Em cada um reside a fonte da partilha, e seja ela um dom ou não, deixa-me semear no teu ser o prazer da Música. Ela tem inspirado o Homem no revelar o seu pensamento, o interpretar e sentir o Universo ao longo de milénios. Bem vindo!
21 de Maio de 2019

Num fim-de-semana em cheio para o piano, a Casa da Música homenageia a pianista, concertista e professora portuense Helena Sá e Costa (1913-2006).

 

MUSIKES!

Grandes Músicas… Grandes Épocas!...

 

 

A sua actividade de concertista levou-a inúmeras vezes a percorrer a Europa, os Estados Unidos da América, o Canadá, o Brasil, Angola e Moçambique. Professora dos Conservatórios de Lisboa e Porto com uma acção pedagógica de grande relevo, o seu legado permanece vivo entre várias gerações de pianistas.

 

O tributo a esta figura ímpar da música portuguesa faz-se com a tradicional maratona de teclistas, que nesta edição se estende pela primeira vez a dois dias, e com obras concertantes de Bach e Mozart pelo pianista-maestro David Fray, ao lado da Orquestra Sinfónica.

 

Programa e mais!

 

 


Segue o Musikes em…


publicado por Musikes às 10:36 link do post
29 de Abril de 2019

Promessas de Maio

 

Os primeiros capítulos da residência de Jörg Widmann revelam o músico alemão na sua tripla dimensão de compositor, maestro e clarinetista, com a Orquestra Sinfónica e o Remix Ensemble, interpretando o Concerto para clarinete de Mozart, obras do Romantismo e música dos nossos dias. A meio-soprano Marina Prudenskaya junta-se à Sinfónica para um ciclo emblemático do Lied alemão, Wesendonck Lieder de Wagner, numa noite que termina com a Quinta Sinfonia de Mahler. O regresso de Sokolov é um momento sempre esperado do Ciclo de Piano Fundação EDP. Este ano, o seu recital é dedicado a Beethoven e Brahms. Na homenagem da Casa a Helena Sá e Costa, o convidado especial é David Fray, que vem interpretar concertos para piano e orquestra de Bach e Mozart ao lado da Sinfónica. A maratona de teclistas volta a reunir centenas de alunos de todo o país. O ciclo Rito da Primavera põe em foco os jovens intérpretes europeus: o Spring ON! traz novos projectos de jazz e o ECHO Rising Stars reúne estrelas do futuro das salas de concerto. Orquestra Sinfónica e OJM cruzam o jazz e a música sinfónica. E, entre outras propostas a que convém estar atento, há ainda Ricardo Ribeiro com João Paulo Esteves da Silva e o regresso a Portugal da cantora e pianista Eliane Elias.


MUSIKES

Grandes Músicas… Grandes Épocas!...

 

 

Agenda Maio 2019
 
 

Alguns destaques

 

 

10 MAI SEX · 21:00 SALA SUGGIA

A QUINTA DE MAHLER

ORQUESTRA SINFÓNICA DO PORTO CASA DA MÚSICA

Ciclo Grandes Canções Orquestrais

 

 

O maestro israelita Eliahu Inbal dirige repertório da sua especialidade, pelo qual é reconhecido a nível internacional. Na sua Quinta Sinfonia, Mahler combina a tragédia com a alegria, a dor e o prazer, o desespero e a mudança, confrontando-nos com diferentes mundos em cada um dos andamentos. Escrita enquanto conhece Alma Schindler, por quem se viria a apaixonar, a Quinta Sinfonia está também associada a este novo amor e todas as suas implicações.


Saber Mais


18 MAI SÁB · 18:00 SALA SUGGIA
JAZZ SINFÓNICO
ORQUESTRA SINFÓNICA DO PORTO CASA DA MÚSICA
ORQUESTRA JAZZ DE MATOSINHOS

 

Uma Orquestra Sinfónica a swingar? Duke Ellington achou tal feito possível e, para isso, escreveu uma obra inspirada na noite, o seu habitat natural. Com a parceria da Orquestra Jazz de Matosinhos, naquele que é um reencontro há muito esperado com o agrupamento sinfónico da Casa da Música, a máquina de swing apresenta-se bem oleada. Já o estoniano Erkki-Sven Tüür embarca numa linguagem mais moderna, ou não fosse a sua sinfonia uma composição bem mais recente e o seu autor uma figura de proa no contexto da música contemporânea. A iniciar o concerto, a Sinfónica apresenta a primeira grande obra americana de Stravinski.

 
Saber Mais

Mais aqui!
 

 

 

 
 

Segue o Musikes em...

Facebook  Twitter  Padlet

publicado por Musikes às 12:36 link do post
12 de Março de 2019

Embarquemos, então, tu e todos aqueles que queiram abraçar esta aventura, e icemos âncora à descoberta de mais um grande compositor do Romantismo do Séc. XIX - Johannes Brahms.

 

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Johannes Brahms

(1833-1897)

 

“Johannes Brahms nasceu em Hamburgo, na Alemanha, no dia 07 de maio de 1833. Filho de um contrabaixista da Filarmônica de Hamburgo recebeu do pai as primeiras aulas de violino e violoncelo. Aos oito anos, enquanto cursava a escola primária, começou a aprender piano com o mestre Otto Franz Cossel. (…)” (https://www.ebiografia.com/johannes_brahms/)

 

Johannes Brahms: Hungarian Dance #1 In G Minor

 

Johannes Brahms: Hungarian Dance #3 In F

 

Johannes Brahms: Hungarian Dance #10 In F

 

 

“(…) Diante da rápida evolução nas aulas de piano, foi levado a estudar com Eduard Marxsen, músico erudito, que logo percebeu o potencial do aluno, e planejava ensinar-lhe não apenas piano, mas também harmonia e composição. Com 12 anos, já ganhava dinheiro tocando em tavernas e em festas, fazendo orquestração para bandas e ainda lecionava. (…)” (https://www.ebiografia.com/johannes_brahms/)

 

Johannes Brahms: Piano Concerto #1 In D Minor, Op. 15 - 1. Maestoso

 

 

Segue o Musikes no...

Facebook  Twitter  Padlet

publicado por Musikes às 12:38 link do post
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Ola! ☺️Saudações Musikes! 🤗Claro que me lembro! Co...
Olá Pedro,Como estás? Eu sou a Alda, a colega que ...
è Natal, é Natal....As mais belas canções de Natal...
Quando estou triste, paro e medito...Quando estou ...
A música é, sem dúvida, o alimento da alma... das ...
blogs SAPO