Em cada um reside a fonte da partilha, e seja ela um dom ou não, deixa-me semear no teu ser o prazer da Música. Ela tem inspirado o Homem no revelar o seu pensamento, o interpretar e sentir o Universo ao longo de milénios. Bem vindo!
03 de Abril de 2017

Nem precisas de colocar a moeda na jukebox.

É bem mais simples do que isso!

 

Num click, e voilá!

 

A ler, ouvir, partilhar e descobrir!

E claro, também no Facebook e Twitter.

 

Boas leituras e boas audições!

 

*****

 

“Só o que sonhamos é o que verdadeiramente somos, porque o mais, por estar realizado, pertence ao mundo e a toda a gente.” Fernando Pessoa

 

 

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

 

Século XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Franz Peter Schubert

(1797-1828)

 

“(…) Durante dois anos, Schubert dividiu seu tempo entre a sala de aula e sua paixão pela música e chegou a compor quase duzentas obras. Escreveu uma dúzia de óperas, que não obtiveram êxito. Mas Schubert revelou-se um exímio compositor de um gênero que aperfeiçoaria: o lied, a canção lírica. Em um ano, compôs cerca de 150 lieder, baseados em textos de Shakespeare, Heinrich Heine e Goethe, entre outros autores.

Essas canções fariam enorme sucesso de público e de crítica, a ponto de seu autor ter sido considerado, posteriormente, o maior poeta lírico da música universal. (…)” (https://educacao.uol.com.br/biografias/franz-schubert.htm)

 

Franz Schubert: Die Schöne Müllerin, D 795 - Das Wandern

 

Franz Schubert: Die Schöne Müllerin, D 795 - Wohin?

 

Franz Schubert: Die Schöne Müllerin, D 795 - Halt!

 

Franz Schubert: Die Schöne Müllerin, D 795 - Ungeduld

 

Franz Schubert: Winterreise, D 911 - Gute Nacht

 

Franz Schubert: Winterreise, D 911 - Der Lindenbaum

 

Franz Schubert: Winterreise, D 911 - Frühlingstraum

 

Franz Schubert: Winterreise, D 911 - Die Post

 

Franz Schubert: Gretchen Am Spinnrade, D 118

 

Franz Schubert: Ellens Gesang #3, D 839, "Ave Maria"

 

Franz Schubert: Wiegenlied, D 498

 

Franz Schubert: Die Forelle, D 550

 

Franz Schubert: An Silvia, D 891

 

Franz Schubert: Das Lied Im Grünen, D 917

 

Franz Schubert: Der Einsame, D 800

 

Franz Schubert: Die Junge Nonne, D 828

 

Franz Schubert: Auf Dem Wasser Zu Singen, D 774

 

Franz Schubert: Der Tod & Das Mädchen, D 531

 

Franz Schubert: Der Musensohn, D 764

 

Franz Schubert: Heidenröslein, D 257

 

Franz Schubert: An Die Musik, D 547

 

***

 

E não nos ficamos por aqui.

Mesmo ao virar do disco, muita mais música para ouvir!

Também no Facebook e Twitter.

 

Por isso!...

Não percas o próximo post… porque nós… também não!

publicado por Musikes às 07:21 link do post
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Ola! ☺️Saudações Musikes! 🤗Claro que me lembro! Co...
Olá Pedro,Como estás? Eu sou a Alda, a colega que ...
è Natal, é Natal....As mais belas canções de Natal...
Quando estou triste, paro e medito...Quando estou ...
A música é, sem dúvida, o alimento da alma... das ...
blogs SAPO