Em cada um reside a fonte da partilha, e seja ela um dom ou não, deixa-me semear no teu ser o prazer da Música. Ela tem inspirado o Homem no revelar o seu pensamento, o interpretar e sentir o Universo ao longo de milénios. Bem vindo!
30 de Abril de 2015

“A arte consiste em fazer os outros sentir o que nós sentimos, em os libertar deles mesmos, propondo-lhes a nossa personalidade para especial libertação.” Fernando Pessoa

No “Gotinhas” desta semana, estas e outras novas que passaram.

Ora, vamos lá ver o que há em cartaz.

Biblioteca Municipal Almeida Garrett Workshop de escrita criativa por Ana Luísa Amaral | Biblioteca Municipal Almeida Garrett | maio e junho 2015 - 2.ª edição url q=http%3A%2F%2Fbiblio.cm-p…

You Love Me You Love Me Not | Visitas Guiadas na Galeria Municipal do Porto | 3 e 10 de maio | 17h00 url q=http%3A%2F%2Fbmp.cm-port…

***

Porto Cultura Estreia Mundial de filme de Manoel de Oliveira http://www.google.com/url?q=http%3A%2F%2Fmailing.cm-porto.pt%2Ffiles%2Fcultura%2F30042015_Manoel%2520de%2520Oliveira.jpg&sa=D&sntz=1&usg=AFQjCNGb96573q6pSxMhmBhOyXwdG--xTg

Prelo de Madeira do Século XVIII - Um Objeto e seus Discursos por Semana http://www.google.com/url?q=http%3A%2F%2Fmailing.cm-porto.pt%2Ffiles%2Fcultura%2F28042015_webflyer_06a.jpg&sa=D&sntz=1&usg=AFQjCNE3Ml6U2LjJfQwVeU3n_0YgOvr2ZQ

Os Dias da Dança - Raimund Hoghe - TM Rivoli http://www.google.com/url?q=http%3A%2F%2Fmailing.cm-porto.pt%2Ffiles%2Fcultura%2F26042015_ABR2015_A3_DIASDADANCA_01.jpg&sa=D&sntz=1&usg=AFQjCNFe12iEtBDq7warqWYgWVzQBmLeQQ

Percursos Culturais http://www.google.com/url?q=http%3A%2F%2Fmailing.cm-porto.pt%2Ffiles%2Fcultura%2F25041015_PercursosCulturais_Facebook_2%C2%BATrimestre.jpg&sa=D&sntz=1&usg=AFQjCNGwXsc2UluNIFAHD-9KsRv704BhcA

Conheça e guarde as propostas que apresentamos para maio e junho utilizando esta ligação. http://issuu.com/pelouroculturacmp/docs/percursos_culturais_final_issuu?hc_location=ufi

Dança e música para famílias no TM Campo Alegre http://www.google.com/url?q=http%3A%2F%2Fmailing.cm-porto.pt%2Ffiles%2Fcultura%2F23042015_ABR2015_WEBFLYER_ARRASTAO_03.jpg&sa=D&sntz=1&usg=AFQjCNGD9VBbkFYALoi8qxWU0l-4_B_KfA

***

Casa da Música Em Maio na Casa da Música...

Em Destaque Spring on 05 Mai O estado da nação Bebé Grigri Orquestra Sinfónica 03 Maio Danças Ocultas e Orquestra Filarmónica das Beiras Eliane Elias O Rito da Primavera Orquestra Sinfónica 08 Maio Greg Lamy e Dan Costa Project 08 Maio Auditive Connection e João Paulo Rosado Quinteto 09 Maio url q=http%3A%2F%2Fmkt.casadam… Pequenos Piratas 10 Maio Orquestra Sinfónica 10 Maio Cortex e Big Band da Nazaré 10 Maio

*******

Interessantes as sugestões culturais? Estou certo que sim!  Ora, vamos lá a folhear as notícias da semana. Fique atento… ;)

Bibliotrónica Portuguesa https://www.google.com/url?q=https%3A%2F%2Flerebooks.wordpress.com%2F2015%2F04%2F29%2Fbibliotronica-portuguesa%2F&sa=D&sntz=1&usg=AFQjCNEvQAf7ZLawFkvLiPtwNDn54XmPCw Ler ebooks https://www.google.com/url?q=https%3A%2F%2Flerebooks.wordpress.com%2F2015%2F04%2F29%2Fbibliotronica-portuguesa%2F&sa=D&sntz=1&usg=AFQjCNEvQAf7ZLawFkvLiPtwNDn54XmPCw

A internet em português ganhou recentemente mais um sítio onde é possível encontrar centenas de ebooks de acesso livre e gratuito. Trata-se da Bibliotrónica Portuguesa, um site que dá acesso gratuito ebooks em português europeu, tanto reedições de livros anteriormente publicados em papel mas que são já de difícil acesso como originais inéditos e ebooks disponíveis noutros sites, através de um bastante exaustivo índice. Nas reedições, encontram-se encontram-se algumas raridades bibliográficas, como obras de Ana Castro Osório e Raul Brandão. O site é da responsabilidade de alunos da disciplina de Edição de Textos, da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, aceitando também voluntários com experiência em edição de texto.

