peru.

Rússia Saladas, champanhe e caviar na véspera de Ano Novo.

Selyodka pod Shuboi é uma salada de peixe, batatas, cenouras, beterrabas, cebolas e maionese.

O champanhe é geralmente Sovietskoye.

Espanha No Dia de Reis (6 de janeiro) comem roscón de reyes e turrão.

Turquia O prato especial na véspera de Ano Novo é peru.

Ucrânia A véspera de Natal, celebrada a 6 de Janeiro, tem uma grande refeição com uma dúzia de pratos, simbolizando os 12 apóstolos.

Os pratos também podem ser bebidas, mas não alcoólicas. Um dos pratos mais comuns é kutya, uma sobremesa feita de trigo ou arroz com nozes, passas de uva, sementes de papoila e mel.

 

Que outras tradições há à volta do Natal?

 

 

Inglaterra O dia de Natal pode incluir uma visita matinal a uma igreja seguida de uma troca de presentes e um jantar festivo. Muitos assistem ao discurso da Rainha na televisão, pela noite.

O dia a seguir ao Natal é chamado Boxing Day. A sua origem vem da tradição de as classes altas darem presentes aos empregados e fornecedores, conhecidos como caixas de Natal, para lhes agradecer os esforços feitos ao longo do ano e por trabalharem a 25 de dezembro. Este dia é dominado pelo futebol. Na Escócia a véspera de Ano Novo é mais festejada do que o dia de Natal.

França O Natal é uma festa privada e de família. Uma vez que não é um país muito religioso, não há muita gente a ir à Missa do Galo na véspera de Natal. Os presentes são geralmente abertos tarde, na véspera de Natal. Mas outros podem ser recebidos no dia de Natal, que geralmente é passado com a parte da família com que não se esteve na véspera.

Alemanha O Natal é celebrado a 24 de dezembro. Uma Christmas is celebrated on December 24. Uma das tradições é decorar muito bem um berço. Todos os dias, Maria e José aproximam-se um pouco mais do berço. Finalmente, o Menino Jesus é enfiado lá dentro e os Reis Magos vão visitá-lo.

Grécia Hinos de Natal a 24 e 31 de dezembro e a 5 de Janeiro. As crianças nas ilhas cantam hinos de Natal de porta em porta, guardando os doces que lhes são dados.

Hungria Os presentes são dados a 24 de Natal. A tradição dos hinos de Natal permaneceu em aldeias, onde as pessoas se vestem como personagens bíblicas.

Itália A Missa do Galo e uma representação viva do presépio costuma fazer-se em algumas aldeias.

Polónia À hora de jantar, põe-se mais um prato na mesa, para o caso de alguém chegar inesperadamente. De acordo com uma tradição da região centro, os animais podem falar à meia noite da véspera de Natal.

Portugal Os presentes são abertos depois da Missa do Galo ou cedo no dia de Natal.

Rússia O Natal na Rússia é celebrado a 7 de janeiro, de acordo com o calendário ortodoxo. As férias começam a 31 de dezembro.

Espanha As celebrações natalícias começam com o El Gordo, a lotaria de Natal, que deixa toda a gente completamente entusiasmada e pode demorar até 5 horas para se apurar os vencedores.

Turquia Os cristãos na Turquia são maioritariamente ortodoxos e por isso celebram o Natal a partir de 6 de janeiro. Neste dia, um padre atira uma cruz de madeira para a água e as pessoas atiram-se a seguir para a salvar. Não há árvores de Natal, mas decoram uma no Ano Novo, quando os presentes são trocados.

Ucrânia Os cristãos ortodoxos celebram o Natal a partir de 7 de janeiro durante três dias. Em algumas regiões vão ao cemitério na noite antes do Natal para pôr velas nas campas dos familiares e amigos.

Os mais novos vão de porta em porta vestidos como personagens do presépio, uma tradição chamada Vertep.”

 

Ler em…

 

 

Bing Crosby - Santa Claus Is Coming to Town

 

Fá-lá-lá-lá… Lá-lá-lá…!

Saudações Natalícias!

E ainda haverá muito mais a partilhar.

 

Por isso!...

Não percas o próximo post… porque nós… também não!!!

“A curiosidade é como a sede…

Com o passar do tempo… ela continua a crescer. – Musikes”

 

Aqui mais uma partilha do vosso e sempre “Musikes”, pois, a cultura não ocupa espaço.

 

Agora, um artigo da Euronews. Apesar de o Natal já ter passado, nunca é demais conhecer algumas das suas curiosidades .

Um passeio pela nossa Europa, e então descobrir como esta época festiva é celebrada de formas tão diversas quanto as suas nações.

