Em cada um reside a fonte da partilha, e seja ela um dom ou não, deixa-me semear no teu ser o prazer da Música. Ela tem inspirado o Homem no revelar o seu pensamento, o interpretar e sentir o Universo ao longo de milénios. Bem vindo!
09 de Novembro de 2020

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

4. edvard grieg ao piano.jpg

Edvard Grieg

(1843-1907)

 

“De uma família tipicamente burguesa do século 19, desde pequeno Edvard demonstrou interesse pelo piano. Mesmo tendo a mãe, uma excelente pianista, como professora, preferia aprender sozinho a seguir uma disciplina. Quando criança, era comum ficar horas a frente do instrumento, descobrindo e experimentando todos os tipos de manifestações sonoras. "Por que não começar se lembrando da satisfação maravilhosa, quase mística, de esticar os braços até o piano e produzir? Não uma melodia, longe disto!", relatou ao recordar-se dos primeiros contatos com a música. (…)” (https://musicaclassica.folha.com.br/cds/22/biografia-3.html)

 

Edvard Grieg: Two Nordic Songs, Op. 63: I. I folketone (In Folk Style)

 

Edvard Grieg: Lyric Pieces Book 5, Op. 54: I. Gjætergut (Shepherd's Boy)

 

Edvard Grieg: Concerto in A Minor for Piano and Orchestra, Op. 16: I. Allegro molto moderato

 

Edvard Grieg: Concerto in A Minor for Piano and Orchestra, Op. 16: III. Finale: Allegro moderato molto e marcato

 

Edvard Grieg: Sonata No. 1 in F Major for Violin and Piano, Op. 8: I. Allegro con brio

 

Edvard Grieg: Sonata No. 1 in F Major for Violin and Piano, Op. 8: II. Allegretto quasi andantino

 

Edvard Grieg: Sonata No. 1 in F Major for Violin and Piano, Op. 8: III. Allegro molto vivace

 

 

Fale comigo.

Também no Facebook!

 

publicado por Musikes às 07:47 link do post
09 de Setembro de 2020

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

 

Antonin Dvorák.2.jpeg

Antonin Dvorák

(1841-1904)

 

“(…) O mais velho de oito irmãos, desde criança demonstrou interesse pela música --seu pai, dono de um açougue e de uma pensão, tocava órgão e piano em uma banda. Aos 11 anos, Dvorák foi enviado a uma escola da região para aprender alemão. Foi onde entrou em contato com a viola e logo desenvolveu grande intimidade com o instrumento. No entanto, devido à má situação econômica da família, quando tinha 15 anos teve de interromper os estudos para ajudar o pai nos negócios. (…)” (https://musicaclassica.folha.com.br/cds/11/biografia.html)

 

Antonin Dvorák: Slavonic Dances, Op. 46 - #7 In C

 

Antonin Dvorák: Slavonic Dances, Op. 46 - #8 In G Minor

 

Antonin Dvorák: Slavonic Dances, Op. 46 - #2 In E Minor

 

Antonin Dvorák: Symphony #9 In E Minor, Op. 95, "From The New World" - 3. Scherzo: Molto Vivace

 

 

Fale comigo!
Siga o Musikes no Facebook

 

publicado por Musikes às 07:08 link do post
07 de Junho de 2020

Abrindo mais este volume, iniciamos aqui a conhecer a vida e obra de mais um compositor do século XIX - Peter Ilyich Tchaikovsky.

 

 

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

 

Peter Ilyich Tchaikovsky.1 (1).JPG

Peter Ilyich Tchaikovsky

(1840-1893)

 

“(…) Foi o segundo de uma família de seis filhos e nasceu em Votkinsk, na região de Vyatka, na Rússia, em 7 de maio de 1840 Apesar de tocar piano desde os cinco anos de idade, Petia, como era carinhosamente chamado pelos mais próximos, teve seus estudos dirigidos para outra área, a advocacia, e acabou por se graduar na Imperial School of Jurisprudence na cidade de São Petersburgo. Chegou a trabalhar no Departamento de Justiça Russo, mas definitivamente essa não era sua vocação…. (…)” (https://educacao.uol.com.br/biografias/peter-ilyich-tchaikovsky.htm)

 

Peter Ilyich Tchaikovsky: Serenata Para Cuerdas - Introducción

 

Peter Ilyich Tchaikovsky: Song Without Words In F

 

Peter Ilyich Tchaikovsky: Swan Lake, Op. 20 - Act 1: Scène

 

Peter Ilyich Tchaikovsky: Violin Concerto In D, Op. 35 - 1. Allegro Moderato

 

Peter Ilyich Tchaikovsky: Piano Concerto #1 In B Flat Minor, Op. 23 - 1. Allegro Non Troppo E Molto Maestoso

 

 

Segue o Musikes em…

Facebook  Twitter  Padlet

publicado por Musikes às 08:21 link do post
06 de Maio de 2020

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Modest Petrovich Mussorgsky

(1839-1881)

 

“(…) Depois da morte da mãe, em 1865, Mussorgsky viveu primeiro com o irmão e depois com Rimsky-Korsakov até 1872, quando o colega casou. O estado de alcoolismo do músico agravou-se à medida que foi ficando sozinho. Ainda assim, iniciou em 1874 a composição de uma nova ópera, «Khovanshchina» (que seria concluída depois por Rimsky-Korsakov) e compôs a obra para piano «Quadros de Uma Exposição», inspirada na morte do amigo, pintor, Victor Hartmann. (…)” (https://knoow.net/arteseletras/musica/mussorgsky-modest/)

