Em cada um reside a fonte da partilha, e seja ela um dom ou não, deixa-me semear no teu ser o prazer da Música. Ela tem inspirado o Homem no revelar o seu pensamento, o interpretar e sentir o Universo ao longo de milénios. Bem vindo!
01 de Junho de 2019

Uma vez mais a folhear umas tantas páginas desta época fantástica que é o Século XIX.

 

MUSIKES!

Grandes Músicas… Grandes Épocas!...

 

 

No Musikes em Maio…

 

“Um dos mais destacados compositores do romantismo musical europeu do século 19, o alemão Johannes Brahms foi considerado pelo pianista e professor Hans von Bülow um dos pilares da música clássica, formando, com Bach e Beethoven, o tripé “três Bs”.”

 

 

A influência de Beethoven sobre Brahms é direta e patente, sobretudo nos quartetos de corda

...Brahms representa uma reação pós-romântica que regressa às raízes do Renascimento e do Barroco.

 

Ouvir e ler mais!

 

 

Em Brahms, os estudiosos dividem sua obra em quatro fases

A primeira é a juventude, onde apresenta um romantismo exuberante e áspero, como no primeiro Concerto para Piano.

Ela vai até 1855...

 

Ouvir e ler mais!

 

 

Brahms - Nas suas obras para orquestra há uma mistura perturbadora de tensão contida e de paixão exaltante

...a música de Brahms caracteriza-se pelo seu carácter melancólico, pela tensão concentrada, pela aspereza e obscuridade do colorido, pelos ritmos sincopados e pela extraordinária riqueza temática.

 

Ouvir e ler mais!

 

 

Johannes Brahms, compositor que não ficou limitado pela fronteira territorial alemã, mas que, num século de nacionalismos, criou uma vasta obra

As obras de Brahms são das mais tocadas nas grandes salas de concertos em toda a parte, sendo dos compositores que mais obras gravadas tem em todas as etiquetas discográficas.

Em países com tradições musicais tão diversificadas…

 

Ouvir e ler!

 

 

 

Devido à expressão emotiva, as obras de Brahms inserem-se no mais puro sentido da estética romântica e nunca escreveu uma nota de música com intenção de revolucionar a linguagem musical

 

Ouvir e ler!

 

 

Segue o Musikes em...

Facebook  Twitter  Padlet

publicado por Musikes às 10:48 link do post
21 de Maio de 2019

Num fim-de-semana em cheio para o piano, a Casa da Música homenageia a pianista, concertista e professora portuense Helena Sá e Costa (1913-2006).

 

MUSIKES!

Grandes Músicas… Grandes Épocas!...

 

 

A sua actividade de concertista levou-a inúmeras vezes a percorrer a Europa, os Estados Unidos da América, o Canadá, o Brasil, Angola e Moçambique. Professora dos Conservatórios de Lisboa e Porto com uma acção pedagógica de grande relevo, o seu legado permanece vivo entre várias gerações de pianistas.

 

O tributo a esta figura ímpar da música portuguesa faz-se com a tradicional maratona de teclistas, que nesta edição se estende pela primeira vez a dois dias, e com obras concertantes de Bach e Mozart pelo pianista-maestro David Fray, ao lado da Orquestra Sinfónica.

 

Programa e mais!

 

 


Segue o Musikes em…


publicado por Musikes às 10:36 link do post
20 de Maio de 2019

A pianista Maria João Pires vai ser distinguida, em setembro, com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique, anunciou Marcelo Rebelo de Sousa, no sábado em Castelo Branco.
 
MUSIKES!
Grandes Músicas… Grandes Épocas!...
 
 
O Musikes está a realizar um inquérito a toda a comunidade.

 

Ou se preferires, também o podes fazer nas redes sociais - FacebookTwitter e Padlet.

(disponível até às 23:59:59 do dia 10 de Junho de 2019)

 
 
Maria João Pires receberá a distinção das mãos de Marcelo Recebo de Sousa aquando da ida a Belgais “do corpo diplomático acreditado em Lisboa”.
 

“Com a presença de todos em embaixadores dos vários países com os quais temos relações diplomáticas, será assinalada a projeção de Maria João Pires no mundo, que esse é o objetivo, a projeção dela, como ela diz, para o futuro no mundo”, afirmou o chefe de Estado.

A ministra da Cultura, Graça Fonseca, atribuiu no sábado a Medalha de Mérito Cultural à pianista Maria João Pires, destacando o seu “serviço de exceção” na divulgação cultural e a sua “entrega à música”.

 

A pianista afirmou não saber se mereceu no passado a Medalha de Mérito Cultural, mas prometeu tudo fazer para a merecer no futuro.

“Quero agradecer esta medalha [Mérito Cultural], mas queria agradecer-lhe a medalha para o futuro. Eu não sei se a mereci no passado, mas vou fazer tudo o que posso para a merecer no futuro”, afirmou a pianista portuguesa.

 
Lê mais!
 
 
Segue o Musikes em…
publicado por Musikes às 10:31 link do post
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Ola! ☺️Saudações Musikes! 🤗Claro que me lembro! Co...
Olá Pedro,Como estás? Eu sou a Alda, a colega que ...
è Natal, é Natal....As mais belas canções de Natal...
Quando estou triste, paro e medito...Quando estou ...
A música é, sem dúvida, o alimento da alma... das ...
blogs SAPO