Em cada um reside a fonte da partilha, e seja ela um dom ou não, deixa-me semear no teu ser o prazer da Música. Ela tem inspirado o Homem no revelar o seu pensamento, o interpretar e sentir o Universo ao longo de milénios. Bem vindo!
29 de Março de 2019

Concertos em Abril na Casa da Música do Porto
 
MUSIKES
Grandes Músicas… Grandes Épocas!...
 
 

Páscoa & Revolução

Alguns dos momentos altos da programação de 2019 acontecem neste mês de Abril.

 

A Páscoa inspira dois concertos com diferentes interpretações do comovente texto do Stabat Mater nas vozes de prestigiados solistas internacionais. é um marco da composição musical do século XX. Outro foco da temporada é uma mostra alargada da obra de György Ligeti que se estende pelo festival Música & Revolução e traz excertos da ópera Le Grand Macabre, concertos duplos com a Sinfónica e o Remix, e ainda o pianista Pierre-Laurent Aimard.

 

Em período de férias escolares, o festival Ao Alcance de Todos apresenta concertos e actividades para as famílias. O Novo Mundo continua presente na Casa da Música, seja com figuras de topo do jazz americano – Erik Friedlander e Chris Potter – seja com a música brasileira na voz de Bebel Gilberto.

Mas há muito mais. É pôr os olhos e os ouvidos em Abril.

Agenda Abril 2019 (PDF)
 
 
Em destaque!
 
ERIK FRIEDLANDRE'S "THROW A GLASS"
 
03 QUA · 21:00 - Sala Suggia
 
ERIK FRIEDLANDRE'S
"THROW A GLASS"
Ciclo Jazz

 

Dois nomes centrais do jazz norte-americano trazem à Casa da Música os seus novos trabalhos, num concerto duplo em que cada líder é acompanhado por músicos de topo. Veterano do jazz experimental nova-iorquino, o violoncelista Erik Friedlander é especialmente conhecido pelas colaborações com John Zorn. Vem apresentar o seu novo álbum Artemisia, com edição prevista precisamente para este mês. A criatividade sem limites de Chris Potter torna-o um dos saxofonistas mais admirados das últimas décadas. A revista New Yorker define-o como “um tenor que lembra a astúcia de Joe Henderson e que aplica a sua técnica mais ao serviço da música do que do espectáculo”. Uma noite imperdível com o melhor do jazz que se faz hoje nos Estados Unidos da América.

 
 
Concertos de Páscoa
13+17 ABR

A evocação da Páscoa faz-se com obras de referência construídas sobre um dos textos religiosos mais comoventes de sempre: o Stabat Mater, que descreve as dores de Maria aos pés da cruz, contemplando a agonia do seu filho. Pergolesi e Dvořák foram dois dos compositores que se debruçaram sobre este texto inspirador, com obras magníficas aqui interpretadas por destacados solistas internacionais, junto de quatro agrupamentos residentes da Casa da Música – Orquestras Sinfónica e Barroca, Coro e Coro Infantil

Saber Mais

 
 
Música & Revoloção
27-30 ABR
 
MÚSICA & REVOLUÇÃO
LIGETI: IMERSÃO TOTAL

 

György Ligeti foi um dos maiores e mais originais compositores da segunda metade do século XX. Ao longo de dois concertos partilhados entre a Orquestra Sinfónica e o Remix Ensemble, um recital do pianista Pierre-Laurent Aimard e uma instalação, percorremos várias dimensões da obra de Ligeti, contando com a presença de grandes solistas: o violoncelista Lucas Fels e o próprio Aimard trazem a sua música concertante e a soprano Susanna Andersson interpreta excertos de Le Grand Macabre, ópera que é revisitada também pelo trompetista Aleš Klančar. 


Saber Mais
 

 
Segue o Musikes no...
publicado por Musikes às 15:49 link do post
23 de Março de 2019

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Johannes Brahms

(1833-1897)

 

“(…) Em 1852 o curso chega ao fim, estava com dezenove anos e inicia sua carreira de compositor profissional com a “Primeira Sonata para Piano, em Dó Maior, Opus I”. (…)” (https://www.ebiografia.com/johannes_brahms/)

 

Johannes Brahms: - Sonata Nº 1 In C-major, Op. 1

 

Johannes Brahms: Piano Concerto #1 In D Minor, Op. 15 - 1. Maestoso

 

Johann Brahms: Piano Concerto #1 In D Minor, Op. 15 - 2. Adagio

 

Johannes Brahms: Piano Concerto #1 In D Minor, Op. 15 - 3. Rondo: Allegro Non Troppo

 

 

“(…) Nesse mesmo ano conhece o violonista Eduard Reményi, nascendo uma sólida amizade que se prolongou por muitos anos. Juntos viajaram pelo interior da Alemanha. Em Hanôver, conheceu o famoso violonista Joseph Joachim, que se empenhou em publicar suas obras, e marcou, em Weimar, um encontro com Liszt, um incentivador de novos talentos, mas os dois não se entenderam. (…)” (https://www.ebiografia.com/johannes_brahms/)

 

Johannes Brahms: Hungarian Dance #18 In D

 

Johannes Brahms: 4 Ballades, Op. 10 - 1. Andante, Allegro, Andante

 

Johannes Brahms: Academic Festival Overture, Op. 80

 

 

Segue o Musikes no...

Facebook  Twitter  Padlet

publicado por Musikes às 11:39 link do post
22 de Março de 2019

A exposição "Agustina Bessa-Luís: vida e obra" está patente nos claustros da Biblioteca Pública Municipal, em frente ao Jardim de São Lázaro, até ao final de junho. A entrada é livre.

 

Musikes

Grandes Músicas… Grandes Épocas!...

 

 

A mostra reúne um original conjunto digital de documentos, fotos, livros e manuscritos que evocam a vida e a obra da autora amarantina, extremamente fértil, contando com mais de meia centena de títulos, entre romances, novelas, peças de teatro, guiões de cinema, biografias, ensaios e livros infantis.

 

Comissariada por Inês Pedrosa e João Botelho, a exposição foi temporariamente cedida ao Município do Porto pelo Instituto Camões- Instituto da Cooperação e da Língua, IP.

A iniciativa é simultânea ao Programa Ciclo Agustina, que decorre mensalmente com sessões literárias sobre a autora de A Sibila.

 

 


Segue o Musikes no...


publicado por Musikes às 12:42 link do post
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Ola! ☺️Saudações Musikes! 🤗Claro que me lembro! Co...
Olá Pedro,Como estás? Eu sou a Alda, a colega que ...
è Natal, é Natal....As mais belas canções de Natal...
Quando estou triste, paro e medito...Quando estou ...
A música é, sem dúvida, o alimento da alma... das ...
blogs SAPO