Em cada um reside a fonte da partilha, e seja ela um dom ou não, deixa-me semear no teu ser o prazer da Música. Ela tem inspirado o Homem no revelar o seu pensamento, o interpretar e sentir o Universo ao longo de milénios. Bem vindo!
30 de Março de 2017

Et voilá! (diriam os franceses…)

Muita mais música para ouvir.

 

Desbravando horizontes, novas abordagens musicais e realçando a sua expressividade, resultou em variadas formas e sonoridades.

Continuando , aqui mais um post das muitas cores que cabem num século só.

A ler, ouvir, partilhar e descobrir!

 

Boas leituras e boas audições!

 

*****

 

“Só o que sonhamos é o que verdadeiramente somos, porque o mais, por estar realizado, pertence ao mundo e a toda a gente.” Fernando Pessoa

 

 

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

 

Século XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Franz Peter Schubert

(1797-1828)

 

“(…) Em 1805 Schubert foi encaminhado a Michael Holzer, organista da paróquia de Lichtenthal, para desenvolver seus estudos de música. Schubert passou a tocar violino e cantar no coro da paróquia.

Em 30 de Setembro de 1808, participou do concurso para tornar-se corista da capela imperial, onde Antonio Salieri, compositor oficial da Corte, selecionava novos cantores. Sua voz de soprano lhe garantiu um lugar no coro e uma bolsa de estudos em Stadtkonvikt, um dos melhores colégios de Viena. Schubert estudou ali até ter quase 17 anos. Sua primeira composição catalogada data de 1º de maio de 1810: a Fantasia a Quatro Mãos".“(…) Em 30 de março de 1811, Schubert compôs seu primeiro lied: "Hagars Klage", o que fez com que Salieri se tornasse seu professor.

Em outubro de 1813, Schubert compôs sua "Primeira Sinfonia em Ré Maior", dedicada ao diretor da escola em Stadtkonvikt. No final daquele ano deixou o conservatório e, para evitar o serviço militar, começou a lecionar na escola de seu pai. (…)” (https://educacao.uol.com.br/biografias/franz-schubert.htm)

 

Franz Schubert: 12 German Dances, D 790 - 1. In D

 

Franz Schubert: 12 German Dances, D 790 - 2. In A

 

Franz Schubert: 12 German Dances, D 790 - 3. In D

 

Franz Schubert: 12 German Dances, D 790 - 4. In D

 

Franz Schubert - Fantasia In C, D 760, "Wandererfantasie" - 1. Allegro Con Fuoco Ma Non Troppo (1º and.)

 

Franz Schubert: Fantasia In C, D 760, "Wandererfantasie" - 2. Adagio (2º and.)

 

Franz Schubert: Fantasia In C, D 760, "Wandererfantasie" - 3. Presto (3º and.)

 

Franz Schubert: Fantasia In C, D 760, "Wandererfantasie" - 4. Allegro (4º and.)

 

***

 

Aqui para ouvir, ler e partilhar!

Também no Facebook e Twitter.

 

Por isso!...

Não percas o próximo post… porque nós… também não!

publicado por Musikes às 07:21 link do post
26 de Março de 2017

“Só o que sonhamos é o que verdadeiramente somos, porque o mais, por estar realizado, pertence ao mundo e a toda a gente.” Fernando Pessoa

 

 

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

 

Século XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Franz Peter Schubert

(1797-1828)

 

“(…) Franz Schubert nasceu em 1797 em Lichtenthal, nos arredores de Viena. Seu pai era mestre-escola e músico amador. Aos seis anos, Schubert entrou na escola de Lichtenthal. Seu pai o iniciou no violino e seu irmão, Ignaz, ensinou-lhe piano. (…)” (https://educacao.uol.com.br/biografias/franz-schubert.htm)

 

Franz Schubert - The Three Marches Militaires, Op. 51, D. 733 - March Nº 1 in D major

 

Franz Schubert Six moments musicaux, D 780, Op. 94, Nº 3. In F Minor

 