 

* Quem traz os presentes?

* O que se come tradicionalmente no dia de Natal?

* Que outras tradições há à volta do Natal?

Boas leituras! J

 

*****

 

COMO MUDAM AS CELEBRAÇÕES DO NATAL NA EUROPA E MAIS ALÉM?

(Euronews - 27/12/2016)

 

“Quem traz os presentes?

 

Inglaterra Pai Natal.

França Pai Natal (São Nicolau no nordeste francês).

Alemanha Menino Jesus.

Grécia São Basílio / Άγιος Βασίλης, a 1 de Janeiro.

Hungria Menino Jesus (Jézuska), Avô Inverno (Télapó) antes de 1990.

Itália Pai Natal a 25 de dezembro, os Reis Magos a 6 de Janeiro.

Polónia São Nicolau, mas pode mudar dependendo da região

Portugal Menino Jesus, tradicionalmente. Mais recentemente, o Pai Natal.

Rússia Avô Gelo, que deixa as prendas na árvore a 31 de dezembro.

Espanha Reis Magos – Belchior, Gaspar e Baltazar – trazem prendas a 6 de janeiro.

Turquia Pai Natal.

Ucrânia São Nicolau ou Avô Gelo, a 19 de dezembro.

Father Christmas across Europe and beyond

Share

 

 

O que se come tradicionalmente no dia de Natal?

 

Inglaterra Peru assado é o mais comum, servido com batatas assadas; vegetais, incluindo o ódio de estimação, as couves de Bruxelas; molho de arando ou de pão com molho de carne; pequenas salsichas finas embrulhadas em bacon, coloquialmente conhecidas como “porcos em cobertores”. A sobremesa pode ser pudim de Natal (um bolo de frutos secos por vezes flamejado em brandy, tartes de carne com natas ou molho doce; bolo de Natal (bolo de frutos secos com cobertura de açúcar) ou tronco de chocolate.

França Paté de fígado, salmão fumado, vieiras e ostras são algumas das entradas favoritas durante as refeições de Natal. O prato principal é quase sempre carne, seja peru assado, capão ou ganso; rosbife, peças de caça e presunto também podem estar na ementa. Não é tarefa fácil ser vegetariano no dia de Natal em França. A sobremesa é geralmente um tronco de chocolate coberto de chocolate fino, manteiga ou natas batidas.

Alemanha Muitos alemães preferem uma refeição simples a 24 de dezembro para evitar trabalho extra nesse dia. Optam por Würstchen mit Kartoffelsalat, salsichas com salada de batata. Nos dias 25 e 26, quando visitam as famílias, as refeições são mais elaboradas, incluindo pato assado, ganso ou bife.

Grécia Tradicionalmente, o prato principal do jantar de Natal é porco assado, com uma variedade de acepipes a acompanhar. O perú de Natal tornou-se popular nos últimos anos.

Melomakarona e kourabiedes são as duas variedades de bolos gregos de Natal e de Ano Novo. A primeira são bolachas de sêmola, canela e cravo-da-índia mergulhadas em mel enquanto a segunda são bolachas de água de rosas e manteiga fresca salpicadas com açúcar em pó e que se servem geralmente no ano novo.

Christopsomo é o pão que é feito na véspera de Natal, que leva uma cruz desenhada no topo antes de ser cozido.

Vassilopita é o famoso bolo de Natal grego. é feito em honra de São Basílio.

Hungria Sopa de peixe ou carne de caça é o prato principal. Sobremesas tradicionais: tortas de sementes de papoila ou de nozes. De acordo com as crenças locais, as escamas de peixe representam dinheiro, as sementes de papoila trazem sorte e felicidade e as nozes são símbolo de riqueza.

Itália Ementa de 24 de dezembro: salada de polvo, vermicelli a vongole (um tipo de massa, usado para condimentar o peixe, com amêijoas), spigola all’acqua pazza (caldeirada de peixe), bacalhau frito, enguia frita, salada com couve-flor, azeitonas, anchovas e picles. As sobremesas incluem panettone e pandoro no norte de Itália, pastiera, struffoli e cassata no sul de Itália.

Ementa do dia de Natal: massa feita no forno, peru recheado, costeletas, salada de couve-flor, anchovas, azeitonas e picles e uma mistura de frutos do mar fritos.

Polónia O jantar de 24 de dezembro é a refeição mais importante, onde os pratos incluem carpa, borscht (sopa) com uszka (pequenos ravioli recheados) e couve e cogumelos. É uma refeição sem carne.