As mulheres e a música clássica, ou uma história reescrita muito recentemente http://www.dn.pt/inicio/artes/interior.aspx?content_id=4532656

Germaine Tailleferre integrou o famoso “Grupo dos Seis” de compositores (“fabricado” por Jean Cocteau) Durante muitos séculos desviadas da criação musical, as mulheres ocupam hoje lugar de direito na história da música erudita. O DN destaca aqui os nomes de cinco eminentes compositoras. Ficaram muito tempo na sombra. Tempo de mais. Porque a ideologia dominante era masculina e as sociedades, patriarcais. Chegou até a circular como verdade "científica" que as mulheres eram desprovidas do pensamento abstrato indispensável à criação musical. E gerações delas foram educadas nessa crença. Mesmo assim, houve algumas que romperam esse "cerco" até o século XX trazer enfim a "libertação". Nestes cinco retratos estão mil anos de contribuição feminina para a música erudita ocidental. Hildegard von Bingen É a adição mais recente à lista de compositoras. E depressa se tornou das mais populares. E, depois, Hildegard é uma verdadeira personagem. Musicalmente, beneficiou da boa aceitação que vem tendo o canto gregoriano, acrescido da "curiosidade" de ser mulher. Mas tratemo-la com respeito: Abadessa Hildegarda, que era esse o seu estatuto (e desde 2012 Doutora da Igreja). Contemporânea (um pouco mais velha) do nosso Afonso Henriques, ela foi uma figura preponderante na região renana alemã, num tempo em que os dignitários eclesiásticos eram não apenas os depositários da cultura, como amiúde de poder temporal/secular. Mais que isso, ela adquiriria voz própria e respeitada no espectro mais alargado do Sacro Império. Compositora, mística, poeta, Hildegarda fundiu as três esferas nas suas criações. A sua música está hoje já bem documentada em CD e no Youtube.

Há um hotel português entre os favoritos pelos amantes da música http://www.dinheirovivo.pt/Buzz/interior.aspx?content_id=4537498

A lista é compilada pela Trivago com base nos comentários dos utilizadores do motor comparativo de hotéis Há um hotel português entre os favoritos pelos amantes da música Trivago escolheu os melhores hotéis temáticos de música Há um hotel português favorito entre os amantes da música: é o Hotel da Música, no Porto. Localizado no Mercado do Bom Sucesso, no coração do Porto, o hotel de design de quatro estrelas conta com 85 quartos dedicados ao tema da música, fazendo parte da cadeia Hoti Hotéis, tendo colhido uma boa avaliação junto dos utilizadores da Trivago, motor comparativo de hotéis. Dos dez hotéis temáticos listados pela Trivago, o hotel português ocupa a 6ª posição, tendo reunido uma avaliação de 83 pontos em 100. O espaço está próximo da Casa da Música e está integrado no projeto de requalificação do Mercado do Bom Sucesso, mas foi a proximidade ao espaço de espetáculos que deu o mote para a temática do hotel: a música. O edifício do mercado, desenhado em 1949 pelos arquitetos Fortunato Leal, Cunha Leão e Morais Soares, teve interiores renovados por Rosário Rodrigues de Almeida, do atelier FA Arquitectos. Instrumentos e pautas musicais, salas dedicadas as artistas são alguns dos apontamentos introduzidos. A lista da Trivago reúne hotéis temáticos dedicados à música de países como Portugal, Alemanha, Estados Unidos da América, Irlanda e República Checa.

Estreia mundial de filme inédito de Manoel de Oliveira http://boasnoticias.pt/noticias_estreia-mundial-de-filme-inedito-de-manoel-de-oliveira_23189.html

O filme inédito de Manoel de Oliveira, denominado “Visita ou memórias e confissões” terá a sua estreia mundial no dia 4 de Maio no Porto. O filme, rodado em 1982, estreia às 18.30h, no Teatro Municipal Rivoli, na cidade natal do realizador português. O filme tem a duração de 68 minutos e foi rodado para ser exibido apenas após a morte do realizador. As vozes são as de Diogo Dória e Teresa Madruga, apresentando um guião de Agustina Bessa-Luís, escritora muito admirada por Manoel de Oliveira. Para além deste filme, o realizador transpôs para a sétima arte outras obras da escritora: Francisca (1981) ou Vale Abraão (1993), são exemplo de filmes que seguem esse padrão. A exibição tem entrada gratuita, limitada aos lugares existentes, e é promovida pela Câmara Municipal do Porto, a pedido da família do cineasta. Os bilhetes (máximo dois por pessoa) poderão ser levantados a partir das 17h30, do dia 4 de maio, na bilheteira do Teatro Municipal do Rivoli.

