Em cada um reside a fonte da partilha, e seja ela um dom ou não, deixa-me semear no teu ser o prazer da Música. Ela tem inspirado o Homem no revelar o seu pensamento, o interpretar e sentir o Universo ao longo de milénios. Bem vindo!
29 de Abril de 2019

Promessas de Maio

 

Os primeiros capítulos da residência de Jörg Widmann revelam o músico alemão na sua tripla dimensão de compositor, maestro e clarinetista, com a Orquestra Sinfónica e o Remix Ensemble, interpretando o Concerto para clarinete de Mozart, obras do Romantismo e música dos nossos dias. A meio-soprano Marina Prudenskaya junta-se à Sinfónica para um ciclo emblemático do Lied alemão, Wesendonck Lieder de Wagner, numa noite que termina com a Quinta Sinfonia de Mahler. O regresso de Sokolov é um momento sempre esperado do Ciclo de Piano Fundação EDP. Este ano, o seu recital é dedicado a Beethoven e Brahms. Na homenagem da Casa a Helena Sá e Costa, o convidado especial é David Fray, que vem interpretar concertos para piano e orquestra de Bach e Mozart ao lado da Sinfónica. A maratona de teclistas volta a reunir centenas de alunos de todo o país. O ciclo Rito da Primavera põe em foco os jovens intérpretes europeus: o Spring ON! traz novos projectos de jazz e o ECHO Rising Stars reúne estrelas do futuro das salas de concerto. Orquestra Sinfónica e OJM cruzam o jazz e a música sinfónica. E, entre outras propostas a que convém estar atento, há ainda Ricardo Ribeiro com João Paulo Esteves da Silva e o regresso a Portugal da cantora e pianista Eliane Elias.


MUSIKES

Grandes Músicas… Grandes Épocas!...

 

 

Agenda Maio 2019
 
 

Alguns destaques

 

 

10 MAI SEX · 21:00 SALA SUGGIA

A QUINTA DE MAHLER

ORQUESTRA SINFÓNICA DO PORTO CASA DA MÚSICA

Ciclo Grandes Canções Orquestrais

 

 

O maestro israelita Eliahu Inbal dirige repertório da sua especialidade, pelo qual é reconhecido a nível internacional. Na sua Quinta Sinfonia, Mahler combina a tragédia com a alegria, a dor e o prazer, o desespero e a mudança, confrontando-nos com diferentes mundos em cada um dos andamentos. Escrita enquanto conhece Alma Schindler, por quem se viria a apaixonar, a Quinta Sinfonia está também associada a este novo amor e todas as suas implicações.


Saber Mais


18 MAI SÁB · 18:00 SALA SUGGIA
JAZZ SINFÓNICO
ORQUESTRA SINFÓNICA DO PORTO CASA DA MÚSICA
ORQUESTRA JAZZ DE MATOSINHOS

 

Uma Orquestra Sinfónica a swingar? Duke Ellington achou tal feito possível e, para isso, escreveu uma obra inspirada na noite, o seu habitat natural. Com a parceria da Orquestra Jazz de Matosinhos, naquele que é um reencontro há muito esperado com o agrupamento sinfónico da Casa da Música, a máquina de swing apresenta-se bem oleada. Já o estoniano Erkki-Sven Tüür embarca numa linguagem mais moderna, ou não fosse a sua sinfonia uma composição bem mais recente e o seu autor uma figura de proa no contexto da música contemporânea. A iniciar o concerto, a Sinfónica apresenta a primeira grande obra americana de Stravinski.

 
Saber Mais

Mais aqui!
 

 

 

 
 

Segue o Musikes em...

Facebook  Twitter  Padlet

publicado por Musikes às 12:36 link do post
27 de Abril de 2019

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Johannes Brahms

(1833-1897)

 

“(…) Johannes Brahms havia se transformado num homem famoso, rico e respeitado. Em 1889 era Cavaleiro da Ordem Prussiana, da Ordem Austríaca de Leopoldo, da Ordem Bávara de São Maximiliano, membro das academias de Berlim e de Paris.

Johannes Brahns morre em Viena, na Áustria, no dia 03 de abril de 1897, em decorrência de câncer no fígado.” (https://www.ebiografia.com/johannes_brahms/)

 

Johannes Brahms: Hungarian Dance #5, WoO 1/5

 

Johannes Brahms: Hungarian Dance #11, WoO 1/11

 

Johannes Brahms. Sinfonie Nr. 4 In E-Minor, Op. 98 - Allegro non troppo

 

Johannes Brahms. Sinfonie Nr. 4 In E-Minor, Op. 98 - Andante Moderato

 

Johannes Brahms: Sinfonie Nr. 4 e-moll, op. 98 Allegro giocoso, Poco meno presto, Tempo I (Symphony No. 4 in E minor op. 98)

 

Johannes Brahms: Sinfonie Nr. 4 In E-Minor, Op. 98 - Allegro energico e passionato, piú allegro

 

 

Segue o Musikes no...

Facebook  Twitter  Padlet

publicado por Musikes às 12:39 link do post
23 de Abril de 2019

 

Inaugura na próxima quinta-feira, no átrio da Câmara do Porto, a exposição "A Substância do Tempo - 25 fotografias de Sérgio Valente, 45 anos depois do 25 de Abril". Com curadoria de Carlos Magno e produção do Município, a exibição das imagens inéditas da revolução será inaugurada pelas 12 horas do dia em que se comemora a liberdade. A entrada é livre.

 

MUSIKES!

Grandes Músicas… Grandes Épocas!...

 

 

Sérgio Valente é um fotógrafo da resistência e da revolução. Resistiu ao regime e fotografou, para memória futura, manifestações contra a ditadura. No dia em que o país reconquistou a liberdade, saiu de casa sem a sua mítica Rolleicord e levou consigo apenas uma pequena câmara de amador que quase se esqueceu de usar.

 

As suas verdadeiras fotografias do 25 de Abril são, por isso, as dos dias seguintes. Fotografias de espanto e da liberdade experimentada nas ruas que agora serão publicamente exibidas na exposição que se manterá patente por duas semanas na Câmara do Porto. A exposição será inaugurada pelo presidente Rui Moreira.

 

Para o curador, Carlos Magno, "entre a Praça da Liberdade e a Câmara Municipal do Porto, com a estátua do Garrett na praça General Humberto Delgado, fica o palco de uma cidade sem medo, cujas metamorfoses o Sérgio Valente e outros fotógrafos foram registando".

 

Programação e mais!

 

 

Segue o Musikes em...

publicado por Musikes às 18:43 link do post
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Ola! ☺️Saudações Musikes! 🤗Claro que me lembro! Co...
Olá Pedro,Como estás? Eu sou a Alda, a colega que ...
è Natal, é Natal....As mais belas canções de Natal...
Quando estou triste, paro e medito...Quando estou ...
A música é, sem dúvida, o alimento da alma... das ...
blogs SAPO