Em cada um reside a fonte da partilha, e seja ela um dom ou não, deixa-me semear no teu ser o prazer da Música. Ela tem inspirado o Homem no revelar o seu pensamento, o interpretar e sentir o Universo ao longo de milénios. Bem vindo!
13 de Setembro de 2021

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Nikolay A. Rimsky-Korsakov 1 - em 1897.jpg

Nikolay Rimsky-Korsakov

(1844 - 1908)

 

“Nikolay Rimsky-Korsakov é um dos compositores mais influentes da escola nacionalista romântica, responsável por recuperar, de maneira inovadora, a cultura tradicional russa, e revolucionar a orquestração musical.

Compositor, militar e professor, foi membro do nacionalista Grupo dos Cinco, ao lado de Mily Balakirev, Aleksandr Borodin, César Cui e Modest Mussorgsky. (…)” (https://www.rtp.pt/antena2/geral/a-proposito-da-musica_1806)

 

Nikolay Rimsky-Korsakov: 6 variations on B-A-C- H

 

Nikolay Rimsky-Korsakov: Quintet for Piano and Winds in B-flat Major (1876)

 

Nikolay Rimsky-Korsakov: Abertura da Grande Páscoa Russa, Op. 36

 

Nikolay Rimsky-Korsakov: Symphonic Suite Antar

 

Nikolay Rimsky-Korsakov: Capriccio Espagnol - 4. Scena E Canto Gitano: Allegretto

 

Nikolaiy Rimsky-Korsakov: Sinfonia No. 2 “Antar”, Op. 9: 3. Allegro risoluto

 

 

Fale comigo.

Também no Facebook!

publicado por Musikes às 07:09 link do post
23 de Julho de 2021

Como diriam os franceses… “Et voilá!”

 

Eis-nos chegado ao fim de mais um capítulo da História da Música Ocidental.

Voltaremos em breve para descobrir, ou talvez redescobrir, e claro, sobretudo para fazer ouvir as grandes obras musicais da história.

 

Oficina violinos.jpg

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Bedrich_Smetana retrato a cores (6).jpg

Bedrich Smetana

(1824-1884)

 

“(…) Smetana não chegou a ser o Mozart como desejava quando criança, mas pode comparar-se a outro grandes nomes da música. Superou Glinka, Sibelius, Greig e Chopin na força do reconhecimento de seus compatriotas. Igualou Liszt em técnica pianística. E foi Beethoven, ao menos na surdez em que produziu as suas últimas obras, e Schuman, na loucura em que morreu. (…)” (http://almanaque.folha.uol.com.br/musicasmetana.htm)

 

Bedřich Smetana: Memories of Bohemia in Polka Form, Op. 13 - Polka in E minor

 

Bedřich Smetana: Polka in F minor for Piano

 

Bedřich Smetana: Impromtu for Piano No. 3

 

 

Estátua em homenagem a Smetana em Litomyšl.jpg

 

“(…) O triste final da vida de um grande compositor como Smetana é a prova de que a surdez também pode enlouquecer, especialmente quando ocorre com um compositor no exato momento em que entra na fase mais madura de sua arte.

Smetana é tido em todo o mundo como o primeiro criador de um estilo musical autenticamente tcheco, suas obras são cheias de melodias brilhantes e alegres que lembram as danças campestres de sua terra natal.” (http://almanaque.folha.uol.com.br/musicasmetana.htm)

 

Bedrich Smetana: Má vlast: I. Vysehrad, B110 (c1872-74)

 

Bedrich Smetana: Má vlast: II. Vltava (The Moldau) , B111 (1874)

 

Bedrich Smetana: Má vlast: III. Sárka, B113 (1875)

 

Bedrich Smetana: Má vlast: IV. From Bohemia's Woods and Fields, B114 (1875)

 

Bedrich Smetana: Má vlast: V. Tábor, B120 (1878)

 

Bedrich Smetana: Má vlast: VI. Blaník, B121 (1879)

 

Bedřich Smetana: Sketches (Esquisses) , Op. 4 - Prelude. Allegro

 

Bedřich Smetana: Concert Fantasy on Czech folk Songs

 

Bedrich Smetana: Studios Compositions for Piano (Selection) - Concerto in C major I.

