Em cada um reside a fonte da partilha, e seja ela um dom ou não, deixa-me semear no teu ser o prazer da Música. Ela tem inspirado o Homem no revelar o seu pensamento, o interpretar e sentir o Universo ao longo de milénios. Bem vindo!
29 de Maio de 2019

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Johannes Brahms

(1833-1897)

 

“(…) Devido à expressão emotiva, as obras de Brahms inserem-se no mais puro sentido da estética romântica e nunca escreveu uma nota de música com intenção de revolucionar a linguagem musical. Esta forma de atuar valeu-lhe severas críticas de musicólogos e críticos que o consideravam um académico tardio.

De fato, as suas primeiras obras revelam a influência dos românticos Mendelssohn e Schumann, progredindo no sentido do classicismo, sendo considerado defensor da música pura, contrária à música de programa. (…)” (https://www.portalsaofrancisco.com.br/biografias/johannes-brahms)

 

Johannes Brahms: 25 Variations & Fugue on a Theme by Handel, Op. 24: Vars. 10-15

 

Johannes Brahms: 25 Variations & Fugue on a Theme by Handel, Op. 24: Vars. 16-17

 

Johannes Brahms: 25 Variations & Fugue on a Theme by Handel, Op. 24: Var. 18

 

 

“(…) O grande público com as magistrais obras de Brahms: as quatro sinfonias; os dois concertos para piano; o concerto para violino; as aberturas orquestrais e as “Danças húngaras”, as sonatas, as baladas, as variações, os “intermezzi” e os caprichos para piano; o “Requiem alemão” e a rapsódia para contralto; a numerosa música de câmara, entre a qual se destacam as sonatas para violino e piano, os três quartetos de cordas, os dois sextetos, o quinteto com clarinete, o quinteto com piano, entre tantas outras sonatas, trios e quartetos, além das extraordinárias canções – “Lieder” – que nos legou.

 

Johannes Brahms: Capricho No 3 In G Minor, Op. 116

 

Johannes Brahms: 2 Rhapsodies, Op. 79 - Rhapsody #1 In B Minor

 

Johannes Brahms. Sinfonie Nr. 4 In E-Minor, Op. 98 - Allegro non troppo

 

Johannes Brahms: Hungarian Dance #14, WoO 1/14

 

Johannes Brahms: 4 Ballades, Op. 10 - 2. Andante, Allegro Non Troppo

 

Johannes Brahms: Academic Festival Overture, Op. 80

 

Johannes Brahms: 3 Songs, Op. 42: I. Abendständchen

 

 

Há 101 anos, mais precisamente no dia 3 de Abril de 1897, na cidade de Viena, morria um dos compositores mais proeminentes do século XIX. (...

A cidade onde Brahms passou a segunda metade da sua vida, chorou a sua morte com profundo pesar.” (https://www.portalsaofrancisco.com.br/biografias/johannes-brahms)

 

Johannes Brahms: 7 Fantasies, Op. 116: No. 3, Capriccio in G Minor

 

Johannes Brahms: 7 Fantasies, Op. 116: No. 5, Intermezzo in E Minor

 

Johannes Brahms: - Sonata Nº 1 In C-major, Op. 1

 

Johannes Brahms: Réquiem Alemão (completo)

 

 

*****

 

Longo foi o passeio, mas, creio que valeu a pena.

Este é só mais um dos tantos volumes musicais que a estante da História da Música Ocidental rserva para todos nós.

 

Até ao próximo compositor  - Camille Saint-Saëns.

 

 

Segue o Musikes no...

Facebook  Twitter  Padlet

publicado por Musikes às 10:47 link do post
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Ola! ☺️Saudações Musikes! 🤗Claro que me lembro! Co...
Olá Pedro,Como estás? Eu sou a Alda, a colega que ...
è Natal, é Natal....As mais belas canções de Natal...
Quando estou triste, paro e medito...Quando estou ...
A música é, sem dúvida, o alimento da alma... das ...
blogs SAPO