Para pensar sobre… No “Pergaminho” do “Gotinhas”.

A mentira da criatividade http://www.publico.pt/culturaipsilon/noticia/a-mentira-da-criatividade-1693493

Osentido da palavra criatividade banalizou-se. Hoje não existe anúncio de emprego para empresas ou instituições que não tenha um item a proclamar que se privilegiam pessoas criativas, com capacidade inovadora e ideias fora da caixa. E se o mercado quer é sintomático que surjam cada vez mais pessoas apresentando-se com esse perfil. É natural que assim seja. Não existe político ou empresário que nos últimos anos não debite com aparente convicção que inovar é necessário. Ontem um letreiro avisava-me que tinha acabado de entrar numa ‘pastelaria criativa’. Ainda olhei para o meu palmier simples a ver se tinha linhas complexas desenhadas por um designer ou se o sabor era exótico, mas não, era apenas um simples, honesto e saboroso palmier. E suspirei de alívio. Não me interpretem mal. Ser criativo, inovador e ter ideias fora da caixa, é óptimo. Mas não existem muitas pessoas com esse perfil. E tenho sérias dúvidas que as empresas as desejem. O que temos hoje em dia é a romantização dessas noções e sua apropriação superficial, através da retórica que as envolve. Por um lado vemos cada vez mais difundido o desígnio de que todos podemos triunfar com uma boa ideia. Na verdade celebramos aqueles que consideramos serem criativos, mas apenas a partir do resultado que produziram. A realidade é esta: a maior parte das pessoas, empresas ou instituições tem dificuldade em lidar com indivíduos realmente criativos. Há excepções? Há, como em tudo. Mas não passam disso. E isso pressente-se logo na escola, pouco preparada para enquadrar a diferença e lidar com a criatividade – que é algo que todos podemos alcançar, mas que necessita de ser trabalhada, activada ou desbloqueada, como quisermos. Depois existe essa fantasia de que as estruturas desejam pessoas criativas no seu seio. Na teoria, talvez. Mas se estas o forem realmente é quase certo que irão gerar incertezas. Não serão muito fáceis de enquadrar. Terão um espírito independente e critico. E necessitarão de tempo. São pessoas que para providenciarem novas soluções terão de se colocar em causa também a si próprias. E se estiverem também ao serviço da comunidade providenciarão soluções inclusivas. Não espanta que muitas delas sejam uma tormenta para quem precisa de se reafirmar a partir dos pequenos poderes e tem de fazer pela vidinha – isto é, quase todos nós. Nas escolas, nas instituições ou no mundo do trabalho, são as soluções já ensaiadas, ou o conforto da norma, que são aceites maioritariamente. Em parte, é por isso, que não há por aí tanta gente criativa como nos querem fazer crer. Não é fácil lidar com a rejeição, a frustração, ou a solidão, de não se ser aceite. E também não é simples laborar com a pressão de resultados imediatos, sabendo-se da duração que é necessário para experimentar por vezes. As ideias verdadeiramente produtivas podem levar tempo. É preciso disciplina e resiliência. Coisas com pouco ‘glamour’ e que exigem enorme persistência. No início da crise financeira muito se ouviu em Portugal que esta iria constituir uma oportunidade para as pessoas criativas. Talvez na Islândia, mas aqui? Um país onde as universidades são vistas como meras fábricas de empregos? Onde o conhecimento é pouco partilhado? Onde os artistas são desprezados? Onde a cultura é sempre encarada como problema e nunca como fazendo parte do leque de soluções? Mais uma vez, não me interpretem mal. As pessoas criativas são-no em que situação for. Não é isso. A questão é que a crise fez despoletar ainda mais as forças do medo e da insegurança, da burocracia e da tecnocracia, a que se agarram os que receiam a mudança e tudo o que lhes foge do controlo. Talvez seja por isso que existem cada vez mais empresas e organizações a solicitar criativos, forma de os domesticar e de nos serem devolvidos em forma de cartão postal, gente imaculada com muita pinta, que se diz criativa, mas que nunca experimentou sair verdadeiramente do conforto da caixa.

