Em cada um reside a fonte da partilha, e seja ela um dom ou não, deixa-me semear no teu ser o prazer da Música. Ela tem inspirado o Homem no revelar o seu pensamento, o interpretar e sentir o Universo ao longo de milénios. Bem vindo!
15 de Junho de 2021

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Bedrich_Smetana retrato a cores (3).jpg

Bedrich Smetana

(1824-1884)

 

“(…) Nesses intempestuosos dias de Praga, a amizade e o relacionamento artístico entre Smetana e Katerina acabaria transformando-se em uma grande paixão que desembocaria no casamento, em 1849. (…)” (http://almanaque.folha.uol.com.br/musicasmetana.htm)

 

Bedrich Smetana: The Bartered Bride, JB 1:100 / Act 1 - Polka (Live At Grosser Saal, Musikverein, Wien / 1986)

 

Bedrich Smetana: The Bartered Bride, JB 1:100 / Act 2 - Furiant (Live At Grosser Saal, Musikverein, Wien / 1986)

 

 

Violino ou viola.jpg

 

“(…) À época do casamento, Smetana já era uma personalidade em Praga.

Havia sido maestro residente da família do Conde Leopold Thun, era o autor, entre outras obras, de um ciclo de peças para piano e foi o fundador de seu próprio conservatório, o qual não foi tão bem quanto ele imaginara. (…)” (http://almanaque.folha.uol.com.br/musicasmetana.htm)

 

Bedrich Smetana: Czech Dances - Set II - Oats

 

Bedrich Smetana: Sonata in G minor for Piano - Sostenuto. Allegro

 

Bedrich Smetana: Dahlia polka

 

Bedrich Smetana: Sketches (Esquisses) , Op. 4 - Idyll. Moderato ma non troppo

 

 

Fale comigo.

Também no Facebook!

publicado por Musikes às 07:13 link do post
09 de Junho de 2021

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Bedrich_Smetana retrato a cores (2).jpg

Bedrich Smetana

(1824-1884)

 

“(…) Em 1843, então com 19 anos, Smetana participou como guerrilheiro dos levantes nacionalistas tchecos em Praga, ao ponto de tornar-se um terrorista urbano no combate aos austríacos.

Tornou-se um nacionalista ferrenho e, ao 24 anos, ele que praticamente só falava alemão, empenhou-se em estudar tchecho como forma de resistência. (…)” (http://almanaque.folha.uol.com.br/musicasmetana.htm)

 

Bedrich Smetana: The Bartered Bride, JB 1:100 - Overture (Live)

 

Bedrich Smetana: The Bartered Bride, JB 1:100 - Skocná (Dance Of The Comedians)

 

Bedrich Smetana: Wedding Scene - Bridegroom and Bride (Duo. Allegretto ma non troppo) (Das Brautpaar)

 

Bedrich Smetana: The Country Girl. Polka

 

Bedrich Smetana: Dreams (Reves.Six morceaux caractéristiques) - Vanished Happiness (Le Bonheur éteint)

 

Bedrich Smetana: Má vlast: I. Vysehrad, B110 (c1872-74)

 

 

Fale comigo.

Também no Facebook!

publicado por Musikes às 07:18 link do post
03 de Junho de 2021

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Bedrich_Smetana retrato a preto e branco (2).jpg

Bedrich Smetana

(1824-1884)

 

“(…) Foi graças aos Kolar que o futuro pai da música tcheca conseguiu terminar seus estudos na capital, orientado pelo mesmo professor de Katerina.

A sua decisão, porém, de dedicar-se inteiramente à música provocou sérios conflitos com seu pai, pois o antigo cervejeiro do Conde de Waldstein atravessava uma situação econômica dificílima. (…)” (http://almanaque.folha.uol.com.br/musicasmetana.htm)

 

Bedrich Smetana: Composition In C sharp minor /Es siedet und berausst

 

Bedrich Smetana: Wedding Scene - Wedding Procession (Tempo di marcia) (Der Hochzeitszuk)

 

Bedrich Smetana: Curious. Transcription of the Song by Franz Schubert

 

Bedrich Smetana: Czech Dances - Set II - Little Hen

 

Bedrich Smetana: Pensée fugitive for Piano

 

Bedrich Smetana: Louisa´s Polka

 

Bedrich Smetana: Sketches (Esquisses) , Op. 4 - Prelude. Allegro

 

 

Fale comigo.

Também no Facebook!

publicado por Musikes às 07:21 link do post
29 de Maio de 2021

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Bedrich_Smetana retrato a preto e branco (1).jpg

Bedrich Smetana

(1824-1884)

 

“(…) Smetana estudou musica na cidade de Pilsen, e lá ficou amigo da família Kolar, a qual seu pai conhecia desde 1831. A essa famíia pertencia Katerina, pianista de talento reconhecido em Praga, onde havia tido aulas com Josef Proksch. Katerina, com quem Smetana fizera, desde menino, duos, seria o grande amor de sua vida. (…)” (http://almanaque.folha.uol.com.br/musicasmetana.htm)

 

Bedrich Smetana: Bagatelles et Impromptus, JB 1-19

 

Bedrich Smetana:Gallopade in D major for Piano

 

Bedrich Smetana: Concert Fantasy on Czech folk Songs

 

Bedrich Smetana: Czech Dances - Set II - Furiant

 

Bedrich Smetana: The Two Widows (Dve Vdovy) - Opera in 2 Acts - Overture

 

Bedrich Smetana: The Two Widows (Dve Vdovy) - Opera in 2 Acts - Polka

 

Bedrich Smetana: Variations of Folk Song Sil jsem proso

 

 

Fale comigo.

