Em cada um reside a fonte da partilha, e seja ela um dom ou não, deixa-me semear no teu ser o prazer da Música. Ela tem inspirado o Homem no revelar o seu pensamento, o interpretar e sentir o Universo ao longo de milénios. Bem vindo!
23 de Junho de 2018

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Anton Bruckner

(1824-1896)

 

“(…) Outra aproximação com Bach: o órgão, que ele começou a tocar aos 14 anos, e em que seria o maior improvisador do seu tempo (visitas memoráveis a Londres e a Paris confirmaram essa opinião). O primeiro momento importante na sua trajetória de criador é um Réquiem em ré menor escrito em 1849. Haydn e Mozart ainda são os seus modelos - em especial o Réquiem de Mozart. Mas já se vê, ali, uma gravidade, uma majestade que anunciam o Bruckner maduro. E sente-se muitas vezes o órgão por trás da sua música instrumental. Como escreveu o seu biógrafo Gollerich,

a estatura posterior de Bruckner como sinfonista só pode ser plenamente compreendida se voltarmos a essa época de crescimento e amadurecimento no grande órgão de Sankt Florian. (…)” (http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40142010000200025)

 

Anton Bruckner: Symphony No. 6 in A Major, WAB 106: I. Majestoso (1º and.)

 

Anton Bruckner: Symphony No. 6 in A Major, WAB 106: II. Adagio - Sehr feierlich (2º and.)

 

Anton Bruckner: Symphony No. 6 in A Major, WAB 106: III. Scherzo - Nicht schnell (3º and.)

 

Anton Bruckner: Symphony No. 6 in A Major, WAB 106: IV. Finale - Bewegt, doch nicht zu schnell (4º and.)

 

***

 

“Grandes Músicas... Grandes Épocas...” do romantismo do século XIX, é o que nos aguarda para ouvir, conhecer e partilhar!

 

Também no Facebook e Twitter.

Passa por lá!

 

Por isso!...

Não percas o próximo post… porque nós… também

 

publicado por Musikes às 12:27 link do post
27 de Setembro de 2017

O romantismo ama a liberdade, o movimento, a paixão e a busca do inatingível. A arte é marcada por um período de carência e de procura de uma perfeição impossível. Os românticos buscavam maior liberdade de forma, expressão intensa e vigorosa das.

 

Boas audições!

 

***** 

 

“Só o que sonhamos é o que verdadeiramente somos, porque o mais, por estar realizado, pertence ao mundo e a toda a gente.” Fernando Pessoa

 

 

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Frédéric Chopin

(1810-1849)

 

“(…) Chopin suportou mal, novamente, o clima úmido de Londres, e voltou em estado precário para Paris. A irmã Luísa veio de Varsóvia para fazer-lhe companhia, até porque mal podia sair de sua cama.

Na madrugada de 17 de outubro de 1849, faleceu Frédéric François Chopin.

A seu pedido, seu coração foi enviado para Varsóvia, e o corpo, enterrado em Paris. Mas seu caixão foi coberto por terra polonesa. (…)” (…)” (…)” (http://www.portalsaofrancisco.com.br/biografias/frederic-chopin)

 

Frédéric Chopin, Waltzes, Op. Posth. 69: No. 1 in A-Flat Major, "Farewell Waltz"

 

Frédéric Chopin, Waltzes, Op. Posth. 70: No. 1 in G-Flat Major

 

Frédéric Chopin, Waltzes, Op. Posth. 70: No. 3 in D-Flat Major

 

Frédéric Chopin, Sonata No. 3 in B Minor for Piano, Op. 58: I. Allegro maestoso

 

Frédéric Chopin, Polonaises, Op. 40: No. 1 in A Major, "Military"

 

Frédéric Chopin, Polonaise-Fantaisie in A-Flat Major, Op. 61

 

Frédéric Chopin: Mazurkas, Op. 6: No. 2 in C-Sharp Minor: Andantino

 

Frédéric Chopin: Mazurkas, Op. 17: No. 4 in A Minor

 

***

 

A riqueza das formas e sonoridades, a diversidade temática e sua densidade emotiva, creio que são o perfeito pretexto para não perderes as próximas publicações.

 

Também no Facebook e Twitter, em qualquer dispositivo.

Passa por lá!

 

Por isso!...

Não percas o próximo post… porque nós… também não!

 

publicado por Musikes às 12:24 link do post
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Identifico-me totalmente com o argumento deste pos...
Obrigado pelas suas palavras.Viverá para sempre na...
Para mim, a canção mais bonita cantada em lingua p...
Ola! ☺️Saudações Musikes! 🤗Claro que me lembro! Co...
Olá Pedro,Como estás? Eu sou a Alda, a colega que ...
blogs SAPO