 

Bedřich Smetana: Bagatelles and Impromptus - Innocence (L´innocence)

 

 

Fale comigo.

Também no Facebook!

publicado por Musikes às 07:09 link do post
15 de Julho de 2021

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Bedrich_Smetana retrato a preto e branco (5).jpg

Bedrich Smetana

(1824-1884)

 

“(…) No ano seguinte, reuniria forças para escrever sua penúltima ópera, "O Segredo", e terminaria, em 1881, a oitava e última ópera, "O Muro do Diabo".

Em 1883, ainda tentaria compor outras obras, mas sua situação física tornava-se cada vez mais delicada. (…)” (http://almanaque.folha.uol.com.br/musicasmetana.htm)

 

Bedrich Smetana: Ópera “Tajemství” - O Segredo (1878 - completa, legendas em inglês)

 

Bedrich Smetana: Ópera “Certova stěna” - A Parede do Diabo (1882 - completa)

 

Violino ou viola (1).jpg

 

“(…) Passou a ser vigiado noite e dia, pois havia sempre o perigo de que comete-se suicídio. Também passou a não reconhecer nem a própria família, sofria de intermináveis dores de cabeça e de violentas crise de nervos.

Trabalhou vários anos do fim de sua vida em adaptação da peça "Noite de Reis" de Shakespeare, intitulada "Viola". Ele já havia feito 363 compassos da obra, quando foi internado em um asilo para doentes mentais, vindo a morrer logo em seguida, em 1884, num "acesso furioso" segundo o seu não tão confiável diagnóstico. (…)” (http://almanaque.folha.uol.com.br/musicasmetana.htm)

 

Bedrich Smetana: opera "Prodaná nevěsta" (A Noiva Vendida, 1866 - completa)

 

Bedřich Smetana: String Quartet No. 1 in E Minor 'From My Life', JB 1:105: Allegro vivo appassionato (1876)

 

Bedřich Smetana: Ópera “Dalibor" -(Munich,  em 1969 - completa)

 

Bedřich Smetana: Allegro capriccioso in B minor

 

Bedřich Smetana: Andante in F minor for Piano

 

 

Fale comigo.

Também no Facebook!

publicado por Musikes às 07:33 link do post
09 de Julho de 2021

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Bedrich_Smetana retrato a cores (5).jpg

Bedrich Smetana

(1824-1884)

 

“(…) Um desses poemas, "O Rio Moldavia", tornaria-se uma das obras mais populares de todo o repertório romântico de fundo nacionalista. Antes mesmo de conseguir completar esse seu grande projeto, em julho de 1874, Smetana começou a ter ulcerações na pele, problemas na garganta e, o que ainda era mais terrível, problemas nos ouvidos que acabariam deixando-o surdo: era a sífilis.

No fim de 1876, sob terríveis condições físicas, Smetana ainda conseguiria terminar o seu primeiro quarteto de cordas, "Da Minha Vida", em meio a abomináveis perturbações auditivas. (…)” (http://almanaque.folha.uol.com.br/musicasmetana.htm)

 

Bedřich Smetana: String Quartet No. 1 in E Minor 'From My Life', JB 1:105: Allegro vivo appassionato (1876)

 

Bedrich Smetana: Poema Sinfónico "O Rio Moldavia”

 

Bedřich Smetana: Opera “Libuše. Festive” - Act. 3

 

Bedřich Smetana: Romanza in B major

 

Bedřich Smetana: Lístek do památníku in B flat major - Allegro ma non troppo

 

Bedrich Smetana: Má vlast: II. Vltava (The Moldau) , B111 (1874)

 

Bedrich Smetana: Má vlast: V. Tábor, B120 (1878)

 

 

Fale comigo.

Também no Facebook!

publicado por Musikes às 07:27 link do post
03 de Julho de 2021

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Bedrich_Smetana retrato a preto e branco (4).jpg

Bedrich Smetana

(1824-1884)

 

“(…) O grande sucesso do compositor Smetana só chegou em 1866, quando, aos 42 anos, viu sua primeira ópera, Os "Brandenburgos na Boêmia", agradar grandemente o público.

