Em cada um reside a fonte da partilha, e seja ela um dom ou não, deixa-me semear no teu ser o prazer da Música. Ela tem inspirado o Homem no revelar o seu pensamento, o interpretar e sentir o Universo ao longo de milénios. Bem vindo!
15 de Outubro de 2019

Grandes Músicas… Grandes Épocas!...

 

Objetos, fotografias, ilustrações, mapas e excertos de documentários compõem uma exposição inédita que inaugura esta sexta-feira no Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto.

 

 

Em 1888, 33 peritos, entre eles geólogos, cartógrafos, banqueiros, advogados, cientistas e lideres militares, fundaram a National Geographic Society para partilharem conhecimentos e iniciarem investigações.

 

Nessa altura “começaram a investir em expedições gigantescas, que levaram fotógrafos, realizadores de cinema, escritores, cientistas, exploradores e curiosos aos sítios mais recônditos da Terra, hasteando as primeiras bandeiras na Antártida, nos Himalaias e nos maiores parques naturais norte-americanos”.

 

130 anos depois, a National Geographic reabre os álbuns de fotografia das primeiras expedições e publica imagens nunca antes vistas dessas aventuras.

 

Recorde nesta fotogaleria algumas das grandes expedições da National Geographic, e saiba mais!

 

 


Segue o Musikes em…


publicado por Musikes às 16:50 link do post
11 de Outubro de 2019

Grandes Músicas… Grandes Épocas!...
 
O Outono em Jazz é o pretexto para trazer à Casa da Música algumas das propostas mais vibrantes da actualidade. Na sua sétima edição, o festival continua a revelar a melhor música que se faz sob a capa abrangente de um género marcado pelo culto da improvisação e da inovação. Entre nomes consagrados e novos valores, todas as tendências do jazz são bem-vindas.

Saiba mais
 
Ouça a playlist do Outono em Jazz.
 
 
Segue o Musikes em…
Facebook  Twitter  Padlet
publicado por Musikes às 08:51 link do post
10 de Outubro de 2019

 

Dando continuidade a mais um volume desta época deslumbrante que é o Século XIX.

Ouvir e ler, conhecer e partilhar, tornam estas viagens ao longo da História da Música Ocidental ainda mais extraordinárias.

 

No Musikes em Setembro…

 
 
Camille Saint-Saëns destacou-se na infância como um menino-prodígio, revelando-se um excelente organista e pianista. Depois da sua formação musical, desempenhou o cargo de organista em várias igrejas e granjeou o respeito e admiração no meio musical francês. Em 1852 conheceu Franz Liszt, compositor que seria uma grande influência na sua obra.
 
 
 
Suas obras de formato conservador apresentavam uma grande fantasia melódica e harmónica e dominavam os programas das salas de concertos.
 
 
 
 
A influência de Liszt na obra de Saint-Saëns é nítida, por exemplo, no poema sinfônico Dança Macabra (1874).
 
 
 
 
Charles-Camille Saint-Saëns (…) foi um francês compositor, organista, maestro e pianista da era romântica.
 
 

 
O primeiro concerto público ocorreu quando ele tinha cinco anos de idade, quando ele acompanhou um Beethoven Sonata para violino.
 
 
 
 
Segue o Musikes em…
publicado por Musikes às 11:57 link do post
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Ola! ☺️Saudações Musikes! 🤗Claro que me lembro! Co...
Olá Pedro,Como estás? Eu sou a Alda, a colega que ...
è Natal, é Natal....As mais belas canções de Natal...
Quando estou triste, paro e medito...Quando estou ...
A música é, sem dúvida, o alimento da alma... das ...
blogs SAPO