Em cada um reside a fonte da partilha, e seja ela um dom ou não, deixa-me semear no teu ser o prazer da Música. Ela tem inspirado o Homem no revelar o seu pensamento, o interpretar e sentir o Universo ao longo de milénios. Bem vindo!
12 de Abril de 2016

“GOTINHAS… CULTURAIS…” “A arte consiste em fazer os outros sentir o que nós sentimos, em os libertar deles mesmos, propondo-lhes a nossa personalidade para especial libertação.” Fernando Pessoa A não perder! Aqui algumas sugestões culturais a lá dar um salto. ;) Casa da Música – Porto Alexander Romanovsky 12 Abril 2016 "Especial. Nao e apenas um pianista de tecnica extraordinaria, com sentido de cor e fantasia, mas tambem um musico sensivel e interprete lucido." New York Times E um jovem "extraordinariamente dotad "Especial. Não é apenas um pianista de técnica extraordinária, com sentido de cor e fantasia, mas também um músico sensível e intérprete lúcido." New York Times É um jovem "extraordinariamente dotado" , nas palavras do lendário maestro Carlo Maria Giulini, e o mais precoce vencedor de sempre do Concurso Busoni, aos 17 anos, quem se apresenta a 12 de Abril na Sala Suggia para o próximo e aguardado recital do Ciclo Piano Fundação EDP. Artista exclusivo da editora Decca, Alexander Romanovsky actua regularmente na companhia das grandes orquestras mundiais, sob a direcção de maestros como Valery Gergiev, Michael Pletnev e Vladimir Ashkenazy. Esta é a sua estreia na Casa da Música, com um programa preenchido por obras de Beethoven, Liszt e Brahms. Alexander Romanovsky piano L. van Beethoven Sonata nº 30, op.109 L. van Beethoven Sonata nº 31, op.110 – Franz Liszt 4 Estudos de execução transcendente J. Brahms Variações Paganini, op.35, Livros I e II Próximos concertos Ciclo Piano Fundação EDP: MARKUS HINTERHÄUSER 30 Abr BORIS BEREZOVSKY 29 Mai · ELISSO VIRSALADZE 25 Set CHRISTINA E MICHELLE NAUGHTON 22 Nov · PEDRO BURMESTER 17 Dez + info Ler mais! www.casadamusica.pt *** Qualifica 2016 – It’s now! De 14 a 17 de abril, na Exponor – Feira Internacional do Porto – decorre a Feira de Educação, Formação, Juventude e Emprego. Num só espaço e durante quatro dias, os jovens vão ter contato com as ofertas académicas nacionais e internacionais de qualidade e terão a oportunidade de compreender o potencial dos cursos profissionais. A Exponor será um espaço de networking, de encontros entre professores e alunos, entre expositores e visitantes, num clima de grande informalidade e até de divertimento. Mais informações em http://www.qualifica.exponor.pt/ Ler mais! http://www.dgeste.mec.pt/index.php/2016/04/qualifica-2016-its-now/ *** Histórias para orquestra (19€) Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música - [15/04/2016 - sexta-feira | 21:00 | Sala Suggia] - Clássica A Sinfonia Patética de Tchaikovski encerra uma história misteriosa que o compositor nunca revelou e ficou para sempre associada à sua morte. Permanece na História da Música como um dos maiores monumentos da cultura russa e um dos grandes enigmas da música ocidental. Já a suite do bailado O amor das três laranjas tem origem num conto de fadas italiano que narra a história de um príncipe em busca de três laranjas que contêm, cada uma, uma princesa. Um diálogo entre as trompas e o corne inglês está na origem do título atribuído à Sinfonia nº 22 de Haydn, “O Filósofo”, uma das mais conhecidas e interpretadas do compositor austríaco. Ler mais! http://www.casadamusica.com/pt/agenda/2016/04/15-abril-2016-orquestra-sinfonica-do-porto-casa-da-musica/43188/?lang=pt *** Coro Infanto-Juvenil da