Sua ópera seguinte, "A Noiva Vendida", apesar de uma carreira inicialmente comprometida pela situação política da Europa Central, também acabaria alcançando grande repercussão. Algumas de suas outras criações para o palco, sobretudo "Dalibor" e "As Duas Viúvas", não tiveram a mesma sorte e foram tachadas de "wagnerianas". (…)” (http://almanaque.folha.uol.com.br/musicasmetana.htm)

 

Bedřich Smetana: Opera “The Brandenburgers in Bohemia” - Act. 3

 

Bedrich Smetana: The Two Widows (Dve Vdovy) - Opera in 2 Acts - Overture

 

 

“(…) Lutando contra várias dificuldades, uma delas era a defesa extremada de seu posto na casa de ópera de Praga, Smetana ainda conseguiu escrever uma nova ópera, "Libuse", e começar um projeto que o tornaria, anos mais tarde, uma celebridade internacional: o ciclo de poemas sinfônicos "Ma Vlast" ("Minha Terra"), o qual levou 7 anos para ser concluído. (…)” (http://almanaque.folha.uol.com.br/musicasmetana.htm)

 

Bedřich Smetana: Ópera “Libuše” Overture

 

Bedřich Smetana: Opera “The Brandenburgers in Bohemia” - Act. 1 (Scene 1 - But I Say You)

 

Bedrich Smetana: Memories of Bohemia in Polka Form, Op. 12 - Polka in E minor

 

Bedrich Smetana: Polka in A major for Piano

 

 

Fale comigo.

Também no Facebook!

publicado por Musikes às 07:19 link do post
02 de Julho de 2021

No Musikes em Junho...

Bloger Musikes azul (8).PNG

 

Na música do séc. XIX,o período romântico legou-nos uma diversidade de compositores, cujos contributos culturais ajudaram a enriquecer a sociedade da época.
Bedrich Smetana estudou piano e violino desde pequeno, e sofreu resistências da família pela opção de carreira na área da música. O compositor Franz Liszt, em 1848, apoiou-o para criar a sua própria escola de música.
 
Para que nada te escape!
 
Se ainda não tiveste oportunidade, ainda o podes fazer até 3 de Julho às 23:59:59 respondendo a um pequeno questionário.
A preencher aqui
 

Bedrich_Smetana retrato a cores (8).jpg

publicado por Musikes às 07:12 link do post
27 de Junho de 2021

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Bedrich_Smetana retrato a cores (4).jpg

Bedrich Smetana

(1824-1884)

 

“(…) Durante seu exílio Smetana perderia a mulher, vítima de tuberculose, e casaria-se novamente com Bettina Ferdinandova.

Voltaria para seu país, em 1861, casado com sua segunda esposa e com o ferrenho intuito de defender a cultura e a língua tcheca, chegando a ocupar a posição de porta-voz da cultura tcheca. (…)” (http://almanaque.folha.uol.com.br/musicasmetana.htm)

 

Bedrich Smetana: Trio for Violin, Cello and Piano in G minor, Op. 15

 

Bedrich Smetana: Má vlast: VI. Blaník, B121 (1879)

 

Bedřich Smetana: 3 Salon Polkas, Op. 7

 

Bedrich Smetana: Lístek do památníku in B flat minor

 

Bedrich Smetana: On the Seashore. Concert étude in G sharp minor, Op. 17

 

Bedrich Smetana: Mazurkas capriccio in C flat minor for Piano

 

 

Fale comigo.

Também no Facebook!

publicado por Musikes às 07:17 link do post
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Identifico-me totalmente com o argumento deste pos...
Obrigado pelas suas palavras.Viverá para sempre na...
Para mim, a canção mais bonita cantada em lingua p...
Ola! ☺️Saudações Musikes! 🤗Claro que me lembro! Co...
Olá Pedro,Como estás? Eu sou a Alda, a colega que ...
blogs SAPO