Também no Facebook!

publicado por Musikes às 07:25 link do post
23 de Maio de 2021

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Bedrich_Smetana retrato a cores.jpg

Bedrich Smetana

(1824-1884)

 

“(…) Teve contato com a música desde pequeno, pois seu pai era violinista amador e de muito bom gosto, a julgar pelo repertório que, segundo os biógrafos, se praticava na casa onde o menino Smetana, além de músico de quarteto, era cantor e improvisador ao piano e ao violino, rivalizando na história com o próprio Mozart na condição de prodígio. (…)” (http://almanaque.folha.uol.com.br/musicasmetana.htm)

 

Bedrich Smetana: Overture from The Bartered Bride)

 

Bedrich Smetana: Overture from The Bartered Bride

 

Bedrich Smetana: Má vlast: III. Sárka, B113 (1875)

 

Bedrich Smetana: Má vlast: V. Tábor, B120 (1878)

 

Bedrich Smetana: Libuse - Opera in 3 Acts - Overture

 

Bedrich Smetana: The Kiss (Hubicka) - Opera in 2 Acts - Overture

 

Bedrich Smetana: The Two Widows (Dve Vdovy) - Opera in 2 Acts - Overture

 

 

Fale comigo.

Também no Facebook!

publicado por Musikes às 07:06 link do post
17 de Maio de 2021

Depois de termos terminado a viagem pela vida e obra do compositor Robert Schumann, iremos agora explorar o legado musical que Bedrich Smetana nos deixou. Bora lá!

 

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Bedrich_Smetana retrato a preto e branco.jpg

Bedrich Smetana

(1824-1884)

 

“Considerado o fundador da escola tcheca de composição, Bedrich Smetana, nasceu na Boêmia a 2 de março de 1824. Cresceu falando alemão e dando aulas de música para uma família de aristocratas em Praga.

Era um dos 18 filhos de Frantisek Smetana, gerente de uma fábrica de cerveja nos domínios do Conde de Waldstein. (…)” (http://almanaque.folha.uol.com.br/musicasmetana.htm)

 

Bedrich Smetana: Má Vlast (My Country) - 1. Vysehrad (The High Castle)

 

Bedrich Smetana: Má Vlast - 2. The Moldau

 

Bedrich Smetana: The Bartered Bride - Act 1: Polka

 

Bedrich Smetana: The Bartered Bride - Act 3: Dance Of The Comedians

 

Bedrich Smetana: Má Vlast - 4. From Bohemia's Meadows & Forests

 

Bedrich Smetana: The Bartered Bride - Act 2: Furiant

 

Bedrich Smetana: 3 Salon Polkas, Op. 7

 

 

Fale comigo.

Também no Facebook!

publicado por Musikes às 07:03 link do post
11 de Maio de 2021

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Robert Schumann 6 e Clara Schumann em 1847 (2).jpg

Robert Alexander Schumann

(1810-1856)

 

“(…) Nessa altura, Brahms, como um filho mais velho, tomou sobre si as responsabilidades da casa. Clara Schumann tornou-se uma grande amiga e companheira, representando para ele, de certa forma, o que Nadeja Von Meck foi para Tchaikovski. Muito se especulou sobre essa amizade mas ao que parece Brahms e Clara nunca se apaixonaram. Por outro lado, Ambos destruíram cartas e outros documentos que poderiam afirmar isso. Restou apenas a dúvida.

Os pesquisadores Eliot Slater, Alfred Meyer e Eric Sams afirmam que a demência de Schumann seria decorrente de uma sífilis terciária mal curada, que o próprio compositor admitiu ter contraído nos seus anos de juventude.

De Endenich, Schumann jamais sairia. Proibido de ver Clara, recebe frequentemente a visita de amigos. Para Clara, envia cartas que testemunham o seu amor até o fim: "Oh! se eu pudesse te rever, falar-te mais uma vez". A 23 de Julho de 1856, chamada com urgência, Clara testemunha os seus últimos momentos de consciência: "Ele sorriu-me, e com grande esforço enlaçou-me nos seus braços. Eu não trocaria esse abraço por todos os tesouros do mundo". Morre no dia 29 de Julho, com 46 anos.” (https://www.rtp.pt/antena2/geral/robert-schumann_1908)

 

Robert Schumann: Réquiem, Op. 148 (1852)

 

Robert Schumann; 6 Studien für den Pedal-Flügel, Op. 56 - No. 1 em Dó maior (1845)

 

Robert Schumann: 6 Studien für den Pedal-Flügel, Op. 56 - No. 2 Lá menor (1845)

 

Robert Schumann: 6 Studien für den Pedal-Flügel, Op. 56 - No.5, em Si menor (1845)

 

Robert Schumann: Seis Fugas Sobre o nome de "BACH", Op. 60 - No. 3 em Sol menor (1845)

 

Robert Schumann: Seis Fugas Sobre o nome de "BACH", Op. 60 - No. 5 em Fá maior (1845)

 

Robert Schumann: Novelletten, Op. 21 - No. 4 em Ré maior.(1838)

 

Robert Schumann: Novelletten, Op. 21 - No. 7 em Mi maior.(1838)

 

Robert Schumann: Ópera “Genoveva" - Abertura, , Op. 81 (1846-1848)

 

 

Fale comigo.

Também no Facebook!

publicado por Musikes às 07:34 link do post
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Identifico-me totalmente com o argumento deste pos...
Obrigado pelas suas palavras.Viverá para sempre na...
Para mim, a canção mais bonita cantada em lingua p...
Ola! ☺️Saudações Musikes! 🤗Claro que me lembro! Co...
Olá Pedro,Como estás? Eu sou a Alda, a colega que ...
blogs SAPO