Em cada um reside a fonte da partilha, e seja ela um dom ou não, deixa-me semear no teu ser o prazer da Música. Ela tem inspirado o Homem no revelar o seu pensamento, o interpretar e sentir o Universo ao longo de milénios. Bem vindo!
27 de Novembro de 2020

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

5. edvard grieg em selo postal.jpg

Edvard Grieg

(1843-1907)

 

“(…) Foi também em Copenhague onde reencontrou a prima Nina Hagerup, excelente cantora, por quem se apaixonou logo de início. Mesmo com a reprovação de ambas as famílias, engataram um namoro secreto e, em 1865, ficaram noivos. Para comemorar, ele a presenteou com quatro canções (Melodias do coração op. 5), sobre poemas de um amigo em comum. Edvard e Nina casaram-se no ano seguinte. Uniões matrimoniais entre primos não eram vistas com bons olhos, e, talvez por isso, nenhum parente compareceu à cerimônia. (…)” (https://musicaclassica.folha.com.br/cds/22/biografia-3.html)

 

Edvard Grieg: Sonata No. 2 in G Major for Violin and Piano, Op. 13: I. Lento doloroso - Allegro vivace

 

Edvard Grieg: Sonata No. 2 in G Major for Violin and Piano, Op. 13: II. Allegretto tranquillo

 

Edvard Grieg: Sonata No. 2 in G Major for Violin and Piano, Op. 13: III. Allegretto animato

 

Edvard Grieg: Sonata in A Minor for Cello and Piano, Op. 36: I. Allegro agitato

 

Edvard Grieg: Sonata in A Minor for Cello and Piano, Op. 36: II. Andante molto tranquillo

 

Edvard Grieg: Sonata in A Minor for Cello and Piano, Op. 36: III. Allegro

 

Edvard Grieg: Sigurd Jorsalfar, Op. 22: II. Borghilds Drøm (Borghild's Dream)

 

 

 

Fale comigo.

Também no Facebook!

 

publicado por Musikes às 07:38 link do post
21 de Novembro de 2020

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

3. edvard grieg e nina.jpg

Edvard Grieg

(1843-1907)

 

“(…) Lá ele ficou por quatro anos (de 1858 a 1862). Conheceu a tradição musical européia e descobriu que o seu objetivo sempre fora compor uma música verdadeiramente norueguesa. Pensando nisso, partiu para Copenhague, na época a única cidade escandinava com rica vida cultural. Neste período, conheceu os dinamarqueses J.P.E. Hartman e Niels Gade, além do norueguês Rikard Nordraak, importantes compositores, que se tornariam grandes amigos e influências. (…)” (https://musicaclassica.folha.com.br/cds/22/biografia-3.html)

 

Edvard Grieg: Lyric Pieces Book 9, Op. 68: II. Bedstemors Menuet (Grandmother's Minuet)

 

Edvard Grieg: Lyric Pieces Book 9, Op. 68: III. For dine Føtter (At your Feet)

 

Edvard Grieg: Symphonic Dances, Op. 64: I. Allegro moderato e marcato

 

Edvard Grieg: Symphonic Dances, Op. 64: II. Allegretto grazioso

 

Edvard Grieg: Symphonic Dances, Op. 64: III. Allegro giocoso

 

Edvard Grieg: Symphonic Dances, Op. 64: IV. Andante - Allegro molto e risoluto

 

 

Fale comigo.

Também no Facebook!

 

publicado por Musikes às 07:18 link do post
15 de Novembro de 2020

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

2. edvard grieg.jpg

Edvard Grieg

(1843-1907)

 

“(…) Foi o maior ídolo de infância, Ole Bull, um famoso violinista, quem deu o impulso inicial na carreira do compositor. Impressionado com o talento do menino, na época com 15 anos, Bull convenceu os pais de Edvard a enviá-lo ao Conservatório Musical de Leipzig (Alemanha), o melhor e mais moderno centro musical da Europa. "Você vai para Leipzig para se tornar um artista!", informou o violinista. (…)” (https://musicaclassica.folha.com.br/cds/22/biografia-3.html)

 

Edvard Grieg: Sigurd Jorsalfar, Op. 22: I. Introduction to Act I

 

Edvard Grieg: Three Piano Pieces, EG 105: II. Allegretto

 

Edvard Grieg: Three Piano Pieces, EG 105: III. Allegro molto e vivace, quasi presto

 

Edvard Grieg: String Quartet in G Minor, Op. 27: I. Un poco andante - Allegro molto ed agitato

 

Edvard Grieg: String Quartet in G Minor, Op. 27: II. Romanze: Andantino - Allegro agitato - Andantino

 

Edvard Grieg: String Quartet in G Minor, Op. 27: III. Intermezzo: Allegro molto marcato - Più vivo e scherzando

 

Edvard Grieg: String Quartet in G Minor, Op. 27: IV. Finale: Lento - Presto al saltarello

 

 

Fale comigo.

Também no Facebook!

