Em cada um reside a fonte da partilha, e seja ela um dom ou não, deixa-me semear no teu ser o prazer da Música. Ela tem inspirado o Homem no revelar o seu pensamento, o interpretar e sentir o Universo ao longo de milénios. Bem vindo!
09 de Dezembro de 2019

Quase, quase a terminar…

Ainda a passar os olhos pelas inúmeras obras musicais que Camille Saint-Saens nos deixou.

 

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Camille Saint-Saëns

(1835-1921)

 

“(…) Saint-Saëns escreveu cinco sinfonias, embora apenas três deles estão contados. Ele retirou a primeira, escrita para uma orquestra mozartiana escala, eo terceiro, um pedaço competição. As suas sinfonias são uma contribuição significativa para o gênero durante um período em que a tradição sinfônica francês era de outra maneira em declínio. Saint-Saëns também contribuiu voluminously a literatura concertante francês, ele escreveu cinco concertos para piano, três concertos para violino, violoncelo, dois concertos e cerca de 20 pequenas obras concertantes para solista e orquestra, incluindo um piano de fantasia colorida orquestrada, a África , a Havanaise eo Introdução e Rondo Capriccioso para violino e orquestra, ea Morceau de concerto para harpa e orquestra. Dos concertos, o Segundo Concerto para Piano é um dos mais populares de concertos para piano virtuoso, eo Terceiro Concerto para Violino e Violoncelo Primeiro Concerto também permanecem populares. (…)” (https://som13.com.br/camille-saint-saens/biografia)

 

Camille Saint-Saëns: Introduction + Rondo Capriccioso, Op. 28 (violin & orchestra)

 

Camille Saint-Saens: AFRICA—Fantasie for Piano and Orchestra, Op. 89

 

Camille Saint-Saens: Piano Concerto No. 1

In E major, Op. 17

 

Camille Saint-Saëns: Violin Concerto No 3 in B minor, Op. 61

 

Camille Saint-Saëns: Symphony No.1 in E-flat major, Op.2

 

 

Segue o Musikes em…

Facebook  Twitter  Padlet

publicado por Musikes às 09:05 link do post
03 de Dezembro de 2019

Agora a terminar esta longa viagem.

Não antes sem Passarmos os olhos pelas inúmeras obras musicais que nos deixou.

 

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Camille Saint-Saëns

(1835-1921)

 

Obras musicais

 

“(…) Início precoce Saint-Saëns e sua longa vida deu-lhe tempo para escrever centenas de composições, durante sua carreira, ele escreveu muitas obras dramáticas, incluindo quatro poemas sinfônicos , óperas e 13, dos quais Sansão e Dalila eo poema sinfónico Danse macabro são Entre seus mais famosos. Ao todo, ele compôs mais de 300 obras e foi o primeiro grande compositor a escrever música especificamente para o cinema, por Henri Lavedan o filme O Assassinato do Duque de Guise (Op. 128, 1908). (…)” (https://som13.com.br/camille-saint-saens/biografia)

 

Camille Saint-Saëns: “L’Assassinat du duc de Guise”, music for the silent film Op. 128 (1908)

 

Camille SAINT - SAËNS: Ópera Sansón y Dalila

 

Camille Saint-Saëns: Dança macabra, Op. 40 - Poema sinfónico

 

 

Segue o Musikes em…

Facebook  Twitter  Padlet

publicado por Musikes às 09:34 link do post
02 de Dezembro de 2019

Grandes Músicas… Grandes Épocas!...
 

No Musikes em Novembro…

 
Ouvir e ler, conhecer e partilhar, tornam estas viagens ao longo da História da Música Ocidental ainda mais extraordinárias.
 
 
 
A ouvir e ler...
 
 
Em 1908, ele teve a distinção de ser o primeiro compositor célebre para escrever uma partitura musical de um filme, O Assassinato do Duque de Guise...
 
 
 
Camille Saint-Saens - Uma vontade de experimentar com uma linguagem mais progressiva e abandonar o lirismo e encanto para expressão mais profunda
 
Muitos de seus trabalhos de música de câmara são tecnicamente difícis e transparentes, exigindo as habilidades de um virtuose...
 
Ler mais!
 
 
Camille Saint-Saens - Uma fantasia ritmicamente inventiva que presta homenagem à música do Norte de África
 
A música de piano, embora não tão profunda ou tão desafiador quanto o de alguns de seus contemporâneos, ocupa o terreno estilística entre Liszt e Ravel . Às vezes brilhantes, transparentes e idiomáticas...
 
Ler mais!
 
 
Embora Saint-Saëns feja considerado antiquado, mais tarde na vida, ele explorou muitas novas formas e revigorou os mais velhos
 
O estilo de Saint-Saëns concerto foi contido, sutil, e legal, ele se sentou imóvel ao piano. Seu modo de tocar foi marcado por extraordinariamente até mesmo escalas e passagework, grande velocidade, e refinamento aristocrático...
 
Ler mais!
 
 
Com Camille Saint-Saens, os seus próprios concertos parecem ter influenciado Sergei Rachmaninoff e outros compositores românticos
 
Ele foi muitas vezes acusado de ser insensível e de negócios, como, menos memorável do que outros artistas mais carismáticos...
 
Ler mais!
 
 
A descobrir ainda muito mais!
Segue o Musikes em…
publicado por Musikes às 17:00 link do post
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Obrigado pelas suas palavras.Viverá para sempre na...
Para mim, a canção mais bonita cantada em lingua p...
Ola! ☺️Saudações Musikes! 🤗Claro que me lembro! Co...
Olá Pedro,Como estás? Eu sou a Alda, a colega que ...
è Natal, é Natal....As mais belas canções de Natal...
blogs SAPO