Universidade de Lisboa (7,5€) Dia Mundial da Voz | Concertos para Todos [16/04/2016 - sábado | 16:00 | Sala 2] - Espectáculos ( Famílias, Público Geral ) Érica Mandillo direcção musical João Lima pianista acompanhador É um caso à parte no panorama musical português, um entendimento raro com o palco por uma formação jovem e numerosa, a perfeita noção de espectáculo. Não é só a reunião de boas vozes e o repertório fluído, dominado, a lição bem estudada; é também a expressão corporal, o domínio coreográfico. O Coro Infanto-Juvenil da Universidade de Lisboa mostra na Casa o que é: um projecto maduro em sangue novo. Ler mais! http://www.casadamusica.com/pt/agenda/2016/04/16-abril-2016-coro-infanto-juvenil-da-universidade-de-lisboa/43484/?lang=pt *** Vozes da Rádio (12,5€) [16/04/2016 - sábado | 21:30 | Sala Suggia] - Pop/Rock, Contemporânea No ano em que celebram as bodas de prata, as Vozes da Rádio lançam Canções do Homem Comum, o seu décimo trabalho discográfico. O homem comum é sonhador, apaixonado, criativo, romântico, observador, interventivo, crítico, alegre, divertido, irrequieto, por vezes melancólico, outras triste, outras ainda vingativo. É tudo isto, mais ainda, e tem um excelente sentido de humor. O melhor é conhecê-lo. Ler mais! http://www.casadamusica.com/pt/agenda/2016/04/16-abril-2016-vozes-da-radio/43647/?lang=pt *** Percussão Tradicional Portuguesa (7,5€) Workshop Músico Por Um Dia [16/04/2016 - sábado | 11:00 | Sala Ensaio 2] - Workshops ( Público Geral, Famílias (maiores de 12 anos) ) Pancho e Serginho formadores Portugal sai pelos poros e dá o sangue; o nosso gesto confirma: Ah, país valente! Chamando sons de todos os cantos, um folclore desempoeirado enche a sala com instrumentos de percussão. Entre bombos e castanholas, chocalhos ou brinquinhos, a festa é nossa e é poderosa. Ler mais! http://www.casadamusica.com/pt/agenda/2016/04/16-abril-2016-percussao-tradicional-portuguesa/43586/?lang=pt *** Casa que Canta (1€) Dia Mundial da Voz | Concertos para Todos [17/04/2016 - domingo | 10:00 | Casa da Música] - Espectáculos ( Famílias, Público Geral ) Paulo Neto direccção artística e musical Coros amadores interpretação Há canto em todos os cantos, numa Casa que canta com muitas vozes. Chegam de manhã e para elas todos os espaços são palco. Até meio da tarde, cruzam repertórios de música coral, chegam à vez e todas juntas, sucedem-se, acertam-se, desafiam-se – e chamam quem passa. Ganham nervo e alma em vários coros amadores. Festejam o dia que é seu. Até que a Sala Suggia as chame…. Ler mais! http://www.casadamusica.com/pt/agenda/2016/04/17-abril-2016-casa-que-canta/43485/?lang=pt *** Sábados a Contar em Abril Ler mais! http%3A%2F%2Fbmp.cm-port… *** Abril no Coliseu Porto Diferentes sons, ritmos e estilos musicais marcam este mês de abril do Coliseu Porto A programação mensal arranca com dois concertos dos STOMP que através de objetos improváveis apresentam uma arrojada proposta musical Ana Moura, em digressão para apresentar Moura, o sexto álbum de originais da artista, promete duas noites de fado com novas influências sonoras O Concerto de Primavera, com Alexander Stewart, Maria Ana Bobone, Cherry, entre outros artistas, assinala mais um aniversário da Smooth FM Dos grandes palcos mundiais chega este mês ao Coliseu o consagrado pianista italiano Ludovico Einaudi com as sonoridades de Elements Caetano Veloso e Gilberto Gil vêm do outro lado do Atlântico para celebrar nesta casa da cidade os 50 anos de carreira de ambos A peça Million da coreógrafa e bailarina Né Barros marca a estreia do