 

publicado por Musikes às 07:03 link do post
09 de Novembro de 2020

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

4. edvard grieg ao piano.jpg

Edvard Grieg

(1843-1907)

 

“De uma família tipicamente burguesa do século 19, desde pequeno Edvard demonstrou interesse pelo piano. Mesmo tendo a mãe, uma excelente pianista, como professora, preferia aprender sozinho a seguir uma disciplina. Quando criança, era comum ficar horas a frente do instrumento, descobrindo e experimentando todos os tipos de manifestações sonoras. "Por que não começar se lembrando da satisfação maravilhosa, quase mística, de esticar os braços até o piano e produzir? Não uma melodia, longe disto!", relatou ao recordar-se dos primeiros contatos com a música. (…)” (https://musicaclassica.folha.com.br/cds/22/biografia-3.html)

 

Edvard Grieg: Two Nordic Songs, Op. 63: I. I folketone (In Folk Style)

 

Edvard Grieg: Lyric Pieces Book 5, Op. 54: I. Gjætergut (Shepherd's Boy)

 

Edvard Grieg: Concerto in A Minor for Piano and Orchestra, Op. 16: I. Allegro molto moderato

 

Edvard Grieg: Concerto in A Minor for Piano and Orchestra, Op. 16: III. Finale: Allegro moderato molto e marcato

 

Edvard Grieg: Sonata No. 1 in F Major for Violin and Piano, Op. 8: I. Allegro con brio

 

Edvard Grieg: Sonata No. 1 in F Major for Violin and Piano, Op. 8: II. Allegretto quasi andantino

 

Edvard Grieg: Sonata No. 1 in F Major for Violin and Piano, Op. 8: III. Allegro molto vivace

 

 

Fale comigo.

Também no Facebook!

 

publicado por Musikes às 07:47 link do post
03 de Novembro de 2020

No romantismo, os compositores procuravam uma maior liberdade da forma, uma expressão mais intensa e vigorosa das emoções, frequentemente revelando seus sentimentos mais profundos, inclusive seus sofrimentos.

 

Proponho, então, conhecer mais um capítulo do séc. XIX, agora pela mão do compositor Edward Hagerup Grieg (1843-1907).

 

 

Orquestra Filharmónica. (2).jpg

 

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

1. edvard grieg a cores.jpg

Edward Hagerup Grieg

(1843-1907)

 

"Toda a arte verdadeira surge do ser humano". Este foi o lema que acompanhou a carreira de Edvard Grieg, o compositor que colocou a Noruega no mapa mundial da música, ao elegê-la como fonte de inspiração. O "Chopin do Norte", como muitos o chamam até hoje, nasceu em 1843, em Berger, uma cidadezinha portuária ao sul do país. (…)” (https://musicaclassica.folha.com.br/cds/22/biografia-3.html)

 

Edvard Grieg: Peer Gynt Suite #1, Op. 46 - 1. Morning Mood

 

Edvard Grieg: Piano Concerto In A Minor, Op. 16 - 1. Allegro Moderato

 

Edvard Grieg: Peer Gynt Suite #2, Op. 55 - 1. Abduction Of The Bride

 

Edvard Grieg: I Høst (In Autumn) - Concert Overture for Orchestra, Op. 11

 

Edvard Grieg: Holberg Suite in G Major, Op. 40: II. Sarabande

 

Edvard Grieg: Two Elegiac Melodies, Op. 34: I. Hjertesår (The Wounded Heart)

 

Edvard Grieg: Two Melodies for Strings, Op. 53: I. Norsk (Norwegian)

 

 

Fale comigo.

Também no Facebook!

 

publicado por Musikes às 07:21 link do post
02 de Novembro de 2020

No Musikes em Outubro...

Musikes (8).jpeg

Compositor checo da Era Romântica, o estilo próprio de Dvorák tem sido descrito como o expoente máximo que conjugou o idioma nacional com a tradição sinfónica, integrando influências populares e encontrando formas eficazes de as utilizar.
 

Antonin Dvorák.1 (6).JPG

A música de Dvorak é colorida e ritmada. É, ao mesmo tempo, inspirada na herança erudita europeia e influenciada pelo folclore tchecoslovaco...
 
 
A Ondina, A Feiticeira do Meio-dia, A Roda Dourada de Fiar, A pomba do Bosque. Todas obras inspiradas em lendas transcritas para a poesia por...
 
Dvorák recebeu o mesmo prémio em mais duas ocasiões, em 1876 e 1877, graças ao voto do compositor Johannes Brahms.
 
No blog outros compositores, e claro... mais a descobrir!
 
 
Também no Facebook!
publicado por Musikes às 07:13 link do post
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Identifico-me totalmente com o argumento deste pos...
Obrigado pelas suas palavras.Viverá para sempre na...
Para mim, a canção mais bonita cantada em lingua p...
Ola! ☺️Saudações Musikes! 🤗Claro que me lembro! Co...
Olá Pedro,Como estás? Eu sou a Alda, a colega que ...
blogs SAPO