Em cada um reside a fonte da partilha, e seja ela um dom ou não, deixa-me semear no teu ser o prazer da Música. Ela tem inspirado o Homem no revelar o seu pensamento, o interpretar e sentir o Universo ao longo de milénios. Bem vindo!
22 de Março de 2019

A exposição "Agustina Bessa-Luís: vida e obra" está patente nos claustros da Biblioteca Pública Municipal, em frente ao Jardim de São Lázaro, até ao final de junho. A entrada é livre.

 

Musikes

Grandes Músicas… Grandes Épocas!...

 

 

A mostra reúne um original conjunto digital de documentos, fotos, livros e manuscritos que evocam a vida e a obra da autora amarantina, extremamente fértil, contando com mais de meia centena de títulos, entre romances, novelas, peças de teatro, guiões de cinema, biografias, ensaios e livros infantis.

 

Comissariada por Inês Pedrosa e João Botelho, a exposição foi temporariamente cedida ao Município do Porto pelo Instituto Camões- Instituto da Cooperação e da Língua, IP.

A iniciativa é simultânea ao Programa Ciclo Agustina, que decorre mensalmente com sessões literárias sobre a autora de A Sibila.

 

 


Segue o Musikes no...


publicado por Musikes às 12:42 link do post
28 de Junho de 2018

Olá!
A divulgar mais uma iniciativa cultural.
 
 

Festival Matosinhos em Jazz com música portuguesa ao longo de julho

 

Mário Laginha, Cristina Branco e Lokomotiv fazem parte do programa do Festival Matosinhos em Jazz, um evento antigo que terá este ano novo figurino, com concertos ao longo de julho, quase todos de música portuguesa.

 

De acordo com a programação hoje revelada, o Matosinhos em Jazz decorrerá nos fins de semana de julho, com concertos no coreto, ficando reservados os dias 27 e 28 para atuações na praça Guilhermina Suggia, todos com entrada gratuita.

O Matosinhos em Jazz é um festival antigo na cidade, fundado nos anos de 1990, para divulgar jazz nacional e internacional. Este ano, o evento reparte-se por aqueles dois espaços e contará ainda com uma exposição, do universo das artes visuais, dedicada a discos icónicos do jazz.

No coreto estão previstos concertos ao final da tarde de Mário Laginha Trio, Cristina Branco, Elas e o Jazz, Songbird (de Luís Figueiredo e João Hasselberg), Lokomotiv, o Coreto Porta-Jazz e os Jazzamboka (Canadá/Congo), premiados em 2017 no festival de Montréal.

Para a Praça Guilhermina Suggia ficam reservadas as atuações, à noite, de Sérgio Godinho, com a Orquestra Jazz de Matosinhos (dia 27) e de Pedro Abrunhosa com a Orquestra Sinfónica do Porto (dia 28).

Durante o mês de julho, junto ao coreto, ficarão expostas recriações de capas icónicas do jazz feitas por AKACorleone, Nash Does Work, Oficina Arara e peladupla Francisco Queimadela e Mariana Caló.

 
 
 

 

publicado por Musikes às 15:49 link do post
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Obrigado pelas suas palavras.Viverá para sempre na...
Para mim, a canção mais bonita cantada em lingua p...
Ola! ☺️Saudações Musikes! 🤗Claro que me lembro! Co...
Olá Pedro,Como estás? Eu sou a Alda, a colega que ...
è Natal, é Natal....As mais belas canções de Natal...
blogs SAPO