Em cada um reside a fonte da partilha, e seja ela um dom ou não, deixa-me semear no teu ser o prazer da Música. Ela tem inspirado o Homem no revelar o seu pensamento, o interpretar e sentir o Universo ao longo de milénios. Bem vindo!
04 de Setembro de 2019

A Orquestra Barroca Casa da Música e a Orquestra Sinfónica do Porto dão dois concertos de acesso livre na Avenida dos Aliados, nos dias 6 e 7 de setembro, a pretexto da despedida do verão.

 
 
Intitulado Orquestra no Património, este mini-ciclo é uma organização conjunta da Fundação Casa da Música e da Câmara do Porto e começa na noite de sexta-feira, dia 6, com a Orquestra Barroca a subir ao palco pelas 22 horas.
 
MUSIKES!
Grandes Músicas… Grandes Épocas!...
 
 
Sob direção do maestro Dmitry Sinkovsky, também violinista e contratenor, o concerto começa com uma sinfonia de dança de Rebel, um estilo inventado por este compositor do Barroco francês que foi figura proeminente das cortes de Luís XIV e Luís XV. O ambiente festivo estará também presente na Música Aquática de Händel, escrita para acompanhar o séquito real britânico em excursão pelo Rio Tamisa, seguindo-se as melodias contagiantes de Vivaldi.
 
No dia seguinte, também às 22 horas, o protagonismo é da Orquestra Sinfónica e a direção de Baldur Brönnimann. O concerto tem a música de dança como a principal convidada, chegando nas mais variadas formas e com diversas proveniências geográficas. A utilização dos tamborins, címbalos e triângulo no Carnaval Romano de Berlioz dará o ambiente de uma festa popular, enquanto Ponchielli transportará o público para um baile elegante onde uma valsa passa por ambientes variados.
 
Ler mais!
 
 
Segue o Musikes em…
publicado por Musikes às 09:37 link do post
02 de Setembro de 2019

A espreitar a actividade cultural que agora se inicia, o Musikes atenta na programação da Casa da Música Porto.

Desde já, se adivinha mais um mês repleto de eventos culturais a não perder. Ora agenda lá!


Casa da Música
 
 

O regresso dos agrupamentos residentes no final do Verão faz-se com “Orquestra no Património”, que leva as Orquestras Sinfónica e Barroca a várias cidades de norte a sul do país.

 

MUSIKES!

 

 

Já a segunda metade do mês traz Música no Feminino, dando palco a mais de vinte compositoras, desde o séc. XII com Hildegard von Bingen até ao séc. XXI com Sofia Gubaidulina, Kaija Saariaho, Unsuk Chin, Rebecca Saunders ou as portuguesas Clotilde Rosa e Ângela da Ponte.

 

Setembro retoma a Integral das Sinfonias de Tchaikovski e prossegue com a Quarta Sinfonia, na interpretação do maestro venezuelano Carlos Izacaray.

 

E a pensar nos mais novos, outro momento a assinalar é o das oficinas para bebés e crianças até 6 anos. Não perca ainda o regresso do cantautor espanhol Patxi Andión e o aguardado concerto do premiado músico brasileiro Tim Bernardes.

 
Saiba mais!
Toda a programação de Setembro aqui!


Segue o Musikes em…
publicado por Musikes às 18:13 link do post
08 de Abril de 2019

Stabat Mater é um dos hinos mais significativos no contexto da Paixão, ao exprimir as dores de Maria, junto à cruz, contemplando a agonia de Jesus.

 

 

 

STABAT MATER Dvořák

13 ABR - 18:00 - Sala Suggia

ORQUESTRA SINFÓNICA, CORO & 

CORO INFANTIL CASA DA MÚSICA

 

MUSIKES!

Grandes Músicas… Grandes Épocas!...

 

 

Dvořák manteve a fé católica durante toda a vida, mas quando mergulha na composição do seu Stabat Mater, as dores são também as suas – em apenas três anos perde os seus três filhos, e o processo de composição acompanha esta tragédia. O resultado é uma obra profundamente comovente, que explora cada instante expressivo do texto, e que ao luto sentido acrescenta um testemunho final de fé e esperança. Entre os agrupamentos residentes da Casa da Música que aqui se juntam a solistas internacionais prestigiados, destaca-se a presença do Coro Infantil naquele que é mais um passo seguro no seu crescimento.

 

 

 

 

STABAT MATER PERGOLESI

17 ABR - 21:00 - Sala Suggia

 

ORQUESTRA BARROCA CASA DA MÚSICA

obras de Scarlatti, Corelli e Pergolesi

O Barroco italiano, com três dos seus mais notáveis representantes, domina o concerto de Páscoa da Orquestra Barroca. O Stabat Mater é a obra mais conhecida de Pergolesi e figura entre os exemplos mais perfeitos da literatura musical sacra europeia. Os belíssimos solos vocais são interpretados pelo contratenor britânico Iestyn Davies, celebrado internacionalmente e premiado com um Grammy, e pela soprano Rowan Pierce, convidada regular dos mais destacados ensembles de música antiga do mundo. A primeira parte é preenchida por música escrita por figuras centrais do Barroco italiano.


Saiba mais!
Intérpretes e direcção.
 

Segue o Musikes em...

Facebook  Twitter  Padlet

publicado por Musikes às 18:26 link do post
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Ola! ☺️Saudações Musikes! 🤗Claro que me lembro! Co...
Olá Pedro,Como estás? Eu sou a Alda, a colega que ...
è Natal, é Natal....As mais belas canções de Natal...
Quando estou triste, paro e medito...Quando estou ...
A música é, sem dúvida, o alimento da alma... das ...
blogs SAPO