Conímbriga resiste há três mil anos. E está preparada para outros tantos http://www.dn.pt/inicio/artes/interior.aspx?content_id=4533943

As ruínas romanas mais famosas do País estão na lista dos 10 melhores e mais desconhecidos sítios do mundo. O DN foi até lá para perceber como se têm conservado. Se não lhe bastar o poder a imaginação, acredite no de uma moeda de 50 cêntimos: com ela, é possível "dar vida" ao ex-líbris monumental de uma cidade romana única no mundo. A moeda faz vibrar os jogos de água ajardinados no centro da Casa dos Repuxos, nas ruínas de Conímbriga. Os edifícios em volta desta sumptuosa casa aristocrática do século II d.C. completam uma viagem no tempo que seduz 100 mil visitantes por ano e, agora, entra nos roteiros arqueológicos da imprensa internacional.

Voltando a página, dou-lhe conta de utras novidades. Ora leia.

Saúde: Conheça 5 benefícios dos abraços http://boasnoticias.pt/noticias_saude-conheca-5-beneficios-dos-abracos_23194.html

Ninguém duvida que trocar gestos carinhosos faz bem. Mas um abraço prolongado, com alguém de quem gostamos, tem um efeito mais positivo, no corpo e na mente, do que se poderá pensar.

Aqui fica uma lista dos 7 benefícios mais importantes (e surpreendentes) de abraçar entes queridos - a cara metade, os filhos, os pais, os melhores amigos.

Se ultimamente não tem encontrado ninguém a jeito para abraçar, saiba que pode obter efeitos semelhantes através de uma massagem ou de técnicas de relaxamento como o yoga e a meditação.

Abraçar reforça o sistema imunitário

De acordo com um estudo conduzido pela universidade de Carnegie Mellon (EUA), abraçar, especialmente no caso de pessoas que sofrem de altos níveis de stress, ajuda a tornar as pessoas mais resistentes a infeções.

Alivia o stress

Uma investigação publicada no jornal Psychological Science defende que receber um abraço de uma pessoa de quem gostamos é uma maneira eficaz de reduzir o stress.

Reduz a tensão arterial

Quando abraçamos alguém, a nossa ‘hormona do amor’ dispara, indica uma investigação da Universidade da Carolina do Norte. Esta hormona, conhecida como oxitocina, desempenha um papel fundamental na redução de cortisol o que faz descer a pressão arterial.

Causa sensação de bem-estar Um abraço sincero também liberta dopamina, ‘hormona do prazer’, que estimula as mesmas áreas do cérebro aliadas à sensação de bem-estar e aumenta a auto-estima. Relaxa os músculos Ao promover a libertação de "hormonas boas" e reduzindo a tensão arterial, o abraço ajuda também a descontrair os músculos.

O cinema mais perto de sua casa vai ter bilhetes a 2,5 euros http://www.dn.pt/inicio/artes/interior.aspx?content_id=4539530

Todas as salas de cinema, cinematecas e auditórios em Portugal participam. São 499 cinemas, quase 94 mil lugares, durante três dias. Fixe a data: 11, 12 e 13 de maio. 499 salas, três dias, bilhetes a 2,5 euros. A primeira Festa do Cinema a realizar-se em Portugal vai ter lugar nos dias 11, 12 e 13 de maio, e quer levar mais pessoas às salas do cinema. Todos os cinemas, cinematecas e auditórios do país se associaram à Festa, e vão cobrar apenas 2,5 euros pelos bilhetes durante esses dias. Participam no festival todos os cinemas da Nos Lusomundo, da UCI, do grupo Medeia, Orient Cinemas, Cinemax, Socorama - Castello Lopes, Cinema City e Vivacine. A estes somam-se 26 cineclubes, do Ao Norte em Viana do Castelo ao Cineclube de Faro, mais 10 salas independentes, assim como auditórios municipais de Monção a Lagoa. Os bilhetes custarão 2,50 euros, exceto para os filmes Imax, 3D e salas VIP.

Como libertar (muito) espaço no seu disco http://pplware.sapo.pt/software/como-libertar-muito-espaco-no-seu-disco/

Já reparou que a instalação do Windows ocupa mais espaço com o passar do tempo? Porque será? A resposta óbvia são as actualizações e/ou correcções periódicas que a Microsoft instala nos nossos PCs, mas nada justifica o tamanho exorbitante da pasta que aloja os instaladores e que pode chegar às dezenas de gigabytes! Neste artigo apresentamos uma forma rápida e simples de libertar muito espaço no Windows e que vai muito mais além daquela que o Windows traz consigo, prometendo apagar apenas aquilo que realmente não faz falta. Eu consegui ganhar mais 14GB, e vocês?

Por aqui me fico, com a promessa de voltar para a próxima semana.! Até breve!
publicado por Musikes às 10:57 link do post
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Obrigado pelas suas palavras.Viverá para sempre na...
Para mim, a canção mais bonita cantada em lingua p...
Ola! ☺️Saudações Musikes! 🤗Claro que me lembro! Co...
Olá Pedro,Como estás? Eu sou a Alda, a colega que ...
è Natal, é Natal....As mais belas canções de Natal...
blogs SAPO