Em cada um reside a fonte da partilha, e seja ela um dom ou não, deixa-me semear no teu ser o prazer da Música. Ela tem inspirado o Homem no revelar o seu pensamento, o interpretar e sentir o Universo ao longo de milénios. Bem vindo!
27 de Fevereiro de 2019

Em pleno período do Romantismo, encontramo-nos a passear nas cortes de Viena da Austria na exuberante companhia do compositor Johann Strauss II (JR.).

Embora não sendo considerado um compositor de música erudita, Strauss II era muito apreciado e estimado por Liszt e Brahms, tendo ficado conhecido na História da Música como o Rei da Valsa Vienense.

 

MUSIKES

Grandes Músicas… Grandes  Épocas!...

 

 

Aqui as publicações de Fevereiro.

 

A maior contribuição de Strauss Jr. – e, por extensão, da família Strauss – à música não se enquadra na concepção atual de “música erudita”, no sentido de um Bach, de um Beethoven

…a música dos Strauss sempre foi, por definição, uma música popular, mesmo quando dançada nos salões do imperador...

 

Ler mais!

 

 

A opereta vienense é definitivamente uma espécie de gigantesca encenação de idéia de valsa

Stéphane Goldet faz uma observação bastante interessante: “não apenas a opereta inspirou algumas de suas valsas de maior sucesso, como...

 

Ler mais!

 

 

A partir de O Morcego, Strauss Jr. passou a ser tanto o compositor e regente dos animados bailes vienenses

como o autor de inúmeras operetas de sucesso nos teatros da cidade: Uma noite em Veneza, de 1883...

 

Ler mais!

 

 

O Morcego" transcendeu sua existência de opereta cômica e hoje pertence ao repertório tradicional

"As duas primeiras foram Indigo, de 1871, e O carnaval de Roma, em 1873, mas não encontraram grande sucesso. (…)"

 

Ler mais!

 

 

Constantemente doente tanto por “excessos amorosos” como por seu ritmo intenso de trabalho

Strauss Jr. levava uma vida privada bastante agitada. Como que seguindo o caminho do pai, casou-se três vezes...

 

Ler mais!

 

 

Segue o Musikes no...
Facebook  Twitter  Padlet
publicado por Musikes às 12:43 link do post
21 de Janeiro de 2019

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Johann Strauss II

(1825-1899)

 

“(…) Johann Strauss Jr. nasceu em 25 de outubro de 1825, em Viena. Embora seu pai não quisesse que o filho seguisse carreira musical, os impulsos de Johann Jr. o fizeram contrariar a vontade do pai. Estudou música com Joseph Dreschler, e quando o pai abandonou a casa da família para viver com uma chapeleira, em 1842, sentiu-se estimulado a competir com ele no mundo da valsa vienense.

 

Em 1844, quando tinha apenas 19 anos, Johann Jr. fundou uma orquestra de danças, que estreou no outubro do mesmo ano. O repertório era formado por valsas e outras danças de vários autores, inclusive algumas peças de seu pai e outras de sua própria autoria. Foi um enorme sucesso. Tanto que, para atingir aos pedidos do entusiasmadíssimo público, uma das composições de Johann Jr. teve de ser repetida 19 vezes. (…)” (https://www.portalsaofrancisco.com.br/biografias/johann-strauss-ii)

 

Johann Strauss II (Junior): Emperor Waltz, Op. 437

 

Johann Strauss II (Junior): Thunder & Lightning, Op. 324

 

Johann Strauss II (Junior): Roses Of The South, Op. 388

 

Johann Strauss II (Junior): Indigo & The 40 Thieves - Overture

publicado por Musikes às 12:37 link do post
01 de Janeiro de 2019

Desde já, os meus desejos de um excelente Ano Novo de 2019.

 

 

De volta às publicações sobre a História da Música Ocidental.

Retomemos, então, essa bela e longa jornada.

 

Os jardins musicais são imensos e belos, de sonoridades sublimes e profundas.

O romântico não só exprime o seu eu, como quer abraçar o Mundo e o Universo, e é nesse intento que o século XIX nos legou uma fecunda obra musical.

 

Tirando mais um volume da História da Música Ocidental, proponho algo bem mais dançante, dança essa proveniente dos salões aristocráticos das cortes de Viena de Austria.

 

Boas audições!

 

****

 

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Johann Strauss II

(1825-1899)

 

“(…) Strauss escreveu mais de 150 valsas, polcas cem, setenta quadrilhas (danças quadrados), mazurcas (danças folclóricas da Polônia), marchas e galops (danças francesas). A sua música combina invenção melódica considerável, uma enorme energia e brilho com suavidade e polonês, e às vezes até mesmo uma sensualidade incrivelmente refinado. Ele refinou a valsa e levantou seu início nas cervejarias e restaurantes comum a um lugar permanente na aristocrática (tendo a ver com os da classe alta) salões de baile. (…)” (https://www.portalsaofrancisco.com.br/biografias/johann-strauss-ii)

 

Johann Strauss II (Junior): El Danubio Azul, Op 314

 

Johann Strauss II (Junior): Vals del Emperador, Op 437

 

Johann Strauss II (Junior): Pizzicato Polca

 

Johann Strauss II (Junior): Tritsch-tratsch Polka, Op 214

publicado por Musikes às 15:43 link do post
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Ola! ☺️Saudações Musikes! 🤗Claro que me lembro! Co...
Olá Pedro,Como estás? Eu sou a Alda, a colega que ...
è Natal, é Natal....As mais belas canções de Natal...
Quando estou triste, paro e medito...Quando estou ...
A música é, sem dúvida, o alimento da alma... das ...
blogs SAPO