Em cada um reside a fonte da partilha, e seja ela um dom ou não, deixa-me semear no teu ser o prazer da Música. Ela tem inspirado o Homem no revelar o seu pensamento, o interpretar e sentir o Universo ao longo de milénios. Bem vindo!
23 de Junho de 2017

Como diriam os franceses… “Et voilá, mon cher!”

Aqui estamos! Última paragem da nossa caminhada ao longo da vida e obra de Hector Berlioz, compositor do século XIX.

 

O romantismo, deixou-nos um legado que a todos cabe conhecer e apreciar. As suas cores, texturas e sonoridades, são infindáveis. O seu papel musical, viria a ditar os alicerces de toda a música erudita do século seguinte.

 

y

 

*****

 

“Só o que sonhamos é o que verdadeiramente somos, porque o mais, por estar realizado, pertence ao mundo e a toda a gente.” Fernando Pessoa

 

 

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

 

c. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Louis Hector Berlioz

(1803-1869)

 

Hector Berlioz: Poeme de l'amour et de la mer, Op. 19: I. La fleur des eaux

 

Hector Berlioz: Poeme de l'amour et de la mer, Op. 19: II. Interlude

 

Hector Berlioz: Poeme de l'amour et de la mer, Op. 19: III. La more de l'amour

 

*****

 

“(…) Sua Obra seduzido tanto pela música de programa quanto pela orquestral, colocou "o drama na sinfonia e a sinfonia  no drama" (Romeu e Julieta, 1839). A sua Sinfonia Fantástica assinala o verdadeiro início do poema sinfônico. Berlioz interessou-se pela música instrumental (Les nuits d'éte), pelo teatro  lírico (A Danaçao de Fausto, 1846; Benvenuto Cellini, 1838; Os Troianos, 1855-58), pelas possibilidades expressivas da viola (Haroldo na Itália, 1834), e por uma música religiosa fulgurante (A grande missa dos mortos, 1837), ou intimista (A infância de Cristo, 1854). Sua orquestração  colorida e inovadora marcou todo o século XIX (Grande Tratado da Instrumentação e Orquestração Modernas, 1844). Suas obras tiveram muito sucesso no exterior, principalmente na Alemanha e Rússia, onde o compositor esteve diversas vezes. Os textos escritos por Berlioz constituem uma importante fonte de informações sobre sua época.” (http://www.renatacortezsica.com.br/compositores/berlioz.htm)

 

Hector Berlioz: Les nuits d'ete, Op. 7: I. Villanelle

 

Hector Berlioz: Les nuits d'ete, Op. 7: II. Le spectre de la rose

 

Hector Berlioz: Les nuits d'ete, Op. 7: III. Sur les lagunes: Lamento

 

Hector Berlioz: Les nuits d'ete, Op. 7: IV. Absence

 

Hector Berlioz: Les nuits d'ete, Op. 7: V. Au cimetiere: Clair de lune

 

Hector Berlioz: Les nuits d'ete, Op. 7: VI. L'ile inconnue

 

Hector Berlioz - Grande Messe des Morts, Op. 5 - "Requiem": Requiem et Kyrie

 

Hector Berlioz - Berlioz - Grande Messe des Morts, Op. 5 - "Requiem", Dies irae

 

           

Hector Berlioz - Grande Messe des Morts, Op. 5 - "Requiem", Quid sum miser

 

Hector Berlioz - Grande Messe des Morts, Op. 5 - "Requiem", Rex tremendae

 

Hector Berlioz - Grande Messe des Morts, Op. 5 - "Requiem", Quaerens me

 

Hector Berlioz - Grande Messe des Morts, Op. 5 - "Requiem", Lacrimosa-Offertorium

 

Hector Berlioz - Grande Messe des Morts, Op. 5 - "Requiem", Domine Jesu Christe

 

Hector Berlioz - Grande Messe des Morts, Op. 5 - "Requiem", Hostias

 

Hector Berlioz - Grande Messe des Morts, Op. 5 - "Requiem", Sanctus

 

Hector Berlioz - Grande Messe des Morts, Op. 5 - "Requiem", Agnus Dei

 

Hector Berlioz: Symphonie Fantastique, Op. 14 (complete)

(orquestra nacional francesa)

 

***

 

Finda a viagem, é tempo de descansar e recuperar forças.

Creio que foi uma aventura e tanto. Assim é que é! Boa!

 

Marcamos encontro no próximo post, combinado?

Também o Facebook e Twitter, muito mais para ouvir, conhecer e partilhar.

 

Por isso!...

Não percas o próximo post… porque nós… também não!

publicado por Musikes às 12:35 link do post
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Ola! ☺️Saudações Musikes! 🤗Claro que me lembro! Co...
Olá Pedro,Como estás? Eu sou a Alda, a colega que ...
è Natal, é Natal....As mais belas canções de Natal...
Quando estou triste, paro e medito...Quando estou ...
A música é, sem dúvida, o alimento da alma... das ...
blogs SAPO