Franz Schubert Six moments musicaux, D 780, Op. 94, Nº 4. In C Sharp Minor

 

Franz Schubert Six moments musicaux, D 780, Op. 94, Nº 5. In F Minor

 

Franz Schubert - Three Klavierstücke, D 946 - Nº 1. In E Flat Minor (Allegro Assai)

 

Franz Schubert - Impromptu Nº 2 In E Flat, D 899 Op. 90

 

Franz Schubert - Impromptu Nº 3 In G Flat, , D 899 Op. 90

 

Franz Schubert - Impromptu Nº 4 In A Flat, , D 899 Op. 90

 

Franz Schubert - Impromptu Nº 4 In A Flat, , D 899 Op. 90

 

Franz Schubert - Impromptu Nº 2 In A Flat, , D 935 Op. 90

 

***

 

Aqui para ouvir, ler e partilhar!

Já sabes! Também no Facebook e Twitter.

 

Por isso!...

Não percas o próximo post… porque nós… também não!

publicado por Musikes às 07:21 link do post
22 de Março de 2017

Virando a página…

Mais um capítulo deste majestoso período da História da Música Ocidental – o séc. XIX.

 

Tal como Beethoeven e Weber, o próximo compositor enquadra-se na transição entre o Classicismo e o Romantismo. Estaremos de acordo que nada acontece de um dia para o outro.

Explorando o sistema tonal, podemos exprimir uma imensidão de ambientes, emoções e sentimentos, e é precisamente essa ideia que se propaga por todo este século.

 

Aqui, mais uma gota, uma pincelada musical, e voltemos a página das muitas cores que cabem num século só.

A ler, ouvir, partilhar e descobrir!

 

Boas leituras e boas audições!

 

*****

 

“Só o que sonhamos é o que verdadeiramente somos, porque o mais, por estar realizado, pertence ao mundo e a toda a gente.” Fernando Pessoa

 

 

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

 

Século XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Franz Peter Schubert

(1797-1828)

 

“Apesar da vida atribulada, Schubert compôs uma obra muito extensa

Franz Peter Schubert escreveu cerca de 600 canções, além de óperas, sinfonias e sonatas, entre outros trabalhos. É considerado um dos maiores compositores do século 19, marcando a passagem do estilo clássico para o estilo romântico. (…)” (https://educacao.uol.com.br/biografias/franz-schubert.htm)

 

Franz Schubert_ Piano Quintet In A major (1º and.)

 

Franz Schubert_ Piano Quintet In A major (2º and.)

 

Franz Schubert_ Piano Quintet In A major (3º and.)

 

Franz Schubert_ Piano Quintet In A major (4º and.)

 

Franz Schubert_ Piano Quintet In A major (5º and.)

 

Franz Schubert - Symphony No. 3 in D Major, D. 200 (1º and.)

 

Franz Schubert - Symphony No. 3 in D Major, D. 200 (2º and.)

 

Franz Schubert - Symphony No. 3 in D Major, D. 200 (3º and.)

 

Franz Schubert - Symphony No. 3 in D Major, D. 200 (4º and.)

 

Franz Schubert - Marche Militaire No. 1, Op. 51

 

Franz Schubert - Ellen's Chants, D. 839_ Ave Maria

 

Franz Schubert - Moments musicaux, D. 780_ Air Rus

 

Franz Schubert - Four Songs, Op. 88_ An die Musik,

 

Franz Schubert - Die Forelle, D. 550

 

***

 

Mais música! Mais cores melódicas! Mais expressividade e diversidade!

 

Por isso!...

Não percas o próximo post… porque nós… também não!

publicado por Musikes às 10:21 link do post
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Ola! ☺️Saudações Musikes! 🤗Claro que me lembro! Co...
Olá Pedro,Como estás? Eu sou a Alda, a colega que ...
è Natal, é Natal....As mais belas canções de Natal...
Quando estou triste, paro e medito...Quando estou ...
A música é, sem dúvida, o alimento da alma... das ...
blogs SAPO