Portugal Come-se uma simples refeição de bacalhau cozido, legumes vários como couve, cenouras e batatas na véspera de Natal. No dia de Natal, a maior parte das famílias come cabrito com batatas assadas, mas há quem opte por peru.

Rússia Saladas, champanhe e caviar na véspera de Ano Novo.

Selyodka pod Shuboi é uma salada de peixe, batatas, cenouras, beterrabas, cebolas e maionese.

O champanhe é geralmente Sovietskoye.

Espanha No Dia de Reis (6 de janeiro) comem roscón de reyes e turrão.

Turquia O prato especial na véspera de Ano Novo é peru.

Ucrânia A véspera de Natal, celebrada a 6 de Janeiro, tem uma grande refeição com uma dúzia de pratos, simbolizando os 12 apóstolos.

Os pratos também podem ser bebidas, mas não alcoólicas. Um dos pratos mais comuns é kutya, uma sobremesa feita de trigo ou arroz com nozes, passas de uva, sementes de papoila e mel.

 

Que outras tradições há à volta do Natal?

 

 

Inglaterra O dia de Natal pode incluir uma visita matinal a uma igreja seguida de uma troca de presentes e um jantar festivo. Muitos assistem ao discurso da Rainha na televisão, pela noite.

O dia a seguir ao Natal é chamado Boxing Day. A sua origem vem da tradição de as classes altas darem presentes aos empregados e fornecedores, conhecidos como caixas de Natal, para lhes agradecer os esforços feitos ao longo do ano e por trabalharem a 25 de dezembro. Este dia é dominado pelo futebol. Na Escócia a véspera de Ano Novo é mais festejada do que o dia de Natal.

França O Natal é uma festa privada e de família. Uma vez que não é um país muito religioso, não há muita gente a ir à Missa do Galo na véspera de Natal. Os presentes são geralmente abertos tarde, na véspera de Natal. Mas outros podem ser recebidos no dia de Natal, que geralmente é passado com a parte da família com que não se esteve na véspera.

Alemanha O Natal é celebrado a 24 de dezembro. Uma Christmas is celebrated on December 24. Uma das tradições é decorar muito bem um berço. Todos os dias, Maria e José aproximam-se um pouco mais do berço. Finalmente, o Menino Jesus é enfiado lá dentro e os Reis Magos vão visitá-lo.

Grécia Hinos de Natal a 24 e 31 de dezembro e a 5 de Janeiro. As crianças nas ilhas cantam hinos de Natal de porta em porta, guardando os doces que lhes são dados.

Hungria Os presentes são dados a 24 de Natal. A tradição dos hinos de Natal permaneceu em aldeias, onde as pessoas se vestem como personagens bíblicas.

Itália A Missa do Galo e uma representação viva do presépio costuma fazer-se em algumas aldeias.

Polónia À hora de jantar, põe-se mais um prato na mesa, para o caso de alguém chegar inesperadamente. De acordo com uma tradição da região centro, os animais podem falar à meia noite da véspera de Natal.

Portugal Os presentes são abertos depois da Missa do Galo ou cedo no dia de Natal.

Rússia O Natal na Rússia é celebrado a 7 de janeiro, de acordo com o calendário ortodoxo. As férias começam a 31 de dezembro.

Espanha As celebrações natalícias começam com o El Gordo, a lotaria de Natal, que deixa toda a gente completamente entusiasmada e pode demorar até 5 horas para se apurar os vencedores.

Turquia Os cristãos na Turquia são maioritariamente ortodoxos e por isso celebram o Natal a partir de 6 de janeiro. Neste dia, um padre atira uma cruz de madeira para a água e as pessoas atiram-se a seguir para a salvar. Não há árvores de Natal, mas decoram uma no Ano Novo, quando os presentes são trocados.

Ucrânia Os cristãos ortodoxos celebram o Natal a partir de 7 de janeiro durante três dias. Em algumas regiões vão ao cemitério na noite antes do Natal para pôr velas nas campas dos familiares e amigos.

Os mais novos vão de porta em porta vestidos como personagens do presépio, uma tradição chamada Vertep.”

 

Ler em…

 

 

Bing Crosby - Santa Claus Is Coming to Town

 

Fá-lá-lá-lá… Lá-lá-lá…! :)

Saudações Natalícias! ;)

E ainda haverá muito mais a partilhar.

 

Por isso!...