 

Modest Mussorgsky: Ópera “Khovanshchina” (completa)

 

Modest Petrovich Mussorgsky: Tableaux d'une exposition: IV. Il vecchio castello

 

Modest Petrovich Mussorgsky: Tableaux d'une exposition: VII. Bydlo

 

Modest Petrovich Mussorgsky: Tableaux d'une exposition: X. Deux juifs l'un riche et l'autre pauvre – Samuel Goldenberg et Schmuyle

 

Modest Petrovich Mussorgsky: Tableaux d'une exposition: XIII. Catacombae. Sepulcrum romanum

 

 

Segue o Musikes em…

Facebook  Twitter  

publicado por Musikes às 08:13 link do post
08 de Janeiro de 2020

Grandes Músicas… Grandes Épocas!...

 

O Porto PianoFest organiza a partir de hoje (06/Jan), com a Universidade do Porto, uma semana de celebração dos 250 anos do nascimento de Ludwig Van Beethoven (1770-1827).
 

 

De entrada livre, o programa vai transportar o ambiente das grandes salas de concerto da Viena de finais do século XVIII e início do XIX para o Auditório da Casa Comum (Reitoria da U.Porto), onde haverá concertos, debates e outros eventos dedicados ao célebre compositor alemão, como recitais de piano e música de câmara, entre hoje (segunda-feira) e a próxima quinta-feira.

 

 

Sempre com início às 18,30 horas, este conjunto de iniciativas tem curadoria do pianista Nuno Marques, diretor artístico do Porto PianoFest, que é também o protagonista do recital de piano(…)

 

 

Na quarta-feira, dia 8, um grupo de alunos do Conservatório de Música do Porto e do Curso de Música Silva Monteiro subirá ao "palco" da Casa Comum para interpretar o concerto "O jovem Beethoven por jovens pianistas".

 

 

O encerramento deste ciclo, no dia 9, será feito com a apresentação de obras de música de câmara, trios com piano e quartetos de corda por músicos da ESMAE - Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo.


 

 



 

Segue o Musikes em…



publicado por Musikes às 12:40 link do post
17 de Novembro de 2019

A dar continuidade…

 

 

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Camille Saint-Saëns

(1835-1921)

 

“(…) A música de piano, embora não tão profunda ou tão desafiador quanto o de alguns de seus contemporâneos, ocupa o terreno estilística entre Liszt e Ravel . Às vezes brilhantes, transparentes e idiomáticas, a música para dois pianos inclui as Variações sobre um tema de Beethoven , o Scherzo , um pedaço palíndromo que utiliza uma mistura de tonalidades modernas e gestos convencionais, eo arabe Caprice , uma fantasia ritmicamente inventiva que paga homenagem à música do norte da África. (…)” (https://som13.com.br/camille-saint-saens/biografia)

 

Camille Saint-Saëns: Variations sur un thème de Beethoven

 

Camille Saint-Saëns: Caprice Arabe for two pianos, Op. 96

 

Liszt: The Great Piano Works - Part 1

 

Maurice Ravel: Complete Piano Music

 

Camille Saint-Saëns: Carnival Of The Animals - 2. Hens & Cockerels

 

Camille Saint-Saens: Trio Pn Fa Maj Op18/Andante (2º and.)

 

Camille Saint-Saëns: Piano Concerto No 2 in G minor, Op. 22

 

 

Segue o Musikes em…

Facebook  Twitter  Padlet

publicado por Musikes às 09:12 link do post
02 de Setembro de 2019

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

Após merecidas férias, o Musikes regressa de forças renovadas, com a promessa de aqui continuarmos a viajar por esse magnífico Séc. XIX.

 

Desta vez, iremos começar por conhecer a vida e ouvir a obra do compositor Camille Saint-Saëns.

 

****

 

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Camille Saint-Saëns

(1835-1921)

 

Introdução

 

“Compositor, pianista e organista francês.

 

Depois de ser considerado menino prodígio por seu virtuosismo ao piano, Saint-Saëns tornou-se uma das personalidades mais destacadas da vida musical parisiense na segunda metade do século XIX. Para seus contemporâneos, o famoso organista da Église de la Madeleine (1857-1877) era já um dos grandes compositores franceses do final do século. Suas obras de formato conservador apresentavam uma grande fantasia melódica e harmônica e dominavam os programas das salas de concertos. (…)” (https://educacao.uol.com.br/biografias/camille-saint-saens.htm)

 

Camille Saint-Saens: Trio Pn Fa Maj Op18/Allegro Vivace (1º and.)

 

Camille Saint-Saens: Trio Pn Fa Maj Op18/Andante (2º and.)

 

Camille Saint-Saens: Trio Pn Fa Maj Op18/Scherzo Presto (3º and.)

 

1141 Camille Saint-Saens: Trio Pn Fa Maj Op18/Allegro (4º and.)

 

 

Segue o Musikes no...

Facebook  Twitter  Padlet

publicado por Musikes às 10:27 link do post
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Identifico-me totalmente com o argumento deste pos...
Obrigado pelas suas palavras.Viverá para sempre na...
Para mim, a canção mais bonita cantada em lingua p...
Ola! ☺️Saudações Musikes! 🤗Claro que me lembro! Co...
Olá Pedro,Como estás? Eu sou a Alda, a colega que ...
blogs SAPO