Em cada um reside a fonte da partilha, e seja ela um dom ou não, deixa-me semear no teu ser o prazer da Música. Ela tem inspirado o Homem no revelar o seu pensamento, o interpretar e sentir o Universo ao longo de milénios. Bem vindo!
17 de Setembro de 2018

A divulgar ciclo de concertos a não perder!

 
Musikes.jpg
 
 
FANTASIA
 
 
FANTASIA

 

 
Num dos cinco concertos desta narrativa que se assume como um elogio da criatividade ao longo da história da Música, o nosso Coro apresenta motetes vocais da escola franco­‑flamenga, contrapondo­‑os a obras fascinantes do século XX, como são três fantasias de Ligeti. Pedro Burmester toca obras­‑chave como a Sonata quasi una fantasia de Beethoven, em que o compositor Daniel Moreira se inspira para uma nova peça que será aqui estreada pelo Remix Ensemble. Outro compositor que tem desenvolvido uma sólida relação com a Casa é o alemão Johannes Schöllhorn, o que dá também origem a uma encomenda: uma obra construída sobre uma Fantasia de Bach, apresentada em estreia mundial pela Orquestra Sinfónica. Enquanto a Orquestra Barroca se foca no repertório do período que é a sua especialidade, o pianista Artur Pizarro explora esta sensação de imprevisibilidade que caracteriza o termo Fantasia em repertório variado que se estende do período Barroco a Mendelssohn e Liszt.
 
Saber mais
 
 
 
Visita o Musikes!
Grandes Músicas… Grandes Épocas!...
publicado por Musikes às 14:47 link do post
23 de Maio de 2018

“Os românticos se caracterizam por estar em oposição à arte neoclássica. Eles queriam se libertar das regras e valorizar o estilo do artista na obra. Ela se caracteriza por aderir os sentimentos, a imaginação, o nacionalismo e a natureza (…)” (http://historia-da-arte.info/idade-contemporanea/romantismo.html)

 

Boas audições!

 

*****

 

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Anton Bruckner

(1824-1896)

 

“(…) A história do compositor que, recebendo o legado sinfônico de Beethoven e Schubert, abriu caminhos inteiramente novos para a sinfonia do futuro (…)

Nascido em 1824, na Baixa Áustria – três anos antes da morte de Beethoven – Bruckner viveu 72 anos (a La Bohème, de Puccini, foi escrita em 1896, o ano de sua morte). E, no entanto, a sua produção é tão pessoal, de certa maneira tão independente do que acontecia à sua volta, que foi necessário esperar pelo século XX para que a originalidade de suas sinfonias e de sua música sacra fosse reconhecida. (…)” (https://www.martinsfontespaulista.com.br/menestrel-de-deus-o-vida-e-obra-de-anton-bruckner-312697.aspx/p)

 

Anton Bruckner: Symphony No. 1 In C Minor, WAB 101: I. Allegro (1º and.)

 

Anton Bruckner: Symphony No. 1 in C Minor, WAB 101: II. Adagio (2º and.)

 

Anton Bruckner: Symphony No. 1 In C Minor, WAB 101: III. Scherzo (3º and.)

 

Anton Bruckner: Symphony no. 1 In C Minor, WAB 101: IV. Finale (4º and.)

 

***

 

“Grandes Músicas... Grandes Épocas...” do romantismo do século XIX, é o que nos aguarda para ouvir, conhecer e partilhar!

 

Também no Facebook e Twitter.

Passa por lá!

 

Por isso!...

Não percas o próximo post… porque nós… também não!

 

publicado por Musikes às 12:39 link do post
16 de Março de 2018

“(…) Com Richard Wagner, a linguagem musical e a própria concepção da música, sua função e o papel do compositor, passaram por uma transformação tão grande que demarcam toda a música ocidental posterior. (…)”.” (…)” (https://www.sul21.com.br/noticias/2013/05/os-200-anos-do-genial-e-ainda-polemico-richard-wagner/)

 

Ora, vamos lá a dar mais um passo na direcção de ainda conhecermos muito mais da vida e obra, e sobretudo, a ouvires fluentemente a grandiosa obra musical do compositor Richard Wagner, um revolucionário artista do século XIX.

 

Boas audições!

 

*****

 

“Só o que sonhamos é o que verdadeiramente somos, porque o mais, por estar realizado, pertence ao mundo e a toda a gente.” Fernando Pessoa

 

 

GRANDES MÚSICAS… GRANDES ÉPOCAS!...

 

 

Séc. XIX - O Romantismo

(1810-1910)

 

Richard Wagner

(1813-1883)

 

“(…) Aos 23 anos, apaixonou-se por Minna, apelido da cantora Guilhermina Planner. Eles chegaram a se casar, mas a união foi conturbada, marcada por infidelidades de ambos os lados. "As suas aflições serão recompensadas com a minha fama", dizia à esposa para fazê-la ficar quieta quando começava a se lamentar. O casamento não durou muito tempo. (…)” (http://musicaclassica.folha.com.br/cds/09/biografia.html)

 

Richard Wagner: Lied: Soupir: Tout n'est qu'images fugitives

 

Richard Wagner: Lied: Les deux grenadiers

 

Richard Wagner: Lied: Mignonne

 

Richard Wagner: Albumblatt für Frau Betty Schott, WWV 108

 

Richard Wagner: Piano Sonata in A Major, WWV 26, Op. 4 ‘'Große Sonate’': III. Maestoso. Tempo moderato e maestoso allegro molto (Alternative Version)

 

Richard Wagner: Züricher Vielliebchen-Walzer, WWV 88

 

Richard Wagner: Polka in G Major, WWV 84

 

Richard Wagner: Notenbrief für Mathilde Wesendonck

 

 ***

 

Longa a viagem… mas plena de descobertas.  Apenas “Grandes Músicas... Grandes Épocas...” do romantismo do século XIX.

 

Deixo aqui o convite, como que em jeito de introdução, a vires desfrutar de uma leitura e audição acerca de toda uma época que marcou profundamente toda a sociedade tal como a conhecemos hoje.

 

No Facebook e Twitter, em qualquer dispositivo.

Passa por lá!

 

Por isso!...

Não percas o próximo post… porque nós… também não!

publicado por Musikes às 12:39 link do post
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Ola! ☺️Saudações Musikes! 🤗Claro que me lembro! Co...
Olá Pedro,Como estás? Eu sou a Alda, a colega que ...
è Natal, é Natal....As mais belas canções de Natal...
Quando estou triste, paro e medito...Quando estou ...
A música é, sem dúvida, o alimento da alma... das ...
blogs SAPO