Em cada um reside a fonte da partilha, e seja ela um dom ou não, deixa-me semear no teu ser o prazer da Música. Ela tem inspirado o Homem no revelar o seu pensamento, o interpretar e sentir o Universo ao longo de milénios. Bem vindo!
05 de Julho de 2019

No dia 1 de julho de 1979, a Sony lançou o seu Walkman TPS-L2, o primeiro leitor de música portátil que revolucionou a maneira como ouvimos música.

 

MUSIKES!

Grandes Músicas… Grandes Épocas!...

 

 

Embora já existem rádios e colunas, o Walkman tornou a prática de ouvir música em algo pessoal, que as pessoas podiam fazer fora de casa.


A Sony lançou inclusive no seu canal de YouTube um pequeno vídeo a mostrar o Walkman e como influenciou a história dos dispositivos pessoais para ouvir música. O vídeo celebra os 40 anos do icónico gadget.

 

Veja aqui!

Sony Signature Series Walkman® NW-WM1Z Official Product Video


 


Saiba mais!

 

 


Segue o Musikes em…


publicado por Musikes às 13:34 link do post
29 de Março de 2019

Concertos em Abril na Casa da Música do Porto
 
MUSIKES
Grandes Músicas… Grandes Épocas!...
 
 

Páscoa & Revolução

Alguns dos momentos altos da programação de 2019 acontecem neste mês de Abril.

 

A Páscoa inspira dois concertos com diferentes interpretações do comovente texto do Stabat Mater nas vozes de prestigiados solistas internacionais. é um marco da composição musical do século XX. Outro foco da temporada é uma mostra alargada da obra de György Ligeti que se estende pelo festival Música & Revolução e traz excertos da ópera Le Grand Macabre, concertos duplos com a Sinfónica e o Remix, e ainda o pianista Pierre-Laurent Aimard.

 

Em período de férias escolares, o festival Ao Alcance de Todos apresenta concertos e actividades para as famílias. O Novo Mundo continua presente na Casa da Música, seja com figuras de topo do jazz americano – Erik Friedlander e Chris Potter – seja com a música brasileira na voz de Bebel Gilberto.

Mas há muito mais. É pôr os olhos e os ouvidos em Abril.

Agenda Abril 2019 (PDF)
 
 
Em destaque!
 
ERIK FRIEDLANDRE'S "THROW A GLASS"
 
03 QUA · 21:00 - Sala Suggia
 
ERIK FRIEDLANDRE'S
"THROW A GLASS"
Ciclo Jazz

 

Dois nomes centrais do jazz norte-americano trazem à Casa da Música os seus novos trabalhos, num concerto duplo em que cada líder é acompanhado por músicos de topo. Veterano do jazz experimental nova-iorquino, o violoncelista Erik Friedlander é especialmente conhecido pelas colaborações com John Zorn. Vem apresentar o seu novo álbum Artemisia, com edição prevista precisamente para este mês. A criatividade sem limites de Chris Potter torna-o um dos saxofonistas mais admirados das últimas décadas. A revista New Yorker define-o como “um tenor que lembra a astúcia de Joe Henderson e que aplica a sua técnica mais ao serviço da música do que do espectáculo”. Uma noite imperdível com o melhor do jazz que se faz hoje nos Estados Unidos da América.

 
 
Concertos de Páscoa
13+17 ABR

A evocação da Páscoa faz-se com obras de referência construídas sobre um dos textos religiosos mais comoventes de sempre: o Stabat Mater, que descreve as dores de Maria aos pés da cruz, contemplando a agonia do seu filho. Pergolesi e Dvořák foram dois dos compositores que se debruçaram sobre este texto inspirador, com obras magníficas aqui interpretadas por destacados solistas internacionais, junto de quatro agrupamentos residentes da Casa da Música – Orquestras Sinfónica e Barroca, Coro e Coro Infantil

Saber Mais

 
 
Música & Revoloção
27-30 ABR
 
MÚSICA & REVOLUÇÃO
LIGETI: IMERSÃO TOTAL

 