Festival DDD - Dias da Dança nos espaços do Coliseu Porto Celebrar o tempo pelo fado é o convite de Camané com Infinito Presente num concerto com os temas do novo disco e outros sucessos da sua carreira O ciclo de jazz do Coliseu recebe a nova estrela britânica de jazz Anthony Strong que se junta à Claus Nymark Big Band para um concerto único Consulte a agenda deste mês e reserve já lugar neste palco de emoções. Stomp Ana Moura Concerto de Primavera Ludovico Einaudi Caetano Veloso & Gilberto Gil Camané Anthony Strong com Claus Nymark Big Band Secretaria de Estado da CulturaPorto.Santa Casa da Misericórdia de Lisboa Facebook Rua Passos Manuel, 137 · 4000-385 Porto · T (351) 223 394 940 © 2015 *** Uma homenagem a Paulo Cunha e Silva, por extenso | Galeria Municipal do Porto Ler mais! http://www.google.com/url?q=http%3A%2F%2Fmailing.cm-porto.pt%2Ffiles%2Fcultura%2F08042016_p._mupi.jpg&sa=D&sntz=1&usg=AFQjCNFZIofFlqBykIul4-NYGh2w9FYS-Q ******* Bora lá às notícias?  Ora… aqui umas tantas e outras que passaram. Aos 35 anos, o festival Fazer a Festa submete-se a uma autopsia https://www.publico.pt/local/noticia/aos-35-anos-o-festival-fazer-a-festa-submetese-a-uma-autopsia-1728455 “O Fazer a Festa – Festival Internacional de Teatro, está cada vez menos internacional e continua, como há década e meia, em “modo resistência”. A edição de 2015, a última sob a direcção artística de José Leitão, arranca a 22 de Abril, com uma programação que junta produções do Art’Imagem e de outros colectivos de Portugal, Galiza, Brasil e Cabo Verde mas longe, na ambição, dos sonhos do seu fundador, que lamenta não ter conseguido, após o fim do consulado de Rui Rio, que o novo executivo da Câmara do Porto apoiasse um dos mais antigos festivais internacionais de teatro do país. Aos 35 anos, e na despedida de José Leitão (que é mais uma passagem para um segundo plano, no apoio ao próximo director do festival), o Fazer a Festa dá o corpo ao manifesto, permitindo-se uma autópsia, em jeito de exposição no Teatro Carlos Alberto. Autopsia de um Festival de Teatro – Lembranças, Erranças e Naveganças, reúne, sob curadoria de José Maia, materiais, em vários suportes de três décadas de trabalho desta iniciativa que foi a (…)” Porto - Programação cultural de abril http://www.porto.pt/noticias/novo-festival-de-danca-e-destaque-da-programacao-cultural-de-abril “O Festival DDD - Dias da Dança é um novo festival de dança contemporânea que junta as três cidades da Frente Atlântica: Porto, Matosinhos e Gaia e que irá começar a 27 de abril. Este é um dos destaques da programação cultural de abril do Teatro Municipal do Porto apresentado pelo seu diretor Tiago Guedes. Para esta edição do Festival DDD, o Teatro Municipal do Porto é um dos parceiros, juntamente com a Fundação de Serralves, o Teatro Nacional São João, o Coliseu, mala voadora, o Cine-Teatro Constantino Nery (Matosinhos), o Auditório Municipal de Gaia e o Armazém A22 (Gaia) e o Balleteatro. (…)” Joias da cartografia portuguesa em exposição no Porto http://www.dn.pt/artes/interior/joias-da-cartografia-portuguesa-em-exposicao-no-porto-5102900.html “Réplicas exatas e "quase originais" das principais "joias da cartografia portuguesas", incluindo o Atlas Universal de Fernão Vaz Dourado, vão estar expostas no Palácio da Bolsa, no Porto, entre os dia 7 de abril e 1 de maio. Tesouros Bibliográficos (Séc.X-XVI): A arte e o génio ao serviço do poder é o nome da exposição que representa "uma viagem por sete séculos de história através das principais joias da cartografia portuguesa da época dos descobrimentos