Em cada um reside a fonte da partilha, e seja ela um dom ou não, deixa-me semear no teu ser o prazer da Música. Ela tem inspirado o Homem no revelar o seu pensamento, o interpretar e sentir o Universo ao longo de milénios. Bem vindo!
26 de Julho de 2019

Metamorfoses da Humanidade reúne oito dezenas de trabalhos recentes da pintora, que se mostra “grandemente comprometida com a sociedade contemporânea”.

 
MUSIKES!
Grandes Músicas… Grandes Épocas!...
 
 
O Museu Nacional de Soares dos Reis, no Porto, inaugura esta quinta-feira Metamorfoses da Humanidade, uma mostra de desenhos e pinturas sobre papel de Graça Morais. Patente até 29 de Setembro, a exposição agrega mais de oito dezenas de peças que a artista criou em 2018, ano em que se estreou no Centro de Arte Contemporânea Graça Morais, em Bragança, e depois no Museu do Chiado, em Lisboa, já em 2019.
Este “olhar muito particular sobre a humanidade”, segundo a apresentação da exposição, resulta em obras “grandemente comprometidas com a sociedade contemporânea”, com rostos e figuras que exploram as muitas expressões humanas. “O enfoque desta nova série está uma vez mais na figura humana e a sua condição. Os seus protagonistas são as vítimas desta convulsão global, são os milhares de migrantes e refugiados que deixaram a sua casa e o seu país e caminham empurrados para um futuro incerto, fugindo da fome, da pobreza, das guerras, da violência e da morte”, pode ler-se na apresentação de Metamorfoses da Humanidade.
 
Leia mais!
 
 
Segue o Musikes em…
publicado por Musikes às 12:27 link do post
06 de Maio de 2019

Literatura, política e temas sociais contemporâneos são apostas fortes da programação desta bienal empenhada em construir pontes entre os artistas plásticos e o mundo ao seu redor. A 3ª Bienal Internacional de Arte de Gaia tem 14 exposições de 500 artistas, oriundos de 14 nacionalidades, para ver até meados de julho.

 

MUSIKES!

Grandes Músicas… Grandes Épocas!

 

 

Este ano, há 14 exposições que reúnem mais de 500 artistas de 14 nacionalidades, e algumas delas têm mão de políticos. Casos da mostra Mulheres e Cidadania, cocomissariada por Manuela Aguiar (ex-secretária de Estado da Emigração) e Luísa Prior, que revela trabalhos de artistas femininas de várias nacionalidades; ou de Paz e Refugiados, exposição com cocuradoria de Ilda Figueiredo (presidente do Conselho Português para a Paz e Cooperação e vereadora da CDU na Câmara Municipal do Porto) e Mirene, que junta 45 artistas (André Gigante, Zulmiro de Carvalho, Manuela Bronze, João Carqueijeiro...).

Mas há mais: Artistas Convidados apresenta obras de cerca de 70 nomes, incluindo Ângelo de Sousa, Nadir Afonso ou Jorge Curval; Na Sombra do Infinito, curada por Albuquerque Mendes, mostra pintura, instalações e fotografias de Ana Vidigal, Alfredo Cunha, Graça Pereira Coutinho, Lucília Monteiro, entre outros, ao lado de brasileiros como Leda Catunda ou Jarbas Lopes; Territórios do Vinho junta visões sobre o património vinhateiro; e Desempacotar a Culturaresulta do trabalho de Do Carmo Vieira retratando figuras da cultura nacional em pacotes de leite transformados... E há ainda Livre Mente, que amplia o campo de influência da bienal até à literatura: escritores como Gonçalo M. Tavares, João Tordo ou Isabel Rio Novo, foram desafiados a pintar, fotografar e esculpir.

 

Programação e mais!

 

 

Segue o Musikes em...

Facebook  Twitter  Padlet

publicado por Musikes às 10:39 link do post
31 de Janeiro de 2019

Para todo o ano na Fundação de Serralves.
Boa cultura a não perder na invicta!
 
 

Joana Vasconcelos, Olafur Eliasson, Pedro Cabrita Reis e (finalmente!) a abertura da Casa do Cinema Manoel de Oliveira vão marcar este ano muito especial na vida de Serralves – assinalam-se os 20 anos do Museu e 30 da Fundação. Ainda não foi anunciado quem será o sucessor de João Ribas, ex-diretor do Museu.

 

A exposição Joana Vasconcelos: I’m Your Mirror inaugura no Museu de Serralves no dia 14 de fevereiro
 

O regresso de Joana Vasconcelos 

 

Do Museu Guggenheim de Bilbao chega a exposição Joana Vasconcelos: I’m Your Mirror, primeira antológica da artista, cujo título é uma homenagem a Nico, a cantora alemã celebrizada pela música I'll be your mirror, escrita por Lou Reed e interpretada pela banda norte-americana Velvet Underground. (…) Tal como em Bilbao, também em Serralves as obras de Joana Vasconcelos serão adaptadas à escala das galerias do museu, de modo a receber a artista portuguesa que aqui expôs em 2000. Depois de Serralves, a exposição seguirá para o Kunstahl Rotterdam, em Roterdão, na Holanda. 14 fev-final de junho

 


Casa do Cinema Manoel de Oliveira

 

Apontada para o primeiro semestre deste ano (abril é a data prevista), a inauguração da Casa do Cinema Manoel de Oliveira (CCMO), projeto de Álvaro Siza que recuperou as antigas garagens do Conde de Vizela, , é um dos pontos fortes da programação deste ano. Além de uma exposição permanente dedicada ao realizador português, falecido em 2015, a CCMO terá uma sala de cinema com programação regular, duas salas de exposições (uma temporária, outra permanente), a guarda do acervo documental de Manoel de Oliveira (depositado em Serralves em 2013 e que se encontra a ser tratado), e salas de serviço educativo. (…)

 

Coleção de Serralves

 

A celebração dos 30 anos da Fundação de Serralves e dos 20 anos do Museu de Serralves servirá para mostrar “as obras que foram sendo adquiridas ao longo destas três décadas”, revelou Marta Moreira de Almeida, diretora interina do museu. A primeira exposição será a da artista norte-americana Susan Hiller (a partir de 28 fevereiro), que esteve em Serralves, em 2005, que ali apresentará a instalação interativa Os Pensamentos São Livres – a partir de uma jukebox, o publico pode escutar 100 canções de teor político colecionados pela artista. De volta ao museu, 15 anos depois, estará também Paula Rego, numa exposição monográfica com obras da artista no núcleo da Coleção realizadas desde os anos 60 até à atualidade (a partir do outono, até 2020). Durante o verão (entre julho e setembro), a exposição Celebrar a Coleção, Serralves 1989-2019 assinala também os aniversários do ano.

 
São estas apenas algumas das propostas de Serralves. E claro que hámais!
 
 
publicado por Musikes às 12:41 link do post
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Ola! ☺️Saudações Musikes! 🤗Claro que me lembro! Co...
Olá Pedro,Como estás? Eu sou a Alda, a colega que ...
è Natal, é Natal....As mais belas canções de Natal...
Quando estou triste, paro e medito...Quando estou ...
A música é, sem dúvida, o alimento da alma... das ...
blogs SAPO