Não percas o próximo post… porque nós… também não!!! ;)

publicado por Musikes às 08:31 link do post
27 de Dezembro de 2016

 

“Eu sei que não sou nada e que talvez nunca tenha tudo. Aparte isso, eu tenho em mim todos os sonhos do mundo.” Fernando Pessoa

 

 

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

 

Conto de Natal: Scrooge 1970 HD

 

Há muito tempo se sabe que o Natal tem raízes pagãs. Por causa de sua origem não-bíblica, no século 17 essa festividade foi proibida na Inglaterra e em algumas colônias americanas. Quem ficasse em casa e não fosse trabalhar no dia de Natal era multado. Mas os velhos costumes logo voltaram, e alguns novos foram acrescentados. O Natal voltou a ser um grande feriado religioso, e ainda é em muitos países.

 

The Litle Drummer Boy

 

Stille nucht

 

Avé Maria

 

Jesu Bleibt Meine Freunde

 

Christmas Jazz - Deck The Halls Jesu Bleibt Meine Freunde

 

Let It Snow, Let It Snow, Let It 1

 

Here Comes Santa Claus 1

 

Jingle Bell Rock 1

 

Rockin' Around the Christmas Tree 1

 

Santa Claus Is Coming to Town 1

 

Silver Bells 1

 

Santa Baby

 

Ol' Saint Nicholas

 

 

O aspirar do sentimento Natalício, foi, é e sempre será um dos grandes motivos da Música.

Que este espírito prevaleça no teu coração e nas tuas acções, pois, a sua lembrança deste dia 25 de Dezembro poderá tornar-se efémera por todo o ano. ;)

 

Por isso!...

Não percas o próximo post… porque nós… também não!!!

publicado por Musikes às 08:16 link do post
24 de Dezembro de 2016

 

A época Natalícia traz ao espírito os mais nobres sentimentos, e talvez, seja esta a ocasião em que estaremos bem mais sensibilizados para dar. Pouco que seja, insignificante a dádiva, é esse gesto que por esta altura se torna dominante nas instituições, pessoas e até Estados.

Por vezes, tropeçamos em algo que nos deixa a pensar. Uma conversa, uma campanha na televisão, ou até num artigo da imprensa, e é na reflecção que emerge a acção de doar, dar ou ajudar o próximo.

 

Aqui um artigo bastante inofensivo, e que ao mesmo tempo é tão fácil de concretizar.

Vale a pena ler até ao fim (é curto).

 

Aqui no “Musikes”!... ;)

Boas leituras e audições! J

 

E claro, um a todos um Santo Natal. Ho-Ho-Ho!!! J

 

*****

 

Reciclar cápsulas da Nespresso permitiu doar 65 toneladas de arroz ao Banco Alimentar

SOCIEDADE

(23.12.2016 às 12h13)

Sónia Calheiros

 

“Em seis anos, o programa português Reciclar É Alimentar já entregou 7,5 milhões de porções de arroz.

 

Beber um café pode ser o início de uma iniciativa solidária e sustentável que começa com uma simples cápsula. Basta reunir uma centena de cápsulas de café da Nespresso e o seu composto vai produzir 1,5 kg de arroz. Depois de separada do alumínio, a borra do café é integrada num composto agrícola, utilizado para fertilizar terreno de cultura de arroz, na Herdade Monte das Figueiras em Grândola. Esta iniciativa, existente desde 2010, já permitiu entregar 386 toneladas de arroz à Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares Contra a Fome, o equivalente a mais de 7,5 milhões de porções de arroz. Só este ano, o Banco Alimentar recebeu 65 toneladas, o equivalente a um milhão de refeições.

 

O programa Reciclar É Alimentar, além de ser português e só existir no nosso País, conta com a sensibilidade dos consumidores, a quem é solicitado que entreguem as cápsulas usadas nos mais de 290 pontos de recolha. A novidade é poder entregar as cápsulas usadas para reciclar no ato de compra de novas cápsulas tanto nas boutiques, nos stands temporários e até ao estafeta que entrega a encomenda feita por telefone. Antes de deitar as cápsulas no lixo orgânico, lembre-se como pode contribuir para colmatar a fome de famílias carenciadas.”

 

Ler mais!

 

 

Fá-lá-lá-lá… Lá-lá-lá…! :)

Saudações Natalícias! ;)

E ainda haverá muito mais a partilhar.

 

Por isso!...

Não percas o próximo post… porque nós… também não!!! ;)

publicado por Musikes às 08:30 link do post
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Ola! ☺️Saudações Musikes! 🤗Claro que me lembro! Co...
Olá Pedro,Como estás? Eu sou a Alda, a colega que ...
è Natal, é Natal....As mais belas canções de Natal...
Quando estou triste, paro e medito...Quando estou ...
A música é, sem dúvida, o alimento da alma... das ...
blogs SAPO