e dos manuscritos iluminados mais relevantes do Património histórico europeu", explica a organização em comunicado. A exposição, trazida ao Porto pela M. Moleiro Editor, dará ainda a oportunidade aos visitantes de "admirar e folhear" os "clones de códices conservados em bibliotecas espalhadas pelo mundo" como livros de horas de monarcas, livros de medicina, bíblias e tratados. Entre as três dezenas de obras da exposição destacam-se as quatro obras-mestras da cartografia portuguesa e universal: Atlas Miller (1519), Atlas (…)” ***** No “Pergaminho” desta semana… Cães de assistência mudam vidas dos doentes http://www.jn.pt/nacional/interior/caes-de-assistencia-mudam-vidas-dos-doentes-5101909.html “Cães são treinados para ajudar pessoas com paralisia, diabetes, epilepsia e meninos autistas. Ajudam em tarefas do dia a dia e já salvaram algumas vidas. "O Sinatra está doente. Sente picadas no corpo, dói-lhe a cabeça e às vezes a barriga". O Sinatra é um labrador de seis anos e o diagnóstico é feito pelo Miguel, um menino de quatro anos. Os sintomas que descreve são, porém, aqueles com que ele próprio se debate. Portador de autismo, sente grandes dificuldades na comunicação e, até há pouco tempo, nas consultas recusava-se a explicar aos médicos o que sentia. Agora, exprime-se através do cão, uma espécie de alter ego de quatro patas, em que projeta toda a sua vida. "É a ponte entre dois mundos. O dele e o nosso", resume a mãe, Mafalda Vaz. Sinatra é um dos três cães de assistência treinados e certificados pela Associação Portuguesa de Cães de Assistência (APCA) e já distribuídos aos respetivos donos. Mais oito estão em treino e, em lista de espera, há mais de 350 interessados. A APCA é a entidade em Portugal que certifica cães de assistência na área de "Medical Dogs", animais que apoiam pessoas com problemas de diabetes, mobilidade reduzida, epilepsia ou autismo. No caso de Miguel, o Sinatra já pertencia à família, teve de receber apenas treino em obediência e espaço público, antes da respetiva certificação, que lhe garante o acesso a todos os locais públicos. "Graças a isto, Miguel conseguiu ficar internado no hospital, deixou-se observar, tirar sangue e até comeu a comida que era fornecida, tudo coisas que eram totalmente impossíveis antes" "Graças a isto, Miguel conseguiu ficar internado no hospital, deixou-se observar, tirar sangue e até comeu a comida que era fornecida, tudo coisas que eram totalmente impossíveis antes", conta ao JN o pai, Daniel Vaz. A ligação é tão profunda que o menino hoje até já vai ao cinema e treina numa escola de futebol. Sempre com o Sinatra ao lado. Uma história de amor entre um menino e um cão que lhe permitiu abrir portas de um mundo que, devido ao seu problema, parecia totalmente inacessível. Nina, a cadela que abre janelas O JN visitou também Diana Niepce, de 30 anos, bailarina e acrobata, que em 2014 sofreu um acidente que a atirou para uma cadeira de rodas. A jovem, moradora em Lisboa, é acompanhada diariamente pela Nina, uma cadela de raça weimaranter, que a ajuda em tarefas do dia a dia. "Dá-me uma segurança e apoio enormes. Ela ajuda a despir-me, tira-me o casaco, as meias, vai buscar-me a cadeira de rodas, abre-me e fecha-me janelas e apaga ou acende as luzes. Além disso, se eu cair, ela ajuda-me a levantar-me, deixando que me apoie sobre o seu corpo", descreve. "Ela ajuda a despir-me, tira-me o casaco, as meias, vai buscar-me a cadeira de rodas, abre-me e fecha-me janelas e apaga ou acende as luzes." Rui Elvas, presidente da APCA, conta ainda o caso de uma