Em cada um reside a fonte da partilha, e seja ela um dom ou não, deixa-me semear no teu ser o prazer da Música. Ela tem inspirado o Homem no revelar o seu pensamento, o interpretar e sentir o Universo ao longo de milénios. Bem vindo!
27 de Junho de 2017

Bem vindo de volta!

Estava a ver que não aparecias.!

 

Pronto para mais uma jornada musical?

A promessa é que certamente irás ser surpreendido quando ficares a conhecer o que tenho para partilhar.

Apenas para levantar o véu, terei o maior prazer em apresentar-te o próximo compositor do período romântico - Felix Mendelssohn.

 

O romantismo, deixou-nos um legado que a todos cabe conhecer e apreciar. As suas cores, texturas e sonoridades, são infindáveis. O seu papel musical, viria a ditar os alicerces de toda a música erudita do século seguinte.

 

Boas audições!

 

*****

 

“Só o que sonhamos é o que verdadeiramente somos, porque o mais, por estar realizado, pertence ao mundo e a toda a gente.” Fernando Pessoa

 

 

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Felix Mendelssohn-Bartholdy

(1809-1847)

 

““Felix Mendelssohn-Bartholdy

Compositor, pianista, maestro e professor alemão, nasceu em 1809, em Hamburgo, na Alemanha, e morreu em 1847, em Leipzig. Foi uma das figuras mais importantes do início do período romântico. (…)” (https://www.infopedia.pt/$felix-mendelssohn-bartholdy)

 

Felix  Mendelssohn - Marcha nupcial, de el sueño de una noche de verano, Op 61

 

Felix  Mendelssohn - Concierto p violin en Mi Menor, Op 64 - allegro molto appassionato (1º and.)

 

Felix Mendelssohn - Symphony Nº 4 In A Major, Op. 90, Italian - 1. Allegro Vivace (1º and.))

 

Felix  Mendelssohn - Romanzas sin palabras, Op 62, No 3

 

*****

 

“(…) Mendelssohn foi um homem dotado: um bom pintor, um bom escritor e, com amplos conhecimentos literários, foi principalmente um grande compositor, um soberbo pianista e organista, um bom violinista e um maestro valoroso. Combinava o classicismo das suas composições com uma inclinação romântica, transmitindo à sua obra uma estilização muito própria. (…)” (…)” (https://www.infopedia.pt/$felix-mendelssohn-bartholdy)

 

Felix Mendelssohn - “Canções Sem Palavras”: Nº 1 Op. 19

 

Felix Mendelssohn - “Canções Sem Palavras”: Nº 7 Op. 19

 

Felix Mendelssohn - Quarteto para piano n.º 3 em si menor

 

Felix Mendelssohn - Sonata para violino em fá menor Op. 4

 

Felix Mendelssohn - Quarteto de cordas n.º 3 em ré maior, Op. 44

 

FELIX MENDELSSOHN - ABERTURA “O Casamento de Camacho”, OP. 10

 

***

 

E esta é apenas uma pequena amostra da imensa biblioteca musical que Felix Mendelssohn nos deixou. Ainda verá muito para ouvir e partilhar ao longo das próximas publicaçõess.

 

Continuo a poder contar com a tua companhia.

E claro, também o Facebook e Twitter, muito mais para ouvir, conhecer e partilhar.

 

Por isso!...

Não percas o próximo post… porque nós… também não! 

 

publicado por Musikes às 12:23 link do post
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Ola! ☺️Saudações Musikes! 🤗Claro que me lembro! Co...
Olá Pedro,Como estás? Eu sou a Alda, a colega que ...
è Natal, é Natal....As mais belas canções de Natal...
Quando estou triste, paro e medito...Quando estou ...
A música é, sem dúvida, o alimento da alma... das ...
blogs SAPO