Em cada um reside a fonte da partilha, e seja ela um dom ou não, deixa-me semear no teu ser o prazer da Música. Ela tem inspirado o Homem no revelar o seu pensamento, o interpretar e sentir o Universo ao longo de milénios. Bem vindo!
04 de Março de 2021

No Musikes em Fevereiro...

Bloger Musikes azul.PNG

 

Mais um mês se passou e tantas são já as novidades aqui no blog.
Continuamos, mais uma vez,  a viagem pela vida e obra doe um dos compositores do Romantismo do séc. XIX. Para que nada te escape a ouvir e conhecer!

Robert Schumann 1 10.15.06.jpg

Robert Alexander Schumann
(1810-1856)
 
Mas tinha de continuar os estudos e desenvolver-se musicalmente. Quanto ao primeiro ponto, a mãe decidiu que ele deveria...
 
Em pouco tempo de estudos, o progresso realizado com Wieck e a forte impressão que lhe causou um recital de Paganini (1830) mergulharam o jovem numa outra dúvida: ser artista ou advogado?...
 
Nos meses seguintes, surgiram as primeiras obras-primas de Schumann: Variações sobre...
 
Para desenvolver a sua técnica pianística, Schumann teve a infeliz ideia...
 

Robert Schumann 2 em 1839 10.15.06.jpg

 

A musicalidade profunda e sensível de Schumann não buscou as luzes da ribalta, mergulhando o ouvinte, ao contrário, no remoto e enigmático mundo interno do compositor, talvez o mais misterioso do período romântico. Sua música é ao mesmo tempo imaginosa, introspectiva e bombástica. Atrevidamente original, e às vezes impraticável, Schumann captou, como ninguém, o espírito inocente dos primórdios da literatura romântica alemã.
 
No blog outros compositores e... mais a descobrir!
 
 
publicado por Musikes às 14:25 link do post

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Identifico-me totalmente com o argumento deste pos...
Obrigado pelas suas palavras.Viverá para sempre na...
Para mim, a canção mais bonita cantada em lingua p...
Ola! ☺️Saudações Musikes! 🤗Claro que me lembro! Co...
Olá Pedro,Como estás? Eu sou a Alda, a colega que ...
blogs SAPO