György Ligeti foi um dos maiores e mais originais compositores da segunda metade do século XX. Ao longo de dois concertos partilhados entre a Orquestra Sinfónica e o Remix Ensemble, um recital do pianista Pierre-Laurent Aimard e uma instalação, percorremos várias dimensões da obra de Ligeti, contando com a presença de grandes solistas: o violoncelista Lucas Fels e o próprio Aimard trazem a sua música concertante e a soprano Susanna Andersson interpreta excertos de Le Grand Macabre, ópera que é revisitada também pelo trompetista Aleš Klančar. 


Saber Mais
 

 
Segue o Musikes no...
publicado por Musikes às 15:49 link do post
26 de Fevereiro de 2018

“(…) A Wagner coube a missão de revolucionar a ópera do país e do mundo, de torná-la mais envolvente. A evolução veio não apenas em relação à independência dos modelos estrangeiros, mas também ao transformar a ópera em um gênero tão inovador que acabou por influenciar compositores de todas as épocas. (…)” (http://musicaclassica.folha.com.br/cds/09/contexto.html)

 

Ora, vamos lá a dar mais um passo na direcção de ainda conhecermos muito mais da vida e obra, e sobretudo, a ouvires fluentemente a grandiosa obra musical do compositor Richard Wagner, um revolucionário artista do século XIX.

 

Boas audições!

 

*****

 

“Só o que sonhamos é o que verdadeiramente somos, porque o mais, por estar realizado, pertence ao mundo e a toda a gente.” Fernando Pessoa

 

 

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Richard Wagner

(1813-1883)

 

“(…) E Wagner não pode ser simplesmente ignorado, tendo seu nome riscado da história da música. Ele é efetivamente incontornável por ser um elo na evolução musical que desaguou na revolução do início do século XX. Com Richard Wagner, a linguagem musical e a própria concepção da música, sua função e o papel do compositor, passaram por uma transformação tão grande que demarcam toda a música ocidental posterior. Pode-se dizer que muitos compositores do século XX partiram dos procedimentos e da estética de Wagner mais do que da herança clássica. (…)” (https://www.sul21.com.br/jornal/os-200-anos-do-genial-e-ainda-polemico-richard-wagner/)

 

Richard Wagner: Der fliegende Holländer (The Flying Dutchman), opera, WWV 63: Overture (Wagner: Famous Overtures)

 

Richard Parsifal, enchantement du Vendredi Saint (Wagner Ouvertures et préludes)

 

Richard Wagner: Die Meistersinger von Nürnberg, opera, WWV 96: Overture (Wagner: Famous Overtures)

 

Richard Wagner: Tristan und Isolde: Prelude to Act 1. Langsam und schmachtend

 

Richard Wagner: Piano Sonata in B flat major Op.1 WWV 21, first movement, Allegro con brio

 

Richard Wagner: Symphony in C major (completa): I. Allegro con brio - II. Andante ma non troppo, un poco maestoso - III. Allegro assai - IV. Allegro molto e vivace

 

 ***

 

Longa a viagem… mas plena de descobertas.  Apenas “Grandes Músicas... Grandes Épocas...” do romantismo do século XIX.

 

Deixo aqui o convite, como que em jeito de introdução, a vires desfrutar de uma leitura e audição acerca de toda uma época que marcou profundamente toda a sociedade tal como a conhecemos hoje.

 

No Facebook e Twitter, em qualquer dispositivo.

Passa por lá!

 

Por isso!...

Não percas o próximo post… porque nós… também não!

publicado por Musikes às 12:41 link do post
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Identifico-me totalmente com o argumento deste pos...
Obrigado pelas suas palavras.Viverá para sempre na...
Para mim, a canção mais bonita cantada em lingua p...
Ola! ☺️Saudações Musikes! 🤗Claro que me lembro! Co...
Olá Pedro,Como estás? Eu sou a Alda, a colega que ...
blogs SAPO