criança diabética que sofreu uma hipoglicemia grave na escola e que foi salva pelo cão de assistência: "Estavam 17 pessoas na sala e ninguém se apercebeu até o animal dar o alarme. Foi no momento certo". "Criámos a associação, porque havia muitos interessados neste tipo de apoio e não havia ninguém que treinasse e certificasse estes cães", descreve Rui Elvas. Um cão de assistência leva, em média de um e meio a dois anos a preparar. Além da especificidade da sua função, todos recebem treino em obediência e espaço público. A aquisição, treino e certificação pode custar entre cinco e 15 mil euros, sendo que a maioria dos interessados não tem esta disponibilidade financeira.” ***** Ao virar da página… Herberto Helder: um poeta que só guardava o essencial https://www.publico.pt/culturaipsilon/noticia/herberto-helder-um-poeta-que-so-guardava-o-essencial-1727150 “Herberto Helder não era de guardar rascunhos ou de manter arquivos de correspondência, mas deixou, ainda assim, entre outros papéis, vários cadernos com inéditos, um livro de poemas em prosa que nunca foi publicado e uma antologia de quadras populares. Todo este acervo acabou agora de ser digitalizado por iniciativa do ensaísta Arnaldo Saraiva, que conseguiu o apoio da Gulbenkian para custear a digitalização e intermediou o depósito deste arquivo digital na Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP), da qual é hoje professor jubilado e emérito. (…)” Coimbra: Poeta virtual que gera poemas já está online http://boasnoticias.pt/noticias_coimbra-poeta-virtual-que-gera-poemas-ja-esta-online_23871.html “O PoeTryMe, poeta virtual criado em 2014 pelo investigador Hugo Oliveira, da Universidade de Coimbra, já está disponível online. A ideia é brincar com as palavras e proporcionar momentos de poesia àqueles que têm menos talento para as palavras. (…)” NATUREZA - Hang Son Doong. No interior da maior (e mais secreta) caverna do mundo http://observador.pt/2016/03/28/hang-son-doong-no-interior-da-maior-secreta-caverna-do-mundo/ “Tem um rio inteiro no seu interior, uma atmosfera própria e uma selva. A maior caverna do mundo fica no Vietname e é um mundo enorme explorado há muito pouco tempo. Desça connosco para Hang Son Doong. Tem um rio inteiro no seu interior, uma atmosfera própria e uma selva. A maior caverna do mundo fica no Vietname e é um mundo enorme explorado há muito pouco tempo. Desça connosco para Hang Son Doong. 19 fotos http://observador.pt/2016/03/28/hang-son-doong-no-interior-da-maior-secreta-caverna-do-mundo/# Há cinco milhões de anos, a água começou a desgastar as rochas calcárias das montanhas vietnamitas. A paciência da Natureza deu luz a uma caverna mais especial do que as outras: esta é a maior do mundo e só foi descoberta há 25 anos: a caverna Son Doong – chamada no Vietname por Hang Son Doong – foi encontrada pela primeira vez em 1991 por um homem daquela zona chamado Ho Khanh. Dezoitos anos mais tarde, em 2009, vários exploradores redescobriram os encantos desta cave, que se foi mantendo praticamente secreta. Mas há uns meses um deles mostrou-nos o que escondem as montanhas (…)” Por aqui me fico… e claro, com o desejo de… boas leituras! Até ao próximo click! )

publicado por Musikes às 15:27 link do post
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Obrigado pelas suas palavras.Viverá para sempre na...
Para mim, a canção mais bonita cantada em lingua p...
Ola! ☺️Saudações Musikes! 🤗Claro que me lembro! Co...
Olá Pedro,Como estás? Eu sou a Alda, a colega que ...
è Natal, é Natal....As mais belas canções